Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18537
Título: Estudo epidemiológico da Toxoplasmose em gestantes atendidas na Maternidade Escola Januário Cicco, Natal, Rio Grande do Norte
Autor(es): Barbosa, Isabelle Ribeiro
Palavras-chave: Toxoplasmose;Gestação;Soroprevalência;MEIA;Toxoplasmosis;Pregnant women;Screening;Risk factors;MEIA
Data do documento: 12-Ago-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BARBOSA, Isabelle Ribeiro. Estudo epidemiológico da Toxoplasmose em gestantes atendidas na Maternidade Escola Januário Cicco, Natal, Rio Grande do Norte. 2008. 76 f. Dissertação (Mestrado em Biodiversidade; Biologia Estrutural e Funcional.) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: Congenital Toxoplasmosis results in severe systemic disease. If mother is infected for the first time during gestation, she can infect the fetus causing substantial damage. However, relatively little is known about the seroprevalence and epidemiological and economic factors of Toxoplasmosis infection in pregnancy in the most state in northeastern Brazil and knowledge about this can be essential in determining effective and acceptable prevention strategies. Our aim was to determine the prevalence of Toxoplasmosis in pregnant woman consulted by reference Maternity Escola Januário Cicco in Natal, a city in Northeastern Brazil, which belongs to the public health system, correlating to the risk factors involved in the infection and to accomplish active Search in the Hospital of Pediatrics Profº Heriberto Bezerra of the damages caused by the Toxoplasmic infection in children up to 12 years of age. The study was conducted from March to December 2007 and sera obtained from 190 pregnant women were tested for IgM and IgG antibodies avidity to Toxoplasma by Microparticle enzyme immunoassay (Abbott AxSYM system - Abbott Laboratories, Chicago, IL, USA). Data were examined with univariate analysis. Chi-squared (x2) and Odds ratio was calculated (IC 95% p 0,05). Of these women, 126 (66,3%) had only IgG antibodies high-avidity against T. gondii; 01 (0,52%) had a IgM and IgG high-avidity antibodies against T. gondii and 63 (33,1%) have neither IgM nor IgG against T. gondii. Our studies shown that the direct contact with cats or dogs was highly associated with the Toxoplasma gondii infection (OR, 2.72, p<0.001, 95% CI 1.46 5.02). The years school (p<0,001), socioeconomic status and knowledge about the disease (both p value 0.05) also were associated with Toxoplasmosis. The pattern of risk factors for infection presents regional variations, however our data corroborate others studies in Brazil. In children up to 12 years, one case of Congenital Toxoplasmosis was just registered in seven years (2000 - 2006). There were several suggestive cases, with signs and characteristic symptoms, but that the infection was not confirmed due to lack in the researches through laboratorial and images exams that addressed that it zoonosis
metadata.dc.description.resumo: A Toxoplasmose congênita resulta em uma doença sistêmica severa. Devido à mãe se infectar no primeiro trimestre da gestação, ela pode infectar o feto causando sérios danos. Entretanto, há pouca informação a respeito de soroprevalências e fatores econômicos e epidemiológicos envolvidos na infecção da gestante na maioria dos estados do Nordeste do Brasil e o conhecimento sobre isto pode ser essencial na determinação e implementação de estratégias de prevenção. O objetivo desse trabalho foi determinar a prevalência da Toxoplasmose em gestantes atendidas na Maternidade Escola Januário Cicco, em Natal, uma cidade do Nordeste do Brasil, correlacionando aos fatores de risco envolvidos na infecção e realizar Busca ativa no Hospital de Pediatria Profº Heriberto Bezerra dos agravos causados pela infecção congênita e/ou pós-natal por Toxoplasma gondii em crianças até 12 anos de idade. Esse estudo foi realizado de Março a Dezembro de 2007 e o soro obtido das 190 gestantes foram testados para IgM e IgG antitoxoplasma pela técnica de Ensaio Imunoenzimático de Micropartículas (Abbott AxSYM system - Abbott Laboratories, Chicago, IL, USA). Foi aplicada uma análise univariada no qual Qui-quadrado e Odds Ratio foram calculados (IC 95%, p 0,05). Das 190 mulheres, 126 (66,3%) tem somente IgG anti-Toxoplasma de alta avidez; 01(0,52%) tem IgM e IgG anti-Toxoplasma e 63 (33,1%) não tem nem IgM nem IgG de alta avidez anti-Toxoplasma. Esse estudo mostra que o contato direto com gatos ou cães foi fortemente associado com a infecção por Toxoplasma gondii (OR, 2.72, p<0.001, 95% CI 1.46 – 5.02). Os anos de escolaridade (p<0,001), o status socioeconômico e o conhecimento sobre a doença (ambos com p 0.05) também foram associados com a infecção Toxoplásmica. O padrão de fatores de risco para infecção apresenta variações regionais, entretanto nossos dados corroboram outros estudos no Brasil. Em crianças até 12 anos, apenas um caso de Toxoplasmose congênita foi registrado em sete anos (2000 – 2006). Houve diversos casos sugestivos, com sinais e sintomas característicos, mas que não foi confirmada a infecção Toxoplásmica devido a carência de aprofundamento nas pesquisas através de exames laboratoriais ou de imagem que direcionasse a essa zoonose
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18537
Aparece nas coleções:PPGCB - Mestrado em Ciências Biológicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IsabelleRB.pdf1,38 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.