Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18498
Título: Democratização do acesso a água no semi-árido: o caso da comunidade rural de Pendências dos Emídios no município de Serrinha/RN
Autor(es): Pimentel, Remo Rene
Palavras-chave: Água;Ação coletiva;Sustentabilidade ambiental;Semi-árido;Water;Collective action;Environmental sustainability;Semi-arid
Data do documento: 8-Mai-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PIMENTEL, Remo Rene. Democratização do acesso a água no semi-árido: o caso da comunidade rural de Pendências dos Emídios no município de Serrinha/RN. 2008. 110 f. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: Brazil lives a time of experimentation and maturity as it pertains to managing the use of water, which comes institutionalising increasingly social participation. In Rio Grande do Norte, since 1997, the government has been developing actions accordingly, through the State Department of Water Resources, which has implemented a programme of adutoras within the State and created Water Users Associations, in the installation of dessalinizadores for places where the Adutora was not necessary or not yet arrived, so that should be managed by communities through associations of users. Since 2003, Civil Society Organisations - CSOs come through ASA - Articulation in the Semi-arid Brazilian, implementing the P1MC - Program of Training and Mobilization for Social Living with the Semi-Arid (One Million Rural Cisternas), in its third year of implementation in Rio Grande do Norte, in the spirit of working together with the semi arid. In the municipality of Serrinha / RN which incorporates the Semi-arid region, we find in the rural community of Pendêcias dos Emídios the experience of the State and Civil Society, which referred to a discussion about the environmental sustainability of these initiatives. The general objective of this work is to examine the strategies for participatory management in the use and access to water in the community of Pendêcias dos Emídios of the municipality of Serrinha / RN, to understand how those experiences can contribute to environmental sustainability. The methodology used envolvel bibliographic research in categories involving each article, the analysis of the terms of reference of each strategy as part of the documentary research, the application forms covering 40 families benefited, and interviews based on comprehensive analysis of the speech. This study is divided into 02 articles, where the first is a discussion held on collective action and environmental sustainability, and the second is held a discussion about the sustainability of the initiatives underway to access water. The results of the discussion held on 02 articles that had their empirical built from the experience of the Commonwealth of Pendências dos Emídios revealed how far will the ability of the State to promote collective action and the limitations of the perception of sustainability that permeates these initiatives in the search for democratic access to water in semi-arid
metadata.dc.description.resumo: O Brasil vive um momento de experimentação e amadurecimento no que tange a gestão do uso da água, institucionalizando-se cada vez mais a participação social. No Rio Grande do Norte, desde 1997, o governo vem desenvolvendo ações nesse sentido, através da Secretaria Estadual de Recursos Hídricos, que implantou um programa de adutoras no interior do Estado e criou Associações de Usuários de Água com a instalação de dessalinizadores onde a Adutora não era necessária ou ainda não chegara, de forma que fosse gerido pelas comunidades através de associações de usuários. Desde 2003, Organizações da Sociedade Civil OSCs vem através da ASA Articulação no Semi-árido Brasileiro, implementando o P1MC Programa de Formação e Mobilização Social para a Convivência com o Semi-Árido( Um Milhão de Cisternas Rurais), em seu terceiro ano de execução no Rio Grande do Norte, trabalha na perspectiva de convivência com o semi árido. No município de Serrinha/RN que integra a região do Semi-árido, encontramos na comunidade rural de Pendências dos Emídios a experiência do Estado e da Sociedade civil, o que remeteu a uma reflexão acerca da sustentabilidade ambiental dessas iniciativas. O objetivo geral deste trabalho é analisar as estratégias de gestão participativa no uso e acesso a água na comunidade de Pendências dos Emídios no município de Serrinha/RN, para compreender como essas experiências podem contribuir para a sustentabilidade ambiental. A metodologia utilizada envolveu pesquisa bibliográfica das categorias que envolveram cada artigo; a análise dos termos de referência de cada estratégia como parte da pesquisa documental; a aplicação de formulários abrangendo 40 famílias beneficiadas, e entrevistas baseadas na análise compreensivas do discurso. Este estudo está dividido em 02 artigos, onde no primeiro é realizada uma discussão sobre ação coletiva e sustentabilidade ambiental, e no segundo é realizada uma discussão acerca da sustentabilidade das iniciativas de acesso água em curso. Os resultados da discussão realizada nos 02 artigos que tiveram seu empírico construído a partir da experiência da Comunidade de Pendências dos Emídios revelaram até onde vai a capacidade do Estado em fomentar ação coletiva e as limitações da percepção de sustentabilidade que permeia essas iniciativas na busca de democratizar o acesso à água no Semi-árido
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18498
Aparece nas coleções:PRODEMA - Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RemoRP_DISSERT.pdf2,28 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.