Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/18151
Title: Interfaces cultural, política e organizacional do projeto caminhos do frio rota cultural no contexto da regionalização do turismo no Brejo Paraibano
Authors: Galvão, Suenia de Fátima Silva
Keywords: Turismo. Cultura. Brejo paraibano. Caminhos do Frio rota cultural;Tourism. Culture
Issue Date: 7-May-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: GALVÃO, Suenia de Fátima Silva. Interfaces cultural, política e organizacional do projeto caminhos do frio rota cultural no contexto da regionalização do turismo no Brejo Paraibano. 2012. 214 f. Dissertação (Mestrado em Turismo e Desenvolvimento Regional e Gestão em Turismo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: O presente estudo consiste na análise das interfaces cultural, política e organizacional do projeto Caminhos do Frio - Rota Cultural no contexto da regionalização do turismo no Brejo Paraibano e apresenta a caracterização, roteirização e inventariamento dos 6 municípios componentes do projeto Caminhos do Frio Rota Cultural, a identificação dos elementos culturais de uso turístico utilizados na roteirização do Brejo, a investigação da articulação política e organizacional do projeto e a verificação da participação de cada agente produtor do turismo resultante no desenvolvimento do Brejo Paraibano. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, de caráter qualitativo, que utiliza-se do paradigma interpretativista para realizar uma análise do ambiente no qual ocorre a regionalização do turismo no Brejo da Paraíba e como os atores sociais participam do processo, de forma a buscar o desenvolvimento da região através da cultura e turismo, com a coleta in loco nos 6 municípios partícipes do Projeto coletadas através de entrevistas aos gestores, comunidade, órgãos públicos e trade turístico, além do uso da técnica da observação direta. Desta feita, com a análise dos dados pôde-se estabelecer a situação da produção cultural e turística e seu desenvolvimento na região do Brejo (PB), onde a cultura apresenta-se um instrumento desenvolvimentista dentro da atividade turística devido ao seu potencial de inovação. Foi possível ratificar a inquestionável vocação do turismo cultural da região em questão, já sendo desenvolvidos outros projetos com a utilização dos recursos culturais tendo uma forte influência nas políticas do turismo regional. Assim, como principal resultado vê-se que o desenvolvimento regional desencadeou um processo de refuncionalização/ reapropriação do espaço que acabou reconstruindo uma nova ordenação territorial através do desenvolvimento de uma autonomia regional de gestão, de uma capacidade de apropriação e uso coletivo do excedente econômico, de um processo espontâneo de inclusão social, assim como de conscientização e mobilização turística (mesmo que inicial e tímido), de uma valorização dos bens naturais e culturais por todos os agentes envolvidos e principalmente de uma identificação da população com sua região e sua cultura, pois para se atingir o desenvolvimento regional não basta apenas o incremento econômico, mas, sobretudo a promoção dos fatores sociais endógenos como a mudança nos valores sociais e culturais e a integração dos atores sociais neste processo. Por fim, levando-se em conta as definições de sustentabilidade, considera-se que não se pode afirmar que o modelo de desenvolvimento visto no Brejo Paraibano é sustentável, porém é um modelo de desenvolvimento regional baseado nas características singulares que cada município possui e que cria uma identidade regional e têm correspondido às expectativas/ resultados almejados e, portanto, a viabilidade da região ao desenvolvimento através do turismo cultural ficou comprovada
Abstract: This study is the analysis of cultural, political and organizational interfaces of "Caminhos do Frio Rota Cultural" Project in the context of tourism regionalization in Brejo Paraibano and it presents the characterization, routing and inventory of six municipalities of the Project, as well as the identification of cultural elements used for tourist in the routing of the pond, the investigation of political and organizational articulation and the verification of participation of each producing agent in the development of tourism resulting from the swamp of Paraiba. This is a qualitative descriptive and exploratory study, which makes use of the interpretive paradigm to perform an analysis of the environment where occurs the regionalization of tourism in Brejo of Paraíba and the social actors involved in this process in order to pursue development of the region through culture and tourism, with the collection spot in the six counties of the Project participants collected through interviews with managers, community, government agencies and tourist trade, and the use of the technique of direct observation. This time, with the data analysis it was possible to establish the production situation and its cultural and tourist development in the region of Brejo (PB), where culture has become a developmental tool within the tourism industry due to its innovation potential. It was possible to ratify the undisputed vocation of cultural tourism in the region in question, since other projects being developed with the use of cultural resources with a strong influence on the policies of regional tourism. Thus, the main result was that was seen is that the regional development has triggered a refunctionalisation / reappropriation of space just rebuilding a new territorial organization through the development of a regional autonomy of management, a capacity of collective ownership and the use of economic surplus, a spontaneous process of social inclusion as well as awareness and mobilization tourist (even if initial and shy), an appreciation of natural and cultural assets for all stakeholders and especially identification of the population with its region and its culture, as to achieve regional development is not enough to increase the economic, but above all the promotion of endogenous social factors such as changes in social and cultural values and the integration of social actors in this process. Finally, taking into account the definitions of sustainability, it is considered that cannot be said that the development model seen in the swamp of Paraiba is sustainable, but it is a model of regional development based on the unique characteristics that each municipality has and create a regional identity and have correponded expectations / desired results and therefore the viability of the region through the development of cultural tourism was proven
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18151
Appears in Collections:PPGT - Mestrado em Turismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SueniaFSG_DISSERT.pdf4,71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.