Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16561
Título: Formação de caudas maxwellianas no Contexto da rotação estelar
Autor(es): Freitas, Daniel Brito de
Palavras-chave: Estatística de Boltzmann-GIBBS;Distribuição de Maxwell-Bltzmann;Rotação estelar;Estatística não-extensiva
Data do documento: 10-Nov-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FREITAS, Daniel Brito de. Formação de caudas maxwellianas no Contexto da rotação estelar. 2009. 171 f. Tese (Doutorado em Física da Matéria Condensada; Astrofísica e Cosmologia; Física da Ionosfera) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: In this Thesis, we analyzed the formation of maxwellian tails of the distributions of the rotational velocity in the context of the out of equilibrium Boltzmann Gibbs statistical mechanics. We start from a unified model for the angular momentum loss rate which made possible the construction of a general theory for the rotational decay in the which, finally, through the compilation between standard Maxwellian and the relation of rotational decay, we defined the (_, _) Maxwellian distributions. The results reveal that the out of equilibrium Boltzmann Gibbs statistics supplies us results as good as the one of the Tsallis and Kaniadakis generalized statistics, besides allowing fittings controlled by physical properties extracted of the own theory of stellar rotation. In addition, our results point out that these generalized statistics converge to the one of Boltzmann Gibbs when we inserted, in your respective functions of distributions, a rotational velocity defined as a distribution
metadata.dc.description.resumo: Nesta Tese, analisamos a formação de caudas maxwellianas das distribuições de velocidades oriundas da rotação estelar no contexto da mecânica estatística de Boltzmann--Gibbs fora do equilíbrio. Nós partimos de um modelo unificado para a taxa de perda do momentum angular que, por sua vez, propiciou a construção de uma teoria geral para a desaceleração rotacional na qual, finalmente, através da compilação entre a Maxwelliana padrão e a relação de decaimento rotacional, definimos as distribuições (α,β)-Maxwellianas. Os resultados revelam que a estatística de Boltzmann-Gibbs fora do equilíbrio nos fornece resultados tão bons quanto os das estatísticas generalizadas de Tsallis e Kaniadakis, além de permitir ajustes controlados por vínculos físicos extraídos da própria teoria da evolução da rotação estelar. Além disso, nossos resultados apontam que estas estatísticas generalizadas convergem para a de Boltzmann-Gibbs quando inserimos, nas suas respectivas funções de distribuições, uma velocidade rotacional definida como uma distribuição
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16561
Aparece nas coleções:PPGFIS - Doutorado em Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DanielBF.pdf1,78 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.