Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16254
Título: A Transposição Didádica dos Gêneros do domínio do discursivo publicitários nos livros didáticos
Autor(es): Lima, Sandra Maria Alves de
Palavras-chave: Gênero propaganda. Livro didático. Transposição didática;Advertising genre. Textbooks. Didactic transposition
Data do documento: 10-Dez-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LIMA, Sandra Maria Alves de. A Transposição Didádica dos Gêneros do domínio do discursivo publicitários nos livros didáticos. 2012. 110 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: Advertising text has been a subject of many investigations, because of its multimodal universe. Embodied by a linguistic and discursive materiality laying on scene persuasion, argumentation and power imagery of multissemiotics elements, the advertising text acts as an instrument of power, creating and destroying, promising and denying (CARVALHO, 2007). Advertising not only invites us to act for it, but directs us to look at it. It was under this moving look - of charm and interrogations - that discussions raised in this research were born. Investigations are directed to the school environment, in special, for the discursive advertising domain in Portuguese Language Textbook. It is from this environment that was born our research whose main objective is to analyze how does the didactic transposition of textual genres, described by Marcuschi (2008) as belonging to the "advertising" discourse domain (focusing on advertising genre) in didactic books teaching Portuguese Language before and after the advent of the PCN. Textbooks taken as reference for the study are historically situated in the 90s of the twentieth century and 10 century. Such books refer to elected 7th and 8th grades, currently corresponding to the 8th and 9th grades of elementary school. The choice is justified by the fact that in these Textbook teaching series the presence of advertising domain is recurrent and "didactized". In addition, we are also concerned in analyzing books that circulated around us and our regional reality. Hence, we elected books that were used by two public high schools: Municipal School Clementina Ana da Conceição in Jaçanã city in the Rio Grande do Norte state, State School for Elementary and High school Carlota Barreira in Areia city, Paraíba state. In our research the following categories of analysis were highlighted: (1) presence of advertising in DB, (2) fluctuation terminology: concepts and classifications; (3) The complexity of concepts facilitation, (4) what they propagate, and from which nature are the explored advertisements. From our analysis, we observe how the treatment of textual "advertising" genres have been inserted into Textbooks, and how occurs, in general, their didactic transposition. Focusing on the issue of fluctuating terminology, we noted the difficulty in drawing boundaries between the genres of advertising domain in the Textbooks. However, this also would result in the complexity - in the field of scientific knowledge - of delimiting genres of the same domain. To accomplish our studies, it was required a thorough and systematic dialogue with theories regarding the concept of "Didactic Transposition", due to the theoretical Chevallard Yves (1991), research on the textual genres - Bezerra (2005), Marcuschi (2008), Bazerman (2005), Swales (2004), among others - and studies involving the field of "Advertising" - Sandmann (2002), Carvalho (2007) and others
metadata.dc.description.resumo: O texto publicitário tem sido objeto de muitas investigações, dado o seu universo multimodal que lhe constitui. Consubstanciado por meio de uma materialidade linguística e discursiva que coloca em cena a persuasão, a argumentação e a potência imagética de elementos multissemióticos, o texto publicitário atua como instrumento de poder, criando e destruindo, prometendo e negando (CARVALHO, 2007). A publicidade não só nos convida a agir por ela, mas nos direciona a olhar para ela. Foi sob esse movimento de olhar de encanto e de interrogações que nasceram as discussões levantadas nesta pesquisa. As investigações são direcionadas para o espaço escolar, em especial, para os gêneros do domínio discursivo publicitário no Livro Didático de Língua Portuguesa (LDP). É a partir desse ambiente que nasceu nossa pesquisa, cujo objetivo central é analisar como se realiza a transposição didática dos gêneros textuais, descritos por Marcuschi (2008) como pertencentes ao domínio discursivo publicitário (centrando-se no gênero propaganda), em livros didáticos de ensino de Língua Portuguesa antes e depois do advento dos PCN. Os livros didáticos (LD) tomados como referência para o estudo situam-se, historicamente, nos anos 90 do século XX e 10 do século XXI. Tais livros eleitos referem-se às 7ª e 8ª séries, atualmente correspondentes aos 8º e 9º anos do ensino fundamental. A escolha se justifica pelo fato de ser nos LDP dessas séries de ensino que a presença do domínio publicitário é recorrente e didatizado . Além desse recorte, ocupamo-nos em analisar livros que circularam próximo de nós e de nossa realidade regional. Daí, elegermos livros que foram utilizados por duas escolas de ensino público: Escola Municipal Ana Clementina da Conceição (EMACC) do Município da cidade de Jaçanã, no Estado do Rio Grande do Norte; Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Carlota Barreira (EEFMCB) da cidade de Areia, Estado da Paraíba. Foram destaques, em nossa investigação, as seguintes categorias de análise: (1) Presença da propaganda nos LD; (2) Flutuação terminológica: conceitos e nomenclaturas; (3) A complexidade da facilitação de conceitos; (4) A natureza das propagandas: o que propagam. A partir de nossa análise, observamos como o tratamento dos gêneros textuais publicitários vem sendo inserido no LD e como ocorre, de modo geral, sua transposição didática. Centrando-se na questão da flutuação terminológica, observamos a dificuldade dos autores dos LD em traçar limites entre os gêneros do domínio publicitário no LD. Todavia, isto poderia ter como consequência, também, a complexidade que há no campo do saber científico -em delimitar gêneros de um mesmo domínio. Para efetivar nossos estudos, foi necessário um diálogo profundo e sistemático com teorias relativas ao conceito de Transposição Didática , do teórico Yves Chevallard (1991), pesquisas sobre os gêneros textuais Bezerra (2005), Marcuschi (2008), Bazerman (2005), Swales (2004), dentre outros e estudos que envolvem o campo da Publicidade e Propaganda -Sandmann (2002), Carvalho (2007) e outros
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16254
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SandraMAL_DISSERT.pdf2,46 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.