Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16224
Título: A interface entre educação e mercado : uma análise crítica das mudanças socioculturais no contexto educacional
Autor(es): Costa Júnior, João Batista da
Palavras-chave: modernidade tardia;globalização;educação;economia neoliberal;análise crítica do discurso;late modernity;globalization;education;neoliberal economy;critical discourse analysis
Data do documento: 27-Fev-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA JÚNIOR, João Batista da. A interface entre educação e mercado : uma análise crítica das mudanças socioculturais no contexto educacional. 2012. 112 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: In the context of late modernity, the socio-cultural transformations established new social practices which corroborate discursive changes in dialectic movements, contributing to the order of the educational discourses to be more and more affected by typical market discourses and values which are covered by ideologies, hegemonic struggles and power relations. In this sense, this research study, which is based on the theoretical tenets of the Critical Discourse Analysis in its interdisciplinary branch (FAIRCLOUGH, 2006; ORMUNDO, 2010; PEDROSA, 2010; RAMALHO E RESENDE, 2011), aims at discussing how the sociocultural changes in the context of private education interact with the market proposal of neoliberal and economical policies. The research was methodologically based on the qualitative approach (CHIZZOTTI, 1991; BOGDAN e BIKLEN, 1994; MINAYO, 1994), especially on the principles of contemporary Applied Linguistics (SIGNORINI, 1998; MOITA-LOPES, 2006; MENEZES, SILVA, GOMES, 2009). Data were gathered from advertisements used in campaigns by private educational institutions and agencies in Natal/RN; the advertisements were collected in primary and secondary levels and in language courses from October to December, 2010. The data analysis indicate that education, in the context of globalization and late modernity, has become a market agency and that the new face of the educational discourse of private institutions is interwoven with a social representation of education as a site of struggle and hegemonic dispute. Therefore, the research leads us to infer that, as the educational public policies based on hegemonic economy and on ideological assumptions of international agents (Global Bank, FMI, etc.) have become widespread, education has become an arena of dispute and a powerful economic product to the market of cultural and commercial industry, thus emphasizing a society in which everything is economically based
metadata.dc.description.resumo: No contexto atual da modernidade tardia, as mudanças socioculturais instauram novas práticas sociais que corroboram mudanças discursivas em movimentos dialéticos, contribuindo para que a ordem de discursos educacionais seja cada vez mais contaminada pelos discursos e valores típicos de mercado revestidos por ideologias, lutas hegemônicas e relações de poder. Nesse sentido, esta pesquisa, ancorada no aporte teórico-analítico da Análise Crítica do Discurso (ACD), em sua vertente transdisciplinar, (FAIRCLOUGH, 2006; ORMUNDO, 2010; PEDROSA, 2010; RAMALHO E RESENDE, 2011), tem como objetivo discutir como as mudanças socioculturais, via o momento discursivo, no contexto da educação privada em Natal/RN, dialogam com a proposta mercadológica da política econômica neoliberal. A pesquisa se constituiu metodologicamente numa abordagem de natureza qualitativo-interpretativista (CHIZZOTTI, 1991; BOGDAN e BIKLEN, 1994; MINAYO, 1994), assentando-se nos pressupostos da Linguística Aplicada contemporânea (SIGNORINI, 1998; MOITALOPES, 2006; MENEZES, SILVA, GOMES, 2009). O corpus analisado concentrou-se numa compilação de 11 anúncios publicitários usados nas campanhas publicitárias de instituições privadas de ensino bem como de agência de fomento ao crédito estudantil em Natal/RN, desde a educação básica a cursos de idiomas, no período de outubro a dezembro de 2010. Os dados evidenciam que a educação, no contexto da globalização da modernidade tardia, configura-se como uma agência mercadológica e que a nova face do discurso educacional das instituições privadas de ensino está imbricada a uma representação social de educação associada a campo de luta e disputa hegemônica. Portanto, a pesquisa autoriza a inferir que, com a propagação de políticas públicas educacionais referendadas no ideário hegemônico da economia neoliberal e nos pressupostos ideológicos dos agentes financeiros internacionais (Banco Mundial, FMI dentre outros), a educação tornou-se arena de disputa, um poderoso produto rentável para o mercado da indústria cultural, midiática e mercantilista, intensificando a constituição de uma sociedade na qual tudo é medido economicamente
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16224
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoaoBCJ_DISSERT.pdf921,48 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.