Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16494
Título: A moral kantiana entre deontologia e teleologia
Autor(es): Oliveira, Carlos Moisés de
Palavras-chave: Kant;moral;dever;vontade;boa vontade.;natureza;deontologia;teleologia;Kant;moral;duty;will;nature;deontology;teleology
Data do documento: 29-Nov-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OLIVEIRA, Carlos Moisés de. A moral kantiana entre deontologia e teleologia. 2011. 138 f. Dissertação (Mestrado em Metafísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: This dissertation examines the Kantian moral in a teleological perspective. It consists of a reconstruction of philosophy practice that departs from the investigation of the categorical imperative, the concepts of duty, will, good will, as well as an approach on the ways of investigation of nature, which will enable the foundation to engage in the teleological argument, investigating the organized human beings, the harmonious system, its relationship with the ultimate and most important purpose, always flexing the analysis of these concepts the idea of purpose. Subsequently we will establish an argument about the end terminal and the implication of this concept to think about the real idea of the system in Kant and his relationship or support for moral theory. In essence this paper approaches the moral point of view of ethics, outlining the insufficiency of this field for the foundation of architectural moral, which will enable the final touch or the indispensability or the teleological argument as fundamental to the Kantian moral Theory
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação analisa a moral kantiana em uma perspectiva teleológica. Trata-se de uma reconstrução da filosofia prática que parte da investigação do imperativo categórico, dos conceitos de dever, vontade, boa vontade, bem como uma abordagem sobre as formas de investigação da natureza, o que possibilitará o fundamento para enveredarmos no argumento teleológico, investigando os seres organizados, o sistema harmônico, a relação deste com o fim último e o mais relevante, sempre flexionando a analise desses conceitos a ideia de finalidade. Posteriormente estabeleceremos uma argumentação sobre o fim terminal e a implicação deste conceito para pensar a própria ideia de sistema em Kant e sua relação ou suporte para a teoria moral. Em essência este trabalho aborda a moral do ponto de vista deontológico, delineando a insuficiência deste campo para a fundação da arquitetônica moral, o que possibilitará o arremete ou indispensabilidade do argumento teleológico como fundamental para teoria moral Kantiana
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16494
Aparece nas coleções:PPGFIL - Mestrado em Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CarlosMO_DISSERT.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.