Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16227
Título: Análise de necessidades de inglês para fins específicos em um curso de graduação em turismo
Autor(es): Sarmento, Maria Edileuda do Rego
Palavras-chave: Análise de necessidades;Inglês para fins específicos (IFE);Área de turismo situação atual;Situação-alvo;Needs analysis;English for specific purposes (IFE);Area tourism;Present situation;Target situation
Data do documento: 6-Mar-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SARMENTO, Maria Edileuda do Rego. Análise de necessidades de inglês para fins específicos em um curso de graduação em turismo. 2012. 124 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: This study presents the results of a survey conducted in the area of English for Specific Purposes (ESP) in order to identify (1) the learning needs of students in a course in Tourism, their desires and lacks, at a federal university, with respect to use of English; (2) the needs of the present situation of teachers and the coordinator of that course as to the language; (3) the needs of the target situation of professionals (graduates) and companies with respect to this language. This research is a case study (STAKE, 1998; YIN, 2009) and was used for data collection, instruments such as questionnaires, semi-structured interviews, and document on the Tourism Course. To this end, it was adopted the theoretical basis for the constructs of English for Specific Purposes (ESP) Inglês para Fins Específicos (IFE) in Brazil, also known as Inglês Instrumental, whose foundation is based on the work by Hutchinson and Waters (1987), Robinson (1991), Dudley-Evans and St. John (1998), Celani, Deyes, Holmes, Scott (2006), among others, since this work is devoted to a specific area, Tourism. Results show that students opined the ability to prioritize reading and speaking into the classroom. Professionals reported that the latter is an indispensable tool for entering the labor market, yet they feel unprepared and need to attend English language courses in private language schools. The testimony of company executives also point to this deficiency. Finally, the present situation of teachers reveals that, while advocating the use of English in the classroom, this is not because students prefer their mother tongue. There is also an evident lack of needs analysis. Eventually, the coordinator said that there is some uncertainty as to the methodology, content and language skills worked, and the lack of interaction among teachers of English. It was concluded, therefore, it is important to conduct a needs analysis so that one can redesign a course that meets the different contextual needs: students, teachers, coordination, represented by the institutional needs, and the labor market
metadata.dc.description.resumo: Este estudo apresenta os resultados de uma pesquisa desenvolvida na área de Inglês para Fins Específicos (IFE) com o objetivo de identificar (1) as necessidades de aprendizagem dos alunos de um curso de Turismo, seus desejos e carências, numa universidade federal, quanto ao uso do inglês; (2) as necessidades da situação atual dos professores e do coordenador do referido curso quanto ao idioma; (3) as necessidades da situação-alvo dos profissionais (egressos) e empresas com relação a essa língua. Esta pesquisa é um estudo de caso (STAKE, 1998; YIN, 2009) e foram utilizados, para levantamento dos dados, como instrumentos de coleta: questionários, entrevistas semiestruturadas, além de documento sobre o curso de Turismo. Para tanto, foram adotados como aporte teórico os construtos do English for Specific Purposes (ESP) Inglês para Fins Específicos (IFE) também conhecido no Brasil como Inglês Instrumental, cuja fundamentação baseia-se nos trabalhos de Hutchinson e Waters (1987), Robinson (1991), Dudley-Evans e St. John (1998), Celani, Deyes, Holmes, Scott (2006), dentre outros, visto que este trabalho é voltado para uma área específica, o turismo. Os resultados demonstram que os alunos opinaram pela habilidade em leitura e priorizaram a oralidade em sala de aula. Os egressos relataram que esta última é uma ferramenta indispensável para sua entrada no mercado de trabalho; mesmo assim, sentem-se despreparados, necessitando frequentar escolas de língua. O depoimento dos dirigentes de empresas também aponta para essa deficiência. Por último, a situação atual dos professores denota que, embora defendam o uso da língua inglesa em sala de aula, isso não acontece, porque os alunos preferem a língua materna. Também ficou evidenciada a inexistência de análise de necessidades. Por fim, a coordenadora informou que há certa indefinição quanto à metodologia, aos conteúdos e às habilidades linguísticas trabalhadas, além da falta de interação entre os professores de inglês. Conclui-se, portanto, que é relevante realizar uma análise de necessidades para que se possa redesenhar um curso que atenda às diferentes necessidades contextuais: de alunos, professores, coordenação, representada pelas necessidades institucionais, profissionais e o mercado de trabalho
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16227
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MariaERS_DISSERT.pdf1,38 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.