Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16663
Title: Evolução de estruturas primordiais
Authors: Souza, Hidalyn Theodory Clemente Mattos de
Keywords: Formação de estruturas;Objetos da população III;Matéria escura;Energia escura;Formação do átomo de hidrogênio neutro (Recombinação);Structures formation;Dark energy;Dark matter;Formation of the neutral hydrogen atoms;recombination
Issue Date: 26-Apr-2007
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUZA, Hidalyn Theodory Clemente Mattos de. Evolução de estruturas primordiais. 2007. 67 f. Dissertação (Mestrado em Física da Matéria Condensada; Astrofísica e Cosmologia; Física da Ionosfera) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Portuguese Abstract: Entender o modo pelo qual estruturas em grande-escala, como galáxias, se formam permanece um dos problemas mais desafiadores em cosmologia hoje. A teoria padrão para a origem destas estruturas é que elas cresceram por instabilidade gravitacional de pequenas, talvez geradas quanticamente, flutuações na densidade de matéria escura, bárions e fótons sobre um Universo primordial uniforme. Depois da recombinação, os bárions começaram a cair nos poços de potencial gravitacional pré-existentes de matéria escura. Nesta dissertação é feito inicialmente um estudo da era da recombinação primordial, a época da formação dos átomos de hidrogênio neutro. Além disso, analisamos a evolução do contraste de densidade (de matéria bariônica e escura), em nuvens de matéria escura com massas entre milhares e bilhões de massas solares. Em particular, na análise da componente bariônica, levamos em conta os vários mecanismos físicos que ocorrem nela durante e depois da era da recombinação. A análise da formação desses objetos primordiais foi feita no contexto de três modelos de energia escura como background ': Quintessência, CDM (Constante Cosmológica mais Matéria Escura Fria) e Fantasma. Mostramos que a matéria escura é o agente fundamental para formação das estruturas observadas hoje. A energia escura tem grande importância na época de sua formação
Abstract: Understanding the way in which large-scale structures, like galaxies, form remains one of the most challenging problems in cosmology today. The standard theory for the origin of these structures is that they grew by gravitational instability from small, perhaps quantum generated, °uctuations in the density of dark matter, baryons and photons over an uniform primordial Universe. After the recombination, the baryons began to fall into the pre-existing gravitational potential wells of the dark matter. In this dissertation a study is initially made of the primordial recombination era, the epoch of the formation of the neutral hydrogen atoms. Besides, we analyzed the evolution of the density contrast (of baryonic and dark matter), in clouds of dark matter with masses among 104M¯ ¡ 1010M¯. In particular, we take into account the several physical mechanisms that act in the baryonic component, during and after the recombination era. The analysis of the formation of these primordial objects was made in the context of three models of dark energy as background: Quintessence, ¤CDM(Cosmological Constant plus Cold Dark Matter) and Phantom. We show that the dark matter is the fundamental agent for the formation of the structures observed today. The dark energy has great importance at that epoch of its formation
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16663
Appears in Collections:PPGFIS - Mestrado em Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HidalynTCMS.pdf3.06 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.