Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18228
Title: Dinâmica da paisagem na Microbacia do Riacho Cajazeiras no semiárido potiguar
Authors: Batista, José Pio Granjeiro
Keywords: Degradação;Fragilidade ambiental;Microbacia e paisagem;Degradation;Environmental fragility;Watershed and landscape
Issue Date: 9-Feb-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: BATISTA, José Pio Granjeiro. Dinâmica da paisagem na Microbacia do Riacho Cajazeiras no semiárido potiguar. 2012. 100 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: O semiárido nordestino vem passando por mudanças desde sua formação acarretando transformações na paisagem e aumento da degradação. A dinâmica econômica que se estabeleceu no semiárido potiguar durante muito tempo esteve assentada na pecuária, agricultura de subsistência e algodão, entretanto, essas economias declinam a partir dos anos de 1970. Desse modo, os espaços potiguares estão passando por um processo de reordenamento espacial marcado pelo crescimento das atividades agropecuárias e pelo processo de urbanização. Na região do oeste potiguar tais mudanças fragilizam e transformam significativamente a paisagem. Nessas áreas, o processo de urbanização e a atividade agropecuária têm provocado mudanças na paisagem sertaneja alterando a dinâmica natural do Bioma Caatinga que passou a sofrer interferências negativas com a retirada indiscriminada da vegetação. No caso, específico da área em estudo a microbacia do Riacho Cajazeiras localizada nos municípios de Pau dos Ferros, Água Nova, Encanto e Rafael Fernandes as alterações na paisagem tem provocado a degradação e a fragilidade ambiental. Nessa perspectiva, o objetivo da pesquisa consiste em avaliar a dinâmica da paisagem da microbacia do Riacho Cajazeiras, semiárido potiguar, identificando os fatores degradantes, às áreas mais degradadas e/ou susceptíveis a degradação e as fragilidades ambientais. A pesquisa investigou os fenômenos a luz da teoria geossistêmica que enfatiza a integração dos elementos na formação da paisagem. Para a realização do trabalho foram realizadas as pesquisa exploratória, bibliográfica, o trabalho de campo e técnicas de geoprocessamento para avaliar as condições socioambientais da área de pesquisa e sua fragilidade ambiental. Para tanto, primeiramente, foi feito uma analise multitemporal com base nos anos de 1984, 1996 e 2009 demonstrando que a dinâmicade do uso e da ocupação do solo na microbacia do Riacho Cajazeiras mostrou uma mudança significativa na paisagem, especialmente, na vegetação de caatinga. Esta vem se recuperando em varias areas da microbacia, principalmente, em seu alto curso nas Serras do Bom Sera, do Encanto. A análise mostrou a necessidade de desenvolver políticas e programas voltados para a manutenção, recuperação e preservação da vegetação de caatinga da rede fluvial e dos corpos d água. Além disso, foram identificadas as áreas mais degradadas da microbacia e a fragilidade ambiental potencial e emergente que levam em consideração os componentes da paisagem tais como: clima, relevo, geologia, pedologia, geomorfologia e uso e ocupação do solo de forma integrada. Os resultados mostram que a paisagem da microbacia apresenta fragilidade ambiental média e alta em toda sua área, destacando-se, nas margens da rede fluvial proporcionada pelo o uso e ocupação do solo de forma inadequada com as condições ambientais da microbacia
Abstract: The semi-arid Northeast region are coming through changes since its formation causing changes in the landscape and increased degradation. The economic dynamics which was established at the Potiguar semiarid had for a long time settled in livestock, subsistence agriculture and cotton, however, these economies decline from the year 1970. Thus, the Potiguar spaces are undergoing by a process of space reordering marked by the growth of agricultural activities and the process of urbanization. In the Potiguar western region these changes weaken significantly transform the landscape. In these areas, the process of urbanization and agricultural activities have caused changes in the hinterland landscape changing the natural dynamics of the caatinga biome that has been subject to negative interference with the indiscriminate removal of vegetation. In this case, the specific study area of the watershed of Cajazeiras Creek located in the cities of Pau dos Ferros, Água Nova, Encanto and Rafael Fernandes, changes in the landscape has led to degradation and environmental fragility. From this perspective, the research objective is to assess the dynamics of the landscape of the watershed of Cajazeiras Creek, semiarid region of the state of Rio Grande do Norte, identifying the degrading factors, the most degraded areas and/or susceptible to degradation and environmental fragility. The research investigated the phenomena of light geosystems theory that emphasizes the integration of elements in shaping the landscape. During this reporting period, it was carried out exploratory and bibliographical research, and geoprocessing techniques to assess the social and environmental conditions of the researched area and its environmental fragility. To do so, first, it was made an multitemporal analisis on the basis of the years 1984, 1996 and 2009 demonstrating that the dynamics of use and land cover in the watershed of Cajazeiras Creek showed a significant change in the landscape, especially in the caatinga vegetation. This has been recovering in various areas of the watershed, especially in its upper course in the mountains of Bom Sera, in Encanto city. The analysis showed the need to develop policies and programs for the maintenance, restoration and preservation of the caatinga vegetation of the river network and of water bodies. In addition, it was identified the most degraded areas of the watershed, environmental fragility and potential emerging that take into account the landscape components such as climate, topography, geology, pedology, geomorphology and the use and occupation of the soil in an integrated manner. The results show that the landscape of the watershed has medium and high environmental fragility throughout its area, especially on the banks of the river network provided by the use and occupation of the soil in an inadequate way with the environmental conditions of the watershed
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18228
Appears in Collections:PRODEMA - Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JosePGB_DISSERT.pdf1,67 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.