Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16145
Título: O gênero crônica na sala de aula do ensino médio
Autor(es): Santos, José Milson dos
Palavras-chave: Gênero de texto;Crônica;Produção textual;Ensino de língua;Text gender;Chronicle;Text producing;Language teaching
Data do documento: 29-Set-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SANTOS, José Milson dos. O gênero crônica na sala de aula do ensino médio. 2008. 171 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: In this work we present the results of a research that aims to study the chronicle gender produced in a class of native language. The texts were written by students of a high-school class, under the orientation of the teacher who conducted a didactic sequence in order to explore this gender. In our analysis we observed aspect such as the structure of the general structure of the texts, types of speech and linguistic sequences, some mechanisms of textualization and the characteristics of the gender. In order to attain that, we adopted the theoretical presuppositions of Textual Linguistics and of the Socio-discursive Interactionism, grounding the study of texts and gender in Bronckart (2003; 2006) and Koch (2002; 2004). As a background of the Chronicle Gender we used the studies of Coutinho (1987); Moisés (2003); Sá (2005); Bender; Laurito (1993); Melo (1994); Cândido et al. (1992) among others. The corpus, made up of 15 texts, showed that the narrative is the most used linguistic sequence in the producing of the texts, the discursive world prevailing in the narrative and some instances of the world of exposing. As for the gender characteristics, the daily life was used in order to amuse the reader and make him to reflect upon the daily life. Humor, irony, social criticism and colloquial language were also observed in the texts produced by the students. Although some texts presented the characteristics of the gender, explored in the classroom, some were typically school narratives. That make us believe that a work with textual production under the approach of a text gender is viable, but it is not consolidated yet in many schools as the main object of the central teaching of the Portuguese language. This make us defend a better systematization of the teaching contents having as the main point the reading practice and text production in order to contribute for the growing of the students´ discursive potentialities and, therefore, their effective participation in the language social practices
metadata.dc.description.resumo: Nesta dissertação, apresentamos os resultados de uma pesquisa cujo objetivo é estudar o gênero crônica produzido na aula de língua materna. Os textos foram produzidos pelos alunos de uma turma de ensino médio, sob a orientação da professora, que conduziu uma seqüência didática para explorar esse gênero. Na análise, observamos aspectos como a infra-estrutura geral dos textos tipos de discurso e de seqüências lingüísticas, alguns mecanismos de textualização - e as características do gênero. Para isso, adotamos os pressupostos teóricos da Lingüística de Texto e do Interacionismo sociodiscursivo, fundamentando os estudos de texto e de gêneros em Bronckart (2003; 2006) e Koch (2002; 2004). Para embasamento sobre o gênero crônica, utilizamos os estudos de Coutinho (1987); Moisés (2003); Sá (2005); Bender; Laurito (1993); Melo (1994); Cândido et al. (1992), entre outros. O corpus, constituído de quinze textos, revelou a narrativa como a seqüência lingüística mais usada na planificação dos textos produzidos, o mundo discursivo predominante da narração, e algumas ocorrências do mundo do expor. Em relação às características do gênero, a temática do cotidiano fez-se notar com a finalidade de divertir o leitor e levá-lo a refletir sobre o cotidiano. Humor, ironia, crítica social e linguagem coloquial também foram características observadas nos textos dos alunos. Embora muitos textos tenham apresentado as características do gênero, explorado em sala de aula, alguns apresentaram-se, ainda, como narrativas tipicamente escolares. Isso nos faz crer que o trabalho com produção textual, sob o enfoque de um gênero de texto é viável, mas ainda não está consolidado, em muitas escolas, como objeto de ensino central da disciplina língua portuguesa, o que nos faz defender um redirecionamento e uma melhor sistematização dos conteúdos de ensino, tendo como foco a prática de leitura e a produção de textos, tendo em vista contribuir para a ampliação das potencialidades discursivas dos alunos e, por conseguinte, de sua participação efetiva nas práticas sociais de linguagem
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16145
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoseMS.pdf732,97 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.