Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18348
Title: Estruturas tectônicas cenozóicas na porção leste da Bacia Potiguar - RN
Authors: Nogueira, Francisco Cezar Costa
Keywords: Neotectônica;Reativação de falhas;Bacia Potiguar
Issue Date: 25-Jul-2008
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NOGUEIRA, Francisco Cezar Costa. Estruturas tectônicas cenozóicas na porção leste da Bacia Potiguar - RN. 2008. 136 f. Tese (Doutorado em Geodinâmica; Geofísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Portuguese Abstract: Esta tese compreende a integração de dados geológicos, geofísicos e sismológicos na porção leste da Bacia Potiguar. A região nordeste está localizada na margem passiva sulamericana, exibindo importantes áreas com registro de atividades neotectônicas. As definições da cronologia dos eventos, da geometria das estruturas geradas por estes eventos e de quais estruturas foram reativadas, são necessárias nesta área. Os objetivos principais desta tese são listados a seguir: (1) identificar a geometria e cinemática de falhas neotectônicas na faixa leste da Bacia Potiguar; (2) obter a idade dos eventos tectônicos relacionados a estas estruturas e associá-las a paleossismos na região; (3) apresentar modelos evolutivos para explicar a evolução de estruturas neógenas; e (4) investigar a origem dos processos de reativação, principalmente o tipo de feição geológica relacionada a esta reativação. Os principais tipos de dados usados compreendem dados de campo, poços e dados de resistividade, imagens de sensores remotos, cronologia de sedimentos, análises morfotectônica e análises por Difratometria de Raio X, dados sismológicos e aeromagnéticos. A análise de paleotensões indica que os dois últimos campos de tensões que ocorreram na área de estudo form: compressão orientada segundo a direção N-S e extensão E-W, a partir do final do Campaniano ao início do Mioceno, e uma compressão orientada na direção E-W e extensão N-S, a partir do Mioceno ao Holoceno. Este campo de tensões reativou falhas de direção NE-SW e NW-SE. Estas falhas exibem cinemática transcorrente dextral, associada com uma componente normal. Neste trabalho foi possível determinar a geometria en echelon da Falha Samambaia, que é de ~63 km de extensão, 13 km de profundidade, orientada para NE-SW, e forte mergulho para NW. As falhas preenchidas por sedimento nas rochas graníticas foram datadas por Luminescência Opticamente Estimulada (LOE) e Single-Aliquot Regeneration (SAR), revelando idades de: 8.000 - 9.000, 11.000 - 15.000, 16.000 - 24.000, 37.000 - 45.500, 53.609 - 67.959 e 83.000 - 84.000 anos. A análise do fabric dúctil na área de João Câmara indica que a foliação regional está orientada para NE-SW (032o - 042o Az), que coincide com a orientação dos epicentros e veios ricos em Sílica. O conjunto de evidências aponta para a reativação de estruturas pré-existentes. Os dados paleossismológicos sugerem atividades paleossísmicas maiores que aquelas indicadas durante o curto período de registros histórico e instrumental
Abstract: This thesis encompasses the integration of geological, geophysical, and seismological data in the east part of the Potiguar basin, northeastern Brazil. The northeastern region is located in South American passive margin, which exhibits important areas that present neotectonic activity. The definition of the chronology of events, geometry of structures generated by these events, and definition of which structures have been reactivated is a necessary task in the region. The aims of this thesis are the following: (1) to identify the geometry and kinematics of neotectonic faults in the east part of the Potiguar basin; (2) to date the tectonic events related to these structures and related them to paleoseismicity in the region; (3) to present evolutional models that could explain evolution of Neogene structures; (4) and to investigate the origin of the reactivation process, mainly the type of related structure associated with faulting. The main type of data used comprised structural field data, well and resistivity data, remote sensing imagery, chronology of sediments, morphotectonic analysis, x-ray analysis, seismological and aeromagnetic data. Paleostress analysis indicates that at least two tectonic stress fields occurred in the study area: NSoriented compression and EW-oriented extension from the late Campanian to the early Miocene and EW-oriented compression and NS-oriented extension from the early Miocene to the Holocene. These stress fields reactivated NE-SW- and NW-SE-trending faults. Both set of faults exhibit right-lateral strike-slip kinematics, associated with a minor normal component. It was possible to determine the en echelon geometry of the Samambaia fault, which is ~63 km long, 13 km deep, presents NE-SW trend and strong dip to NW. Sedimentfilled faults in granite rocks yielded Optically Stimulated Luminescence (OSL) and Single-Aliquot Regeneration (SAR) ages at 8.000 - 9.000, 11.000 - 15.000, 16.000 - 24.000, 37.000 - 45.500, 53.609 - 67.959 e 83.000 - 84.000 yr BP. The analysis of the ductile fabric in the João Câmara area indicate that the regional foliation is NE-SW-oriented (032o - 042o), which coincides with the orientation of the epicenters and Si-rich veins. The collective evidence points to reactivation of preexisting structures. Paleoseismological data suggest paleoseismic activity much higher than the one indicated by the short historical and instrumental record
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18348
Appears in Collections:PPGG - Doutorado em Geodinâmica e Geofísica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FranciscoCCN.pdf4.76 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.