Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18135
Title: Fungos gasteroides (Basidiomycota, Agaricomycetes) de três áreas de semiárido no Estado do Ceará, Brasil
Authors: Rodrigues, Ana Clarissa Moura
Keywords: Agaricomycetidae. Caatinga. Gasteromicetos. Phallomycetidae;Agaricomycetidae. Caatinga. Gasteromycetes. Phallomycetidae
Issue Date: 20-Feb-2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: RODRIGUES, Ana Clarissa Moura. Fungos gasteroides (Basidiomycota, Agaricomycetes) de três áreas de semiárido no Estado do Ceará, Brasil. 2014. 115 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: Os fungos gasteroides englobam várias linhagens distintas de basidiomicetos que foram agrupados por apresentar algumas características marcantes em comum, como o desenvolvimento angiocárpico dos basidiomas e liberação passiva dos basidiosporos. Durante longo período, esses fungos foram acomodados na classe Gasteromycetes. Todavia, estudos bioquímicos e moleculares mostraram a polifilia do grupo e, atualmente, esta classe encontra-se destituída de valor taxonômico. Esses organismos influenciam a ecologia dos mais diversos ecossistemas, entretanto, são pouco estudados e o conhecimento de sua diversidade nos ecossistemas neotropicais permanece insuficiente, apesar dos estudos que vem sendo desenvolvidos nos últimos anos. A região semiárida brasileira possui muitas áreas com a sua micobiota praticamente inexplorada. O Estado do Ceará apresenta áreas de extrema importância biológica, e para este estudo foram escolhidas três Unidades de Conservação: Área de Proteção Ambiental da Serra da Ibiapaba, Parque Nacional de Ubajara e a Área de Proteção Ambiental de Baturité. Portanto, o objetivo deste trabalho foi inventariar os fungos gasteroides ocorrentes nestas três áreas localizadas na região semiárida do Ceará. As expedições, herborização e análise dos espécimes foram baseadas em metodologias tradicionais utilizadas para identificação de fungos gasteroides. Foram identificadas 16 espécies pertencentes a 5 famílias: Agaricaceae, Clathraceae, Geastraceae, Nidulariaceae e Phallaceae. Morganella nuda Alfredo & Baseia é reportada pela segunda vez para o mundo e Blumenavia angolensis (Welw. & Curr) Dring e Mutinus elegans (Mont.) E. Fisch. correspondem a primeiros registros para o Nordeste brasileiro. Com exceção de Abrachium floriforme (Baseia & Calonge) Baseia & T.S. Cabral e Geastrum lloydianum Rick, todas as demais espécies estudadas são consideradas novos registros para o Ceará, aumentando a lista de fungos gasteroides da região de 3 para 17 espécies. As espécies identificadas foram depositadas no acervo do Herbário da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Embora essas áreas tenham se mostrado propícias para o estudo de fungos gasteroides, ainda são necessários maiores esforços de coleta para ampliar o conhecimento desses fungos na região
Abstract: Gasteroid fungi include several distinct lineages of basidiomycetes that were grouped by presenting some striking features in common like angiocarpic development and passive release of basidiospores. For a long period these fungi were accomodate in Gasteromycetes class. However, biochemistry and molecular studies showed the polyphyly of this group and curriently this class lies devoid of taxonomic value. These organisms influence the ecology of the various biomes, however, are poorly studied and knowledge of their diversity in neotropical ecosystems remains insufficient, despite studies that have been developed in recent years. The Brazilian semiarid region has many areas with an unexplored mycobiota. Ceará State has many areas of extreme biological importance and for this study three protected areas were chosen: Área de Proteção Ambiental da Serra da Ibiapaba, Parque Nacional de Ubajara and Área de Proteção Ambiental de Baturité. Therefore, the aim of this study was to inventory gasteroid fungi ocorring in these three areas in the semiarid region of Ceará. The expeditions, herborization and analysis of specimes were based in traditional methodology used to identify gasteroid fungi. Were identified 16 species belong to 5 families: Agaricaceae, Clathraceae, Geastraceae, Nidulariceae and Phallaceae. Morganella nuda Alfredo & Baseia is recorded for the second time in the world, Blumenavia angolensis (Welw. & Curr) Dring and Mutinus elegans (Mont.) E. Fisch. corresponds to a first record in the Brazilian Northeastern. Except for Abrachium floriforme (Baseia & Calonge) Baseia & T.S. Cabral and Geastrum lloydianum Rick, all remaining species are new records for Ceará, increasing the list of gasteroid fungi in the region of 3 for 17 species. Identified species were deposited in the collection of the Herbarium of Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Although these areas have proved conducive to the study of gasteroid fungi, more efforts are still needed to increase knowledge of these fungi in the region
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18135
Appears in Collections:PPGSE - Mestrado em Sistemática e Evolução

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaCMR_DISSERT.pdf6,5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.