Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17186
Title: Utilização de bagaço de caju desidratado e complexo enzimático na ração para codornas japonesas em postura
Authors: Araújo, Kácia Beatriz de Sousa
Keywords: Caju. Complexo enzimático. Codornas japonesas
Issue Date: 14-Dec-2013
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: ARAÚJO, Kácia Beatriz de Sousa. Utilização de bagaço de caju desidratado e complexo enzimático na ração para codornas japonesas em postura. 2013. 81 f. Dissertação (Mestrado em Sistemas de Produção Sustentáveis no Semi-árido; Caracterização, conservação e melhoramento genético) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Portuguese Abstract: Diante da significativa participação da alimentação nos custos da produção avícola, fazse necessário a utilização de estratégias e técnicas que permitam maximizar o aproveitamento e valor biológico dos componentes das rações, mantendo constante ou melhorando o desempenho animal. Neste contexto, visando à substituição parcial do milho e o melhor aproveitamento dos constituintes da ração, a presente pesquisa destinou-se a avaliar os efeitos da inclusão de bagaço de caju desidratado (BCD) e complexo enzimático (CE) na ração sobre o desempenho e a qualidade de ovos de codornas japonesas em postura. Foram utilizadas 200 codornas japonesas com 87 dias de idade, distribuídas em 25 gaiolas em um delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 2 + 1 (dois níveis de bagaço de caju x dois níveis de enzimas) + dieta controle, sem bagaço de caju, totalizando cinco tratamentos com cinco repetições e com oito aves cada repetição. O experimento teve duração de 84 dias, divididos em quatro períodos de 21 dias. Os tratamentos consistiram em: T1- Ração controle, T2- Ração com 7,5% de BCD sem CE, T3- Ração com 7,5% de BCD com CE, T4- Ração com 15% de BCD sem CE e T5- Ração com 15% de BCD com CE. O complexo enzimático (CE) utilizado é produto de fermentação de Aspergillus niger, e o bagaço de caju foi proveniente da indústria de sucos, passou pelo processo de secagem e trituração para produção do farelo. Foi avaliado o desempenho e a qualidade dos ovos das codornas, sendo as variáveis de desempenho: consumo de ração (CR), conversão alimentar por dúzia de ovos (CAKDZ) e por massa de ovos (CAMO), produção de ovos (PO, % ave/dia), peso médio dos ovos (PMO) e a massa de ovos (MO), e tendo como variáveis de qualidade de ovos, a gravidade específica (GE), unidade Haugh (UH), índice gema, e as relações entre os componentes dos ovos (% de albúmen, % de gema e % de casca). Os dados obtidos foram analisados no programa estatístico SAEG (2007). A inclusão de 7,5 e 15% de bagaço de caju independente do uso de complexo enzimático diminuiu o consumo de ração e melhorou o peso médio dos ovos. Os dois níveis com adição de CE apresentaram diferença significativa para conversão alimentar por massa de ovos. A inclusão de 7,5 com adição de complexo enzimático obteve a menor média para conversão alimentar por dúzia de ovos. A inclusão de até 15% de bagaço de caju desidratado com ou sem adição de complexo enzimático na ração de codornas japonesas não interfere na qualidade interna e externa dos ovos. A inclusão de 7,5 e 15% de BCD sem adição de complexo enzimático apresentaram as melhores médias para gravidade específica. Nas condições em que o experimento foi conduzido, pode-se afirmar que a inclusão de até 15% de bagaço de caju desidratado com adição de complexo enzimático na alimentação de codornas é viável economicamente, tendo o nível de 7,5% com adição de complexo enzimático apresentado os melhores índices econômicos
Abstract: Given the significant share of food costs of poultry production, it is necessary to use strategies and techniques to maximize the utilization and biological value of the components of the diets, keeping constant or improving animal performance. In this context, seeking partial substitution of corn and the best use of the constituents of the diet, the present study aimed to evaluate the effects of inclusion of cashew pomace dehydrated (BCD) and enzyme complex (EC) in the diet on performance and quality eggs of Japanese quails. A total of 200 Japanese quail at 87 days of age, in 25 cages in a completely randomized design in a factorial 2 x 2 + 1 (two levels of cashew bagasse x two levels of enzymes) + control diet without cashew bagasse totaling five treatments with five replicates of eight birds each repetition. The experiment lasted 84 days, divided into four periods of 21 days. The treatments consisted of T1-Ration Control, T2-ration with 7.5% without EC BCD, T3-ration with 7.5% BCD with CE, T4-Ration with 15% BCD without EC and T5-Feed with 15% of BCD with EC. The enzyme complex (EC) is used fermentation product of Aspergillus niger, and cashew bagasse was obtained from the juice industry, passed through drying and crushing process for producing the bran. The performance and egg quality of quails, and performance variables: feed intake (FI), feed conversion ratio per dozen eggs (CAKDZ) and egg mass (CAMO), egg production (OP% bird / day), average egg weight (PMO) and egg mass (MO), and variables were egg quality, specific gravity (SG), Haugh unit (HU), yolk index, and the relationships between components eggs (%albumen,% yolk and %shell). Data were analyzed with the Statistical SAEG (2007). The 7.5 and 15% of cashew bagasse, independent of the enzyme complex decreased feed intake and improved the average egg weight. The two levels with the addition of EC showed significant differences for feed conversion by egg mass. The 7.5 with the addition of enzyme complex obtained the lowest average feed conversion per dozen eggs. The inclusion of up to 15% of cashew bagasse dehydrated with or without addition of enzyme complex in the diet of Japanese quails not interfere in the internal and external quality of eggs. The 7.5 and 15% BCD without added enzyme complex gave better means for specific gravity. Under conditions in which the experiment was conducted, it can be stated that the inclusion of up to 15% of cashew bagasse dehydrated with added enzyme complex feeding quail is economically viable, with the level of 7.5% with the addition of complex enzyme presented the best economic indices
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17186
Appears in Collections:PPGPA - Mestrado em Produção Animal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KaciaBSA_DISSERT.pdf1.7 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.