Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15900
Título: Avaliação do potencial fitorremediador da mamona (Ricinus communis L.) e girassol (Helianthus annuus L.) quanto à remoção de chumbo e tolueno em efluentes sintéticos.
Avaliação do potencial fitorremediador da mamona (Ricinus communis L.) e girassol (Helianthus annuus L.) quanto à remoção de chumbo e tolueno em efluentes sintéticos.
Título(s) alternativo(s): Assessment of potential for phytoremediation of castor bean (Ricinus communis L.) and sunflower (Helianthus annuus L.) as the removal of lead and toluene in synthetic wastewater
Assessment of potential for phytoremediation of castor bean (Ricinus communis L.) and sunflower (Helianthus annuus L.) as the removal of lead and toluene in synthetic wastewater
Autor(es): Lima, Anita Maria de
Palavras-chave: Fitorremediação;Mamona;Girassol;Tolueno e Chumbo.;Phytoremediation;Castor bean;Sunflower;Toluene and Lead
Data do documento: 28-Mai-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LIMA, Anita Maria de. Assessment of potential for phytoremediation of castor bean (Ricinus communis L.) and sunflower (Helianthus annuus L.) as the removal of lead and toluene in synthetic wastewater. 2010. 110 f. Tese (Doutorado em Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: The development of research that aim to reduce or even eliminate the environmental impacts provided by anthropogenic actions. One of these main action is the discard of industrial waste in the biotic compartments such as soil, water and air, gained more space in academic settings and in private. A technique of phytoremediation involving the use of plants (trees, shrubs, creepers and aquatic) and their associated microorganisms in order to remove, degrade or isolate toxic substances to the environment. This study aimed to evaluate the potential for phytoremediation of castor bean (Ricinus communis L.) and sunflower (Helianthus annuus L.), wild crops suitable region of Rio Grande do Norte, to reduce concentrations of lead and toluene present in synthetic wastewater that simulate the characteristics of treated water production originated in the petrochemical Guamaré. The experiment was accomplished in randomized blocks in four replicates. Seeds of BRS Energy for the development of seedlings of castor beans and sunflower for Catissol 01, both provided by EMPARN (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte) were used. Lead concentrations tested were 250, 500 and 1000 mg/L called T2, T3 and T4, respectively, for toluene the concentrations used were 125, 256 and 501 μg/L, called T5, T6 and T7, respectively. The data for removal of lead in relation to sewage systems applied in castor bean and sunflower were 43.89 and 51.85% (T2), 73.60 and 73.74% (T3) and 85.66 and 87.80 % (T4), respectively, and toluene were approximately 52.12 and 25.54% (T5), 55.10 and 58.05% (T6) and 79.77 and 74.76% (T7) for castor and sunflower seeds, respectively. From the data obtained, it can be deduce that mechanisms involved in reducing the contaminants were of phytoextraction, in relation to lead and phytodegradation for toluene. However, it can be concluded that the castor bean and sunflower crops can be used in exhaust after-treatment of industrial effluents that have this type of contaminant
metadata.dc.description.resumo: O desenvolvimento de pesquisas que visam atenuar ou até mesmo eliminar os impactos ambientais proporcionados pelas ações antropogênicas, sobretudo pelo reflexo direto dos resíduos industriais nos compartimentos bióticos como solo, água e ar, ganharam maior espaço nos ambientes acadêmicos e na iniciativa privada. Uma técnica de remediação natural é a fitorremediação que consiste na utilização de vegetais (árvores, arbustos, plantas rasteiras e aquáticas) e de sua microbiota associada com o fim de remover, degradar ou isolar substâncias tóxicas ao ambiente. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o potencial fitorremediador da mamona (Ricinus communis L) e girassol (Helianthus annuus L), culturas adaptadas da região agreste do Rio Grande do Norte, quanto à redução das concentrações de chumbo e tolueno presentes em efluentes sintéticos que simulam as características da água de produção tratada originada no pólo petroquímico de Guamaré. O experimento foi conduzido em blocos casualizados em 4 réplicas. Foram utilizadas sementes da variedade BRS Energia para o desenvolvimento das mudas de mamona e Catissol 01 para o girassol, ambas cedidas pela EMPARN (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte). As concentrações de chumbo testadas foram 250, 500 e 1000 mg/L denominados de T2, T3 e T4, respectivamente, para o tolueno as concentrações utilizadas foram 125, 256 e 501 μg/L, denominadas de T5, T6 e T7, respectivamente. Os dados obtidos para remoção de chumbo em relação ao efluente aplicado nos sistemas mamona e girassol foram de 43,89 e 51,85 % (T2), 73,60 e 73,74% (T3) e 85,66 e 87,80% (T4), respectivamente, e para o tolueno foram aproximadamente 52,12e 25,54% (T5), 55,10 e 58,05% (T6) e 79,77 e 74,76% (T7), para mamona e girassol, respectivamente. A partir dos dados obtidos pode-se inferir que mecanismos envolvidos na redução dos contaminantes foram o da fitoextração, com relação ao chumbo e fitodegradação para o tolueno. Contudo podese concluir que as culturas mamona e girassol podem ser utilizadas em sistemas de póstratamento de efluentes industriais que apresentem este tipo de contaminante
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15900
Aparece nas coleções:PPGEQ - Doutorado em Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnitaML_TESE.pdf2,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.