Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16197
Título: Representações discentes sobre a afetividade nas aulas de inglês de uma escola técnica
Autor(es): Cavalcanti, Beatriz Alves Paulo
Palavras-chave: Afetividade;Representações;Linguística sistêmico- funcional;Ensino de inglês;Affectiveness;Representations;Systemic-functional;Linguistics teaching
Data do documento: 4-Fev-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CAVALCANTI, Beatriz Alves Paulo. Representações discentes sobre a afetividade nas aulas de inglês de uma escola técnica. 2011. 118 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: This work has risen from the researcher s pedagogical practice at a technical school in Natal, and it aims to observ how affectiveness is noticed by the students in their English classes, since we can have an idea of technicist teaching, which foccus on the acquisition of technical abilities. As cognition and affectiveness are considered indivisible elements in this research, we tried to identify the linguistic signs that express the students representations about affectiveness in their English classes. We used the Systemic Functional Linguistics approach to study the Ideational metafunction of Halliday (1994), by means of the transitivity system, to show how the clauses are used to illustrate these representations, and the interpersonal metafunction, that deals with the relationship between the teacher and the students. We tried to identify the most common processes (HALLIDAY, 1994) mentioned by the 68 students who participated in this work. We used learning narratives (BARCELOS, 2006) submitted to Wordsmith Tools computing program (SCOTT, 2009), whose results indicate the most frequent lexical items found in their narratives. The lexical choices seem to indicate that affectiveness is noticed as a composing element of the English classes in that school. There are representations of interacting classes, where the students needs are considered. These representations are built in the relationship of the students and the teacher, and they are grammatically realized by means of the polarity adjunct no , the intensity adjunct very , and the nominal group the teacher . The relational and mental processes (be) and (like) are the most used in their narratives, and we also observe that affectiveness and disponibility to help the students are considered the most important attitudes in their representations. The Appraisal system is used to analise the choices related to the attitudes and judgement of the students, that show appreciation for interacting classes, but there is still authorithary berhavior from the teacher in the English classes
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa surgiuda prática pedagógica da pesquisadora em uma escola técnica, na cidade de Natal/RN, e tem por objetivo verificar como a afetividade é percebidapelos alunosnas aulas de inglês, pois,a princípio, pode-se tera ideia de um ensino tecnicista, cujo foco é o processo de aquisição de habilidades, nos cursos técnicos. Como neste trabalhocognição e afetividade são considerados elementos indissociáveis,procuramos identificar as marcas linguísticas que expressam as representaçõesconstruídas pelos alunos sobre a afetividade nessas aulas. Utilizamos a metafunção ideacional de Halliday (1994),realizada pelo sistema de transitividade para ilustrarcomo as orações são utilizadas para realizar as representações e ametafunção interpessoal, que trata das relações entre professor e aluno.Procuramosidentificar os processos (HALLIDAY, 1994) mais utilizados pelos 68 alunosparticipantes da pesquisa, de modo a estabelecer o lugarda afetividadeem suas representações.Utilizamos narrativas de aprendizagem (BARCELOS, 2006), submetidas ao programa computacional WordsmithTools (SCOTT, 2009), cujos resultados apontam os itens lexicais mais frequentes. As escolhas lexicais parecem sugerir que a afetividade é percebidacomo elemento integrante das aulas de inglês dessa escola. Há representações de aulas interativas,nas quais as necessidades dos alunos são consideradas. Essas representações são construídas no relacionamento do professor com os alunos, realizadas gramaticalmente pelo adjunto de polaridadenegativa não , adjunto de intensidade muito , e do grupo nominal o(a)professor (a) junto a um operador verbal. Os processos relacionais (ser e estar) e mentais (gostar) foram os mais utilizados em seus textos, e observamos que a afetividade e a disponibilidade em ajudar são elementos de articulação de primeira ordem para eles. O sistema de Avaliatividade (MARTIN; WHITE, 2005) foi utilizado para analisar as escolhas relacionadas às atitudes de julgamento e ao afeto feitas pelos alunos, que apontaram apreciação por aulas interativas e participativas,mas ainda há posturas autoritárias nas aulas
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16197
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BeatrizAPC_DISSERT.pdf738,66 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.