Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16261
Título: A constituição de identidades de mulheres : práticas discursivas e relações de poder
Autor(es): Serafim, Cássio Eduardo Rodrigues
Palavras-chave: Discurso;Identidades;Gênero;Mulheres;Relações de poder;Discourse;Identities;Gender;Women;Power relations
Data do documento: 22-Dez-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SERAFIM, Cássio Eduardo Rodrigues. A constituição de identidades de mulheres : práticas discursivas e relações de poder. 2006. 139 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: This research investigates the discursive constitution of identities; in spe-cial, it aim to problematize women identities constitution, pointing discursive prac-tices and power relations which involve them. The interviewed subjects had been adult women who had resumed their school trajectory, after certain period without frequenting educational establishments. Aware of that those identities can be per-ceived through the observations of the discursive practices, we question: which discursive practices and power relations involve and constitute those women? Which identity positionings they take through the discursive practices and power relations that include them and that are identified in their stories? Which linguistic marks characterize, in the speech of those women, forms of resistance in the con-stitution of identities? We intend to investigate the constitution of woman identities in the contemporanity; pointing discursive practices and power relations which in-volve women that converge to their identity constitution; exploring in the linguistic materiality effects of senses that emanate of the discursive practices and power relations which involve the collaborators in the identity constitution in private and public spaces. Research corpus is composed by stories of life granted by three women, collected through semidirected interview between 2004 and 2005. To ana-lyze the data, we base in authors as Pêcheux (1993; 2002), Foucault (1979; 1988; etc.), Butler (2003), Scott (1992; 1995), Hall (2000; 2004; 2005), Bauman (1999; 2005), among others that problematize questions as discourse, identity, social gender, power and its interfaces. The life stories had allowed to analyze: the gen-der identity constitution from discursive practices and relations of forces lived in the familiar scenery; assumed identity positionings from discursive practices in globalized urban contexts; power positions in the domestic and extradomestic sphere and new identity positionings
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho disserta sobre a constituição discursiva de identidades; em especial, busca problematizar a constituição de identidade de mulheres, a partir de práticas discursivas e relações de poder quotidianas que as afetam. Os sujei-tos colaboradores foram mulheres adultas que retomaram a sua trajetória escolar, após certo período sem freqüentar estabelecimentos de ensino. Cientes de que as identidades podem ser percebidas através da observação das práticas discur-sivas, questionamos: que práticas discursivas e relações de poder envolvem e constituem essas mulheres? Que posicionamentos identitários elas assumem em meio às práticas discursivas e relações de poder que as compreendem e que são identificadas em seus relatos? Que marcas lingüísticas caracterizam no discurso dessas mulheres formas de resistência na constituição de identidades? Preten-demos: investigar a constituição discursiva de identidades de mulheres na con-temporaneidade; apontar práticas discursivas e relações de poder que envolvem mulheres e que convergem para a constituição de suas identidades; explorar na materialidade lingüística efeitos de sentidos que emanam das práticas discursivas e relações de poder que envolvem as colaboradoras na constituição de identida-des em espaços privados e públicos. O corpus da pesquisa é composto por rela-tos de vida concedidos por três mulheres, coletados através de entrevista semidi-rigida, entre 2004 e 2005. Para analisarmos os dados, fundamentamo-nos em autores como Pêcheux (1993; 2002), Foucault (1979; 1988; etc.), Butler (2003), Scott (1992; 1995), Hall (2000; 2004; 2005), Bauman (1999; 2005), entre outros que problematizam questões como discurso, identidade, gênero social, poder e suas interfaces. Os relatos de vida permitiram analisar: a constituição de identida-des de gênero a partir de práticas discursivas e relações de forças vivenciadas na cena familiar; posicionamentos identitários assumidos a partir de práticas discur-sivas em contextos urbanos globalizados; posições de poder na esfera doméstica; posições de poder na esfera extradoméstica; novos posicionamentos identitários
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16261
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CassioES.pdf359,71 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.