Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18229
Title: Protozoários de vida livre em ambientes aquáticos do RN: ocorrência, caracterização e importância para a educação básica
Other Titles: Free-living protozoa in aquatic environments of the RN: occurrence, characterization and importance to basic education
Authors: Medeiros, Maria Luisa Quinino de
Keywords: Protozoários de vida livre;Protozooplâncton;Semiárido;Concepções;Concepções alternativas;Divulgação científica;Educação ambiental;Free-living protozoa;Protozooplâncton;Semiarid;Conceptions;Misconceptions;Environmental education;Scientific disclosure
Issue Date: 7-Feb-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Maria Luisa Quinino de. Free-living protozoa in aquatic environments of the RN: occurrence, characterization and importance to basic education. 2012. 75 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: A água é considerada um bem imprescindível à vida, além de ser um fator condicionante do desenvolvimento econômico e do bem-estar social, representado tanto pela quantidade disponível, como pela qualidade. No semiárido nordestino, as secas que ocorrem de forma periódica aliada a atividades antrópicas, agravam a situação da conservação dos recursos hídricos nessa localidade. Para amenizar essa condição é comum a construção de reservatórios artificiais, como açudes e barragens. Assim como nos ambientes aquáticos naturais, estes reservatórios são locais propícios para a proliferação, crescimento e desenvolvimento de diversas comunidades biológicas, seja de animais, vegetais e de microrganismos. As pesquisas sobre a composição e ecologia dessas comunidades, sobretudo as microbianas, ainda são restritas. Um dos grupos menos estudados nesses ambientes são os protozoários de vida livre, que ao longo do tempo foram negligenciados e depois de descobertas sobre suas variadas funções no ecossistema aquático começam a receber mais atenção por parte dos estudiosos. Eles são, em termos quantitativos, os mais importantes consumidores de microrganismos (principalmente algas e bactérias) nos ambientes aquáticos, e, por isso controlam a abundância destes. Eles influenciam, portanto, a estrutura da cadeia alimentar aquática em termos de composição de espécies, abundância, biomassa e biodiversidade. Apesar do reconhecimento da importância dos protozoários no balanço final das transferências tróficas em ambientes aquáticos, existem poucos dados e, de um modo geral, são, ainda, precários os conhecimentos sobre eles. Tendo em vista a importância dos protozoários em ambientes aquáticos e a escassez de pesquisas relacionadas a este grupo, sobretudo no Estado do Rio Grande do Norte, o presente estudo teve - como objetivo identificar os gêneros e espécies de protozoários de vida livre que estão presentes na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, bem como relacionar a ocorrência e a dinâmica destes com as condições tróficas do ambiente no qual estão inseridos, com o intuito de corroborar a hipótese de que as espécies que estão nesses ambientes podem servir para indicar a qualidade da água. Registrou-se a presença de 65 táxons de protozoários de vida livre, dos quais 29 foram identificados em nível de espécie. Observou-se uma similaridade espacial na composição taxonômica dos protozoários, sugerindo-se uma possível regulação desse tipo de comunidade por outras variáveis limnológicas diferentes daquelas estudadas nesse trabalho (clorofila-a, pH, temperatura). Ainda objetivou-se analisar as concepções de professores e alunos, das cidades próximas da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, sobre as temáticas relativas à qualidade de água e do papel dos protozoários. Para isso, foi aplicado questionários com professores e alunos de escolas estaduais de São Rafael e Itajá. Concluiu-se que os professores e alunos reconhecem as múltiplas funcionalidades da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, apesar de desconhecerem aspectos importantes da dinâmica e ecologia desse ambiente. As concepções de professores e alunos se igualaram em vários momentos, principalmente no tocante às doenças de veiculação hídrica. Na tentativa de identificar possíveis concepções alternativas sobre o conhecimento dos protozoários, partindo da hipótese que esses organismos têm seu papel ecológico negligenciado, e são vistos como, somente, transmissores de doenças, foi feito um estudo com professores e alunos, seguindo determinada metodologia que permitiu analisar de forma clara e precisa os resultados. Ficou claro que o conhecimento sobre os protozoários de vida livre é, ainda, bastante limitado. As concepções alternativas que foram evidenciadas mostram uma relação direta de protozoários e doenças. A partir dos dados obtidos por todos esses estudos, planejou-se uma série de atividades de divulgação científica, educação ambiental e educação em saúde nas escolas próximas aos ambientes de estudo com o intuito de promover uma transposição didática do conhecimento acumulado sobre esses organismos, favorecendo a formação continuada de professores e o incremento de informações à comunidade local por meio do conhecimento da biodiversidade e ecologia desses organismos. Além disso, os resultados encontrados neste estudo e as reflexões feitas sobre ele levaram a que se propusesse a elaboração de um livro paradidático com ênfase sobre o grupo dos protozoários de vida livre para uso junto às populações de escolas públicas da região semiárida onde foi desenvolvido o trabalho
Abstract: Water is considered an essential right to life, besides being a determinant of economic development and social welfare, represented by both the quantity available, and the quality. In semi-arid Northeast, droughts occurring on a regular basis combined with human activities, aggravate the situation regarding the conservation of water resources in this area. To alleviate this condition is common to construction of artificial reservoirs, such as reservoirs and dams. As in natural aquatic environments, these reservoirs are potential sites for the proliferation, growth and development of diverse biological communities, whether of animals, plants and microorganisms. Research on the composition and ecology of these communities, especially microbial, are still restricted. One of the least studied groups in these environments are free-living protozoa, which over time have been neglected and after discoveries about its various functions in the aquatic ecosystem are beginning to receive more attention from scholars. They are, in quantitative terms, the most important consumers of microorganisms (mainly bacteria and algae) in aquatic environments, and therefore control the abundance of these. They may therefore influence the structure of the aquatic food chain in terms of species composition, abundance, biomass and biodiversity. Despite the recognition of the importance of protozoa in the final of the trophic transfer in aquatic environments, there are few data and, in general, are still precarious knowledge of them. Given the importance of protozoa in aquatic environments and the paucity of research on this group, especially in the state of Rio Grande do Norte, the present study aimed at identifying the genus and species of free-living protozoa that are present in the Armando Ribeiro Gonçalves Dam as well as to relate the occurrence and dynamics of the trophic conditions in the environment in which they are inserted, in order to support the hypothesis that species that are in these environments can serve to indicate the water quality. We observed the presence of 65 taxa of free-living protozoa, of which 29 were identified at the species level. There was a similarity space in taxonomic composition of protozoa, suggesting a possible regulation of this type of community for limnological variables other than those studied in this work (chlorophyll a, pH, temperature). Although it was aimed to analyze the conceptions of teachers and students from nearby towns Dam Armando Ribeiro Gonçalves, on issues relating to water quality and the role of protozoa. For this, we applied questionnaires with teachers and pupils of public schools of San Rafael and Itajá. It was concluded that teachers and students recognize the multi-dam Armando Ribeiro Gonçalves, although unaware of important aspects of the dynamics and ecology of this environment. Conceptions of teachers and students are matched at various times, especially with regard to waterborne diseases. In an attempt to identify possible misconceptions about the knowledge of the protozoa, assuming that these organisms have neglected their ecological role, and are seen as only, disease, a study was done with teachers and students, following a particular methodology that allowed look so clear and precise results. It was clear that knowledge about the free-living protozoa is still quite limited. The alternative conceptions that were found show a direct relation of protozoans and diseases. From the data obtained by these studies, we planned a series of science communication activities, environmental education and health education in schools close to study environments in order to promote a didactic transposition of accumulated knowledge about these organisms, favoring continuing education of teachers and the increase of information to the local community through the knowledge of biodiversity and ecology of these organisms. Moreover, the results found in this study and reflections on it that led to propose the elaboration of a book Readers with an emphasis on the group of freeliving protozoa in the populations for use in public schools in the region where it was developed the semiarid work
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18229
Appears in Collections:PRODEMA - Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MariaLQM_DISSERT.pdf3.89 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.