Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18625
Título: Estudo da interação no setor escuro através do parâmetro de hubble
Autor(es): Ferreira, Pedro da Cunha
Palavras-chave: Cosmologia. Energia escura. Parâmetro de Hubble. Matéria escura
Data do documento: 13-Fev-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FERREIRA, Pedro da Cunha. Estudo da interação no setor escuro através do parâmetro de hubble. 2014. 87 f. Tese (Doutorado em Física da Matéria Condensada; Astrofísica e Cosmologia; Física da Ionosfera) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: A possible approach to the cosmological coincidence problem is to allow dark matter and dark energy to interact with each other also nongravitationally. Two general classes of interaction were considered in this thesis, characterized by a constant interaction parameter ( or 􀀀). Their ability to address the coincidence problem was appraised and was shown that some models are capable to alleviate the problem. It is estimated the average accuracy required to distinguish interacting cosmological models from the conventional CDM scenario using the cosmic expansion rate H(z) data. The analysis is performed at two levels: through Monte Carlo simulations based on an interaction model, in which H(z) samples with different accuracies are generated, and through a semianalytic method that calculates the error propagation of the parameters or 􀀀 as a function of the error in H(z). It is shown that the semianalytical approach agrees with simulations and that to detect an interaction using H(z) data only, these must reach an accuracy better than 1% if the parameter is of the order of recent determinations (10􀀀2). This means that, among the planned surveys, the Wide Field Infrared Survey Telescope has the best chance to detect an interaction, though at a low significance level. To determine more precisely the existence of an interaction it would be needed to combine the expansion data with other type of observation
metadata.dc.description.resumo: Uma abordagem possível para o problema da coincidência cosmológica é permitir que a matéria escura e a energia escura interajam uma com a outra também de forma não gravitacional. Nesta tese são consideradas duas classes gerais para tal interação, caracterizadas por um parâmetro de interação constante ( ou 􀀀). Sua capacidade de solucionar o problema da coincidência é avaliada e é mostrado que alguns modelos são capazes de aliviar o problema. Em seguida, é determinada a precisão média necessária para distinguir modelos cosmológicos com interação do Modelo Padrão CDM usando dados da taxa de expansão cósmica H(z). Esta análise é realizada em dois níveis: por meio de simulações de Monte Carlo baseadas em modelos com interação, em que amostras de H(z) com diferentes precisões são geradas, e através de um método semianalítico que calcula a propagação de erros dos parâmetros ou 􀀀 em função do erro em H(z). Mostra-se que a abordagem semianalítica concorda com as simulações e que para detectar uma interação usando somente dados de H(z) estes devem atingir uma precisão melhor do que 1% se o parâmetro for da ordem daquele indicado pelas determinações mais recentes ( 10􀀀2). Isso significa que, dentre os projetos observacionais planejados, o Wide Field Infrared Survey Telescope tem a melhor chance de detectar uma interação, embora em um nível de significância baixo. Para determinar de forma mais segura a existência de uma interação seria preciso combinar os dados da expansão com outros tipos de observações.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18625
Aparece nas coleções:PPGFIS - Doutorado em Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PedroCF_TESE.pdf3,65 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.