Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16240
Título: O ritual simbólico do Ctrl+C (copiar ) e Ctrl+V (colar) no ensino médio
Autor(es): Amorim, Corina de Sá Leitão
Palavras-chave: Cópia e cola. Produção de textos. Paráfrase e reescrita
Data do documento: 16-Mar-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: AMORIM, Corina de Sá Leitão. O ritual simbólico do Ctrl+C (copiar ) e Ctrl+V (colar) no ensino médio. 2012. 132 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: Nowadays, technology has a direct influence on the relationship student and teacher have with language. The internet is a powerful tool in helping work with the language and, through it, the knowledge comes to the student easily and intensely. Furthermore, this facility has enhanced and made visible what has been called, within the University community, "plagiarism generation." This work assumes that this generation has, in their written texts, symbolic movements similar to those of "copy and paste" applied to research work carried out by high school students. Taking this as starting point, this dissertation aims to analyze how high school students of the 1st year from a school in Natal (RN) construct texts, under the movements known as "Ctrl + c" and "Ctrl + v", with reference to the text of the "other". More specific issues are behind the general objective, namely: 1. how the student appropriates the source-text when he copies and pastes? 2. What are the categories of analysis that allow us to look analytically and theoretically for the "ctrl + c / ctrl + v" practice made by the student? 2. how the studies developed in the fields of "Genetic Criticism" (Grésillon, 1987), the "school manuscripts" (Calil, 2004) and "paraphrase" (Fuchs, 1982) may help in working with writing in the classroom standing as a possible way to minimize the copy and paste effects in the students texts? Thus, we observe the categories of analysis that allow us to look, theoretically and analytically, for the symbolic ritual of the "ctrl + c" (copy) and "ctrl + v" (paste) in high school. Our study shows that the student text is a "hybrid body" whose writing is a drawing entanglement because of the presence of the foreign text, verbatim, and the presence of linguistic elements to paraphrase the original text.This textual embodiment has, behind it, certain operations, namely: replacing, moving, adding and deleting statements. Given the specificity of the data and the research objectives, this study aligns with qualitative research methods (SILVERMAN, 2009) and falls within the knowledge field of Applied Linguistics, which is characterized especially by investigating problems, phenomena in which language in a real situation is taken as central (BRUMFIT, 1995).Theoretically, our work follows the approach of studies on the paraphrase (Fuchs, 1982, 1994a, 1994b; DAUNAY, 1997, 1999, 2002a, 2002b), the studies developed in the field of Genetic Criticism (Grésillon, 1987, 1994, 1992, 2008 ) and those developed by Eduardo Calil (2004) on "school manuscripts"
metadata.dc.description.resumo: Na contemporaneidade, a tecnologia mantém influência direta na relação que aluno e o professor mantêm com a linguagem. A internet é uma ferramenta poderosa no auxílio do trabalho com a linguagem e, através dela, o conhecimento chega ao aluno de forma fácil e intensa. Por outro lado, essa facilidade potencializou e deixou à vista o que se tem chamado, na Universidade, de a geração do plágio . Esse trabalho parte do princípio de que essa geração apresenta, em seus textos escritos, movimentos simbólicos similares àqueles de copiar e colar recorrentes em trabalhos de pesquisa desenvolvidos por alunos do ensino médio. Tomando essa questão como inicial, esta dissertação tem como objetivo analisar como estudantes do 1º ano de uma escola do ensino médio da cidade de Natal (RN) constroem textos, sob os movimentos conhecidos como Ctrl+c e Ctrl+v , tomando como referência o texto do outro . Questões mais específicas encontram-se subjacentes ao objetivo geral, quais sejam: 1. de que modo o aluno se apropria do texto-fonte quando copia e cola? 2. que categorias de análise nos permitem olhar analítica e teoricamente para a prática do Ctrl+c/Ctrl+v efetuada pelo aluno? 3. de que modo os trabalhos desenvolvidos sob os campos da Crítica Genética (GRÉSILLON, 1987), dos manuscritos escolares (CALIL, 2004) e da Paráfrase (FUCHS, 1982) podem auxiliar no trabalho com a escrita em sala de aula, colocando-se como um caminho possível para minimizar os efeitos do copiar e colar nos textos dos alunos? Assim, observaremos as categorias de análise que nos permitem olhar analítico e teoricamente para o ritual simbólico do Ctrl+c (copiar) e Ctrl+v (colar) no ensino médio. Nosso estudo mostra que o texto do aluno é um corpo híbrido , cuja escritura é um desenho fiado pela presença do texto alheio, ipsis litteris, e pela presença de elementos linguísticos que parafraseiam o texto de origem. Essa corporeidade textual tem, subjacente a ela, certas operações, a saber: substituição, deslocamento, adição e exclusão de enunciados. Dada a especificidade dos dados e os objetivos do trabalho, esse estudo se alinha aos métodos da pesquisa qualitativa (SILVERMAN, 2009) e se insere na área de conhecimento da Linguística Aplicada que se caracteriza especialmente por investigar problemas, fenômenos em que a linguagem em uma situação real é tomada como central (BRUMFIT, 1995). Teoricamente, nosso trabalho segue a perspectiva dos estudos sobre a paráfrase (FUCHS, 1982, 1994a, 1994b; DAUNAY, 1997, 1999, 2002a, 2002b), dos estudos desenvolvidos no campo da Crítica Genética (GRÉSILLON, 1987, 1994, 1992, 2008) e aqueles desenvolvidos por Eduardo Calil (2004) sobre os manuscritos escolares
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16240
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CorinaSlLA_DISSERT.pdf4,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir    Solictar uma cópia
CorinaSlLA_DISSERT_partes_autorizadas.pdf2,59 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.