Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18222
Title: Usos potenciais de moringa oleifera lam., uma matriz para produção de biodiesel e tratamento de água no semiárido nordestino
Authors: Silva, Beatriz Cavalcante da
Keywords: Moringa oleifera lam;Biodiesel;Anatomia vegetal;Química de óleo vegetal;Coagulante natural;Moringa oleifera Lam;Biodiesel;Vegetal anatomy;Seed oil chemical characteristics;Natural coagulant
Issue Date: 8-Feb-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SILVA, Beatriz Cavalcante da. Usos potenciais de moringa oleifera lam., uma matriz para produção de biodiesel e tratamento de água no semiárido nordestino. 2012. 117 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Abstract: The current environmental crisis demands transformations in the relations among society, nature and development, considering sustainability. In this context, an important theme is replacing fossil fuels with biofuels, such as biodiesel. Moringa oleifera Lam. is a species that can be used as a raw material to produce biodiesel. Besides, it is a multiple purposes plant, which can be used also in water treatment. Thus, the aims of this work were to analyze the anatomical adaptations found in the stem and in the leaf and the seed s oil stores of M. oleifera., to investigate chemical characteristics of M. oleifera s seed oil, considering biodiesel production, and to evaluate the coagulation activity of these seeds in water treatment. Semipermanent histological laminas were made and it follows that the stem has thick cuticle, stomata whose cells guard are below the epidermis line, hollow medulla, druses and tector trichomes as adaptations to climate and soil conditions in which the species is found and the leaf is dorsiventral and it has thick cuticle, tector trichomes and druses. The seed has great reserves of oil. These features favor the use of Moringa oleifera Lam. as a raw material to produce biodiesel in Brazil s Northeast semiarid region. Chemical analysis were made through oil solvent extraction using mechanic stirrer. The oil was analyzed in UV spectrophotometer. A transesterification was made and biodiesel was analyzed in gas chromatography. Oil yield was high and good quality biodiesel was obtained. To evaluate seeds coagulantion activity, coagulation and flocculation essays in jartest were made, using seed extract to treat raw water. Seeds were efficient in cogulation process to treat water. So, they can be used in rudimentary systems or as a raw material to coagulant proteins extraction, as an alternative to traditional coagulants. M. oleifera has characteristics that favor its use to biodiesel production and water treatment
Portuguese Abstract: A crise ambiental que vivenciamos hoje exige que transformemos as relações entre sociedade, natureza e desenvolvimento, considerando a sustentabilidade. Nesse contexto, um dos principais temas é a substituição de combustíveis fósseis por biocombustíveis, como o biodiesel. Uma potencial oleaginosa a ser utilizada como matriz para produção de biodiesel é Moringa oleifera Lam. (moringa), um vegetal de múltiplos usos que também pode ser utilizado para tratamento de água. Assim, os objetivos deste trabalho foram: analisar as adaptações anatômicas de caule e folha e as reservas oleíferas da semente de moringa, investigar características químicas do óleo da semente de moringa, considerando a produção de biodiesel, e avaliar a função coagulante dessas sementes no tratamento de água. Foram confeccionadas lâminas histológicas semipermanentes, nas quais observou-se que o caule apresenta cutícula espessa, estômatos abaixo da linha da epiderme, medula oca, drusas e tricomas tectores como adaptações às condições edafoclimáticas em que a espécie está inserida, enquanto a folha é dorsivental e possui cutícula espessa, tricomas tectores e drusas. A semente, por sua vez, possui reservas oleíferas abundantes. Essas características favorecem o cultivo da moringa como matriz para produção de biodiesel no semiárido nordestino. A avaliação química foi realizada por meio de extração do óleo com solvente via agitação mecânica e análise do óleo em espectrofotômetro UV-Visível. Foi feita a transesterificação do óleo, com análise do biodiesel gerado por cromatografia gasosa. Obteve-se bom rendimento de óleo e biodiesel de boa qualidade. Para avaliação da atividade coagulante das sementes, foram realizados ensaios de coagulação e floculação em jarteste, nos quais foi aplicado um extrato de sementes de moringa na água a ser tratada. As sementes se mostraram eficientes no processo de coagulação para tratamento de água, podendo ser utilizadas diretamente em sistemas rudimentares de tratamento ou servindo como matéria-prima para a extração de proteínas coagulantes a serem utilizadas em larga escala, como alternativas aos coagulantes tradicionais. Conclui-se que M. oleifera possui características que favorecem sua utilização para as funções associadas de produção de biodiesel e tratamento de água
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18222
Appears in Collections:PRODEMA - Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BeatrizCS_DISSERT.pdf897,19 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.