Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18733
Title: Evolução termocronológica do sistema de falhas Senador Pompeu-CE
Authors: Cavalcante, Antonio Sânzio ávila Cavalcante
Keywords: Termocronologia;Zona de cisalhamento;Tectônica;Thermochronology;Shear zone;Tectonic
Issue Date: 27-Nov-2006
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CAVALCANTE, Antonio Sânzio ávila Cavalcante. Evolução termocronológica do sistema de falhas Senador Pompeu-CE. 2006. 70 f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica; Geofísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Portuguese Abstract: A região da Zona de Cisalhamento Senador Pompeu (ZCSP), no Domínio Tectônico Setentrional da Província Borborema (PB), têm sua história mais recente relacionada principalmente ao evento de formação do Oceano Atlântico Sul no fim do Jurássico. Diversos modelos geológicos têm discutido a existência de eixos de arqueamento crustal, tanto em escala local como na escala do núcleo nordestino, relacionados às principais direções tectônicas regionais. A identificação e a correlação entre estas superfícies, tectonicamente reorganizadas em diversos níveis topográficos, é dificultada em razão do adiantado processo de desmonte a que foram submetidas. Além disto, a distribuição dos registros sedimentares é complexa e há uma carência de registros bio-estratigráficos em depósitos continentais. A metodologia de análise por traços de fissão em apatita, na região da ZCSP, buscou um melhor entendimento dos mecanismos e o aperfeiçoamento dos modelos de evolução morfo-tectônica elaborados para a área em foco. Com este fim, foram modeladas a idade e a história térmica de 11 amostras de apatita, coletadas em ambos os lados desta zona de cisalhamento, estabelecendo-se a correlação com os resultados obtidos por outros estudos termocronológicos realizados na PB. De acordo com o modelo termal obtido nesta pesquisa, a região da PB se desenvolveu em dois episódios distintos de resfriamento, intercalados por um período de relativa estabilidade. O primeiro episódio ocorreu entre 130 e 90 Ma, tendo sido iniciado quando as amostras cruzaram pela última vez a isoterma de 120°C e encerrado em 70°C. O segundo momento do processo de resfriamento foi iniciado aproximadamente em 30 Ma, quando a temperatura era de 90°C, tendo se estendido até o equilíbrio com as temperaturas atuais da superfície em 30°C. Algumas evidências indicaram uma relação entre os episódios termais e eventos de soerguimento do relevo regional. Os fundamentos desta interpretação foram traçados principalmente através de estudos comparativos entre resultados de análises termocronológicas e de estudos geológicos na PB. Nóbrega et al. (2005), e.g., em estudos realizados na Zona de Cisalhamento Portalegre, chegaram a resultados similares aos alcançados na ZCSP, com algumas particularidades relacionadas à atividade tectônica local. Morais Neto et al. (2000) também interpretou em seus estudos regionais a ocorrência de dois importantes eventos de resfriamento na PB, que podem estar relacionados a eventos de soerguimento regional. Assine (1992), ao estudar as seqüências estratigráficas da Bacia Araripe no sul do Ceará, concluiu que o abrupto retorno às condições continentais reinantes durante a sedimentação da última seqüência (albiana-cenomaniana) evidencia um soerguimento da região NE do Brasil há aproximadamente 100 Ma, no Albiano Médio/Superior. Estas idades são compatíveis com o modelo termal da ZCSP. Estes dois períodos da história térmica da PB estão integralmente registrados nas amostras de apatita de apenas um dos grupos de idades de traços de fissão, compreendendo as idades mais antigas. Este fato foi atribuído a um aquecimento anterior a 75 Ma, que pode ter obliterado o registro nestas amostras do primeiro momento da evolução do relevo da PB. A reativação de estruturas NNE-SSW e E-W pode ter criado as condições ideais para este aquecimento e elevação dos gradientes geotérmicos locais. O equilíbrio entre as temperaturas das apatitas deste grupo com as condições geotérmicas regionais ocorreu por volta de 50 Ma, situação em que as amostras dos dois grupos de idade seguiram uma evolução similar até as temperaturas atuais de superfície
Abstract: The region of the Senador Pompeu Shear Zone (SPSZ), in the North Tectonic Domain of the Borborema Province (BP), has its recent history associated with to South Atlantic Ocean formation event at the Jurassic. A lot of geologics models have discussed about crustal axis elevation in local scale and large scale (Borborema Province), relative to importants regionals tectonics directions of it. The identification and the relationship among this surfaces, stepped in many topographyc levels by tectonics mecanisms, is dificult because of the erosion process on it. Over there, sedimentary deposits is complex and it has not biostratigraphyc record in continental deposits. The analysis metodology on apatita fission-track, in the region of the SPSZ, purpose the more knowledge about morphotectonics mecanisms of the area and the impruvement of its morphotectonics models. For this, it was moleled the age and thermal history of the 11 apatites samples collected on both sides of this shear zone, taking relationships among other results of the thermochronology studies in the BP. Based on the thermal studies in this search, the region of the BP developed on two distint cooling events, separated for one period of relative stabilited. The first episode occur between 130 and 90 M.y., has been began when the samples cross the 120°C isoterm for last time and fineshed at 70°C. The second moment of the cooling process was began about 30 M.y., when the temperature was 90°C, from this to the equlibrium with present surface temperature at 30°C. Some evidences indicated a relacionship between thermal episodes and uplift events of the regional relief. The fundaments of the interpretation was based mainly on comparatives studies among results of the thermochronology analysis and geologics studies about BP. Nóbrega et al.(2005), e.g., on studies about the Portalegre Shear Zone, got similar results on SPSZ, with some details relative to local tectonic activity. Morais Neto et al. (2000) interpreted two importants cooling events in the BP based on their regional studies, that can be associated to regional uplift events. When Assine (1992) studied the stratigraphyc sequences of the Araripe Basin, in the south of Ceará state, conclude that the abrupt return to continentals condictions from the last sedimentar sequency (albiano-cenomaniane) indicate a regional uplift of the NE region of the Brazil at the 100 M.y., in the Albiano Intermediate/Superior. This ages are compatible to termal model of the SPSZ. This two periods of the thermal history of the BP are completely registered in the apatites samples just one age groups of the fission-track, that it is the most ancient age groups. This one suggest it has happened in response to heating before 75 M.y and it has erased the last report of the first moment relief evolution of the BP. The NNE-SSW and E-W structure reativation can have created ideal condictions for heating and local elevations of the geothermal gradients. The equilibrium between the apatites temperatures of this groups and the regionais temperatures took place about 50 M.y., when the samples of the two ages groups had a simillar evolution to present surfaces temperatures
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18733
Appears in Collections:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AntonioSAC.pdf733,43 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.