Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16336
Título: Homoafetividade e abertura política em contos de Caio Fernando Abreu
Autor(es): Nascimento, Cyro Roberto de Melo
Palavras-chave: Caio Fernando Abreu. Literatura e sociedade. Homoafetividade. Abertura política. Contracultura;Caio Fernando Abreu. Literature and society. Homoaffectivity. Redemocratization. Contraculture
Data do documento: 21-Mar-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: NASCIMENTO, Cyro Roberto de Melo. Homoafetividade e abertura política em contos de Caio Fernando Abreu. 2014. 130 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: This text aims to study the literary representation of homoaffectivity in short stories of Caio Fernando Abreu in the context of brazilian redemocratization, specifically in the narratives published between 1982 and 1988. To understand the relation between literature and historical context in the tales, we betake, principally, to a notion of Literature and Society, as proposed for Antonio Candido. Relating the narratives of Caio Fernando Abreu with the military dictatorship and the redemocratization processes, as well as a generational project named contraculture, we aim to verify as the search for affection for men that desire others men may be conditioned for specific socio-hystorical conditions, understanding the literary work as a privileged field of representation and comprehension of reality
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação busca estudar a representação literária da homoafetividade em contos de Caio Fernando Abreu no contexto de abertura política brasileira, especificamente nas narrativas publicadas entre 1982 e 1988. Para compreender como se dá a relação entre literatura e contexto histórico em seus contos, recorremos, principalmente, a uma noção de Literatura e Sociedade, conforme proposta por Antonio Candido. Relacionando as narrativas de Caio Fernando Abreu com a ditadura militar e o processo de abertura política, concomitante com o projeto de geração representado pela contracultura, buscamos verificar como a busca de afeto por homens que desejam outros homens pode estar condicionada por condições sócio-históricas específicas, compreendendo a obra literária como um espaço privilegiado de representação e compreensão da realidade
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16336
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CyroRMN_DISSERT.pdf1,17 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.