Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18257
Título: Análise da mobilidade urbana de Natal/RN a partir do uso de indicadores de sustentabilidade
Título(s) alternativo(s): Analysis of urban mobility of Natal/RN from use of sustainability indicators
Autor(es): Costa, Luzimar Pereira da
Palavras-chave: Mobilidade urbana. Acessibilidade urbana. Políticas públicas. Sustentabilidade. Índice de mobilidade urbana sustentável;Urban mobility. Urban accessibility. Public policies. Sustainability. Index of sustainable urban mobility
Data do documento: 24-Fev-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA, Luzimar Pereira da. Analysis of urban mobility of Natal/RN from use of sustainability indicators. 2014. 174 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: In contemporary times, the urban mobility is presented as one of the main challenges of large and medium-sized Brazilian cities , it presents signs of unsustainability , above all due to the increase in motorized transport system , especially the individual . Thus , it is clear that mobility is considered of special interest for sustainable urban development , is facing a crisis that is reflected in negative externalities , particularly with regard to congestion , accidents , air pollution , social exclusion , among others. The complexity of these problems requires an integrated analysis based on the principles of sustainability . In this sense , trying to understand this problem and in the attempt to minimize its impacts, Costa (2008 ) proposed the Index of Sustainable Urban Mobility (I_SUM) with the goal of providing a methodology capable to assess relevant aspects of mobility , including social dimensions , political, economic and environmental . Given the above, was elected as the main objective of this study is to analyze urban mobility in Natal / RN from the perspective of sustainability . Like specific objectives will seek to analyze Natal´s urban mobility, using the I_SUM like a tool for both the city as a whole and for each of its four administrative regions; evaluate Natal s urban accessibility conditions and verify to what extent the access to urban services and equipment is facilitated or hindered because of the location and incomes of the population . For this, it was necessary to use bibliographic , documentary and field research . The index , which varies from 0.00 to 1.00, revealed for Natal an Global value of 0,510, and that refers to its administrative regions, it was found that there are very small percentage differences from the overall index calculated for the city . The performance of I_SUM by administrative region showed that although there are differences , the results were very similar , varying between 0,494 and 0,537. Particularly in relation to urban accessibility, it appears that Natal presents as an unequal city and this inequity , which is not only income is reflected in the issues related to accessibility and hence urban mobility
metadata.dc.description.resumo: Na atualidade, a mobilidade urbana se apresenta como um dos principais desafios das grandes e médias cidades brasileiras, pois apresenta sinais de insustentabilidade, principalmente em decorrência do incremento no sistema de transporte motorizado, especialmente o individual. Diante disso, torna-se evidente que a mobilidade, considerada de especial interesse para o desenvolvimento urbano sustentável, vem enfrentando uma crise que se reflete em externalidades negativas, sobretudo no que se refere aos congestionamentos, aos acidentes, à poluição atmosférica, à exclusão social, entre outros. A complexidade desses problemas exige uma análise integrada alicerçada nos princípios da sustentabilidade. Nesse sentido, buscando compreender tal problemática e na tentativa de minimizar os diversos impactos dela decorrentes, Costa (2008) propôs o Índice de Mobilidade Urbana Sustentável (IMUS) com o objetivo de oferecer uma metodologia capaz de avaliar aspectos pertinentes à mobilidade, incluindo as dimensões social, política, econômica e ambiental. Diante do exposto, elegeu-se como principal objetivo deste estudo analisar a mobilidade urbana de Natal/RN na perspectiva da sustentabilidade. Como objetivos específicos busca-se analisar a mobilidade urbana de Natal, utilizando como ferramenta o IMUS tanto para a cidade como um todo, quanto para cada uma das suas quatros Regiões Administrativas; avaliar as condições de acessibilidade urbana em Natal e verificar em que medida o acesso a serviços e equipamentos urbanos é facilitado ou dificultado em virtude da localização e do poder aquisitivo da população. Para tanto, fezse necessário o uso de pesquisa bibliográfica, documental e de campo. O índice, que varia de 0,00 a 1,00, revelou para Natal o valor Global de 0,510, e no que se refere às suas regiões administrativas demonstrou que há diferenças percentuais muito pequenas em relação ao índice global calculado para a cidade. O desempenho do IMUS por região administrativa evidenciou que, embora existam diferenças, os resultados ficaram muito próximos, com variações entre 0,494 e 0,537. No que tange particularmente à acessibilidade urbana, verifica-se que Natal apresenta-se como uma cidade desigual e, essa iniquidade que não é apenas de renda, se reflete nas questões relacionadas à acessibilidade e, consequentemente, à mobilidade urbana
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18257
Aparece nas coleções:PRODEMA - Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LuzimarPC_DISSERT.pdf2,65 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.