Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18584
Título: Lítio e rotação nas estrelas análogas solares: análise teórica das observações
Autor(es): Costa, Jefferson Soares da
Palavras-chave: Estrelas: Lítio;Rotação;Stars;Lithium;Rotataion
Data do documento: 2-Abr-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA, Jefferson Soares da. Lítio e rotação nas estrelas análogas solares : análise teórica das observações. 2009. 99 f. Dissertação (Mestrado em Física da Matéria Condensada; Astrofísica e Cosmologia; Física da Ionosfera) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 524.3 C837l, 2009.
Resumo: The projected rotational velocity together with lithium abundance and the onset of the dilution by the deepening in mass of the convective envelope provide a key tool to investigate the so far poorly understood processes at work in stellar interiors of solar-analog stars. To investigate the link between abundances, convection and rotational velocities in solar-analog G dwarf stars, we study a bona fide sample of 118 selected solar-analog G dwarf stars presenting measured lithium abundances, rotational velocities, and fundamental parameters together with computed evolutionary tracks (Toulouse-Geneva code) for a range of stellar masses around 1 M and metallicity consistent with the solar-analog range. The aim of this work is to build up an evolution of lithium and rotation as a function of stellar age, mass, effective temperature, and convection. We analyze the evolutionary status of the sample of 118 solar-analog G dwarf in the HR diagram based on Hipparcos data and using a grid of stellar models in the effective temperature and mass range of the solar-analog stars. We discuss the deepening (in mass) of the convective envelope and the influence on the Li abundances and projected rotational velocities. We determined the stellar mass and the mass of the convective envelope for a bona fide sample of 118 selected solar-analog G dwarf and checked the evolutionary link between the rotational velocity, lithium abundance, and the deepening of the convective envelope. Fast rotators (vsini 6 km s��1) are also stars with high Li content. Slow rotators present a wide range of values of log n(Li). Our results shed new light on the lithium and rotational behavior in G dwarf stars. We confirmed the presence of a large Li abundance spread among the solar-analog stars and concluded that the solar twins probably share a similar mixing history with the Sun
metadata.dc.description.resumo: A velocidade rotacional projetada juntamente com a abundância de lítio e o início da diluição causada pelo aprofundamento em massa da envoltória convectiva nos fornecem uma ferramenta fundamental para investigar os até agora não compreendidos processos no interior das estrelas análogas solares. Investigamos a ligação entre abundâncias, convecção e velocidade rotacional em estrelas análogas solares anãs de tipo espectral G. Nós estudamos uma amostra de 118 objetos selecionados como genuínas análogas solares anãs de tipo espectral G que possuem medidas de abundância de lítio, velocidade rotacional e parâmetros fundamentais juntamente com os traçados evolutivos calculados (Toulouse-Geneva code) para as variações de massas estelares em torno de 1 M e metalicidade consistente com a variação das análogas solares. O objetivo deste trabalho é acumular a evolução do lítio e rotação em função da idade estelar, massa, temperatura efetiva e convecção. Nós analisamos o estado evolutivo da amostra de 118 análogas solares anãs de tipo G no diagrama H-R baseado nos dados do satélite Hipparcos e usando uma grade de modelos estelares na temperatura efetiva e variação da massa das estrelas análogas solares. Nós discutimos a profundidade (em massa) do envelope convectivo e a influência na abundância de lítio e velocidade rotacional projetada. Nós determinamos a massa estelar e a massa da envoltória convectiva para a base de 118 estrelas análogas solares anãs de tipo espectral G selecionadas e relacionando velocidade rotacional, abundância de lítio com a profundidade da envoltória convectiva. Estrelas com alta rotação (vsini 6 km s􀀀1) são em geral estrelas com alto conteúdo de lítio. Estrelas com baixa rotação apresentam uma larga variação de valores de log n(Li). Nossos resultados vertem uma nova luz no comportamento do lítio e da rotação nas anãs de tipo G. Nós confirmamos a presença de um largo espalhamento na abundância entre as estrelas análogas solares e concluímos que as gêmeas solares provavelmente compartilham com o Sol a mesma história de mistura
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18584
Aparece nas coleções:PPGFIS - Mestrado em Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JeffersonSCpdf.pdf1,93 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.