Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15952
Título: Produção de forragem verde em sistema hidropônico usando esgoto tratado
Autor(es): Souza, Anderson José Brilhante Faheina de
Palavras-chave: Reúso de água;Evapotranspiração;Hidroponia com esgoto tratado;Reuse of water;Evapotranspiration;Hidroponic system with treated sewage
Data do documento: 17-Mar-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOUZA, Anderson José Brilhante Faheina de. Produção de forragem verde em sistema hidropônico usando esgoto tratado. 2008. 81 f. Dissertação (Mestrado em Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: In the urban areas of the cities a larger problem of destiny of effluents of the treatment stations is verified due to the junction of the sewages in great volumes. This way the hidroponic cultive becomes important, for your intensive characteristic, as alternative of reuse. This work presents as objective the improvement of the relation hidric-nutritious of the hidroponic cultive of green forage (FVH) using treaty sewage. The production of forage was with corn (Zea mays L.), using double hybrid AG1051, in the experimental field of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), in the city of Natal-RN-Brazil. The treated effluent essentially domestic had origin of anaerobic reactor, type decant-digester of two cameras in series followed by anaerobic filters drowned. The hidroponic experimental system was composed of 08 stonemasons, with limited contours for masonry of drained ceramic brick, measuring each one 2,5 meters in length for 1,0 meter of width, with inclination of 4% (m/m) in the longitudinal sense, leveled carefully, in way to not to allow preferential roads in the flow. These dimensions, the useful area of Isow was of 2 square meters. The stonemasons of cultive were waterproof (found and lateral) with plastic canvas of 200 micres of thickness, in the white color. Controlled the entrance and exit of the effluente in the stonemasons, with cycles of 12,68 minutes, it being water of 1,18 minutes. The treatments were constituted of: T1 - 24 hours/day under it waters with flow of 2 L/min; T2 - 12 hours/day under waters with flow of 4 L/min; T3 - 12 hours/day under waters with flow of 2 L/min; and T4 - 16 hours/day under waters with flow of 3 L/min. There were evaluations of the evapotranspirometric demand, of hidroponic system affluent and effluent seeking to characterize and to monitor physical-chemical parameters as: pH, temperature, Electric Conductivity and Fecal Coliforms. This last one was analyzed to the 11 days after isow (DAS) and to the 14 DAS. The others were analyzed daily. I sow it was accomplished in the dates of February 21, 2007, first experiment, and April 10, 2007, second experiment. The density of Isow was of 2 kg of seeds, germinated before 48 hours, for square meter of stonemason. The statistic delineament was it casual entirely with two repetitions, in two experiments. It was applied Tukey test of average to five percent of probability. The cultivation cycle was of 14 DAS with evapotranspirometric demand maximum, reached by T1, of 67,44 mm/day. The analyzed parameters, as mass of green matter - Kg, productivity-Kg/m2 and reason of production of seed FVH/Kg used in Isow, the best result was presented by T1, obtaining value of up to 19,01 Kg/m2 of cultive. Without significant difference, the T4 presented greats values with 16 hours under cycle of water. The Treatments 2 and 3 with 12 hours under cycle of water, they obtained inferior results to the other Treatments. As treatment system, came efficient in the reduction of the salinity. T1 obtained reduction medium maxim of 62,5%, to the 7 DAS, in the amount of salts that enter in the system in they are absorbed in the cultivation. The cultivation FVH acted reducing the microbiologic load. Significant percentile of reduction they were reached, with up to 90,23% of reduction of Units of Colonies (UFC), constituting, like this, the Hidroponic System as good alternative of treatment of effluents of Reactors of high Efficiency
metadata.dc.description.resumo: Nas regiões urbanas das grandes cidades verifica-se um maior problema de destino de efluentes das estações de tratamento devido à junção dos esgotos em grandes volumes. Desta forma o cultivo hidropônico torna-se importante, por sua característica intensiva, como alternativa de reúso de águas residuárias. O presente trabalho apresenta como objetivo a otimização do balanço hídrico-nutricional do cultivo hidropônico de forragem verde (FVH) utilizando esgoto tratado. Realizou-se a produção de forragem hidropônica de milho (Zea mays L.), com o cultivar híbrido duplo AG1051, no campo experimental da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), na cidade de Natal-RN-Brasil. O efluente tratado essencialmente doméstico teve origem de decanto-digestor de duas câmaras em série seguido de filtros anaeróbios afogados. O sistema hidropônico experimental foi composto de 08 canteiros, com contornos limitados por alvenaria de tijolo cerâmico vazado, medindo cada um 2,5 (dois e meio) metros de comprimento por 1,0 (um) metro de largura, com inclinação de 4 % (m/m) no sentido longitudinal, nivelado cuidadosamente, de forma a não permitir caminhos preferenciais no fluxo. Destas dimensões, a área útil de semeio foi de 2 (dois) metros quadrados. Os canteiros de cultivo foram impermeabilizados (fundo e laterais) com lona plástica de 200 micra de espessura, na cor branca. Controladas a entrada e a saída de efluente nos canteiros, com ciclos de 12,68 minutos, realizou-se regas de 1,18 minutos. Os tratamentos constituíram-se de : T1 24 horas/dia sob rega com vazão de 2 L/min ; T2 - 12 horas/dia sob rega com vazão de 4 L/min ; T3 12 horas/dia sob rega com vazão de 2 L/min ; e T4 16 horas/dia sob rega com vazão de 3 L/min. Houve avaliações da demanda evapotranspirométrica, do afluente e do efluente do Sistema Hidropônico visando caracterizar e monitorar parâmetros físico-químicos como: pH, temperatura, Condutividade Elétrica e Coliformes Fecais. Este último foi analisado aos 11 dias após o semeio(DAS) e aos 14 DAS. Os demais foram analisados diariamente. O semeio foi realizado nas datas de 21 de fevereiro de 2007, primeiro experimento, e 10 (dez) de abril de 2007, segundo experimento. A densidade de semeio foi de 2 kg de sementes, pré-germinada 48 horas antes, por metro quadrado de canteiro. O delineamento foi o inteiramente casualizado com duas repetições, em dois experimentos. Foi aplicado o teste Tukey de média a cinco por cento de probabilidade. O ciclo de cultivo foi de 14 DAS com demanda evapotranspirométrica máxima, atingida pelo T1, de 67,44 mm/dia. Para os parâmetros analisados, como massa de matéria verde - Kg, produtividade-Kg/m2 e razão de produção de FVH/Kg de semente utilizada no semeio, o melhor resultado foi apresentado pelo T1, obtendo valor de até 19,01 Kg/m2. Sem diferença significativa, logo em seguida, o T4 com 16 horas sob ciclo de rega. Os Tratamentos 2 e 3 com 12 horas sob ciclo de rega, obtiveram resultados inferiores aos demais Tratamentos. Como sistema de tratamento, apresentou-se eficiente na redução da salinidade. O T1 obteve redução média máxima de 62,5 %, aos 7 DAS, na quantidade de sais que entram no sistema em são absorvidos no cultivo. O cultivo FVH atuou reduzindo a carga microbiológica, apesar da relativa boa qualidade microbiológica do afluente do sistema Hidropônico. Percentuais significativos de redução foram alcançados, com até 90,23% de redução de Unidades Formadoras de Colônias (UFC), constituindo, assim, o Sistema Hidropônico como boa alternativa de tratamento de efluentes de Reatores de alta Eficiência
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15952
Aparece nas coleções:PPGES - Mestrado em Engenharia Sanitária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AndersonJBFSpdf.pdf1,36 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.