Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18757
Título: Caracterização dos sedimentos superficiais de fundo do complexo recifal de Maracajaú
Autor(es): Queiroz, Eduardo Vitarelli de
Palavras-chave: Sedimentologia;Complexo recifal;Depósitos de carbonatos recentes;Rio Grande do Norte;Sedimentology;Reef environment;Recente carbonate mound;Rio Grande do Norte
Data do documento: 15-Dez-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: QUEIROZ, Eduardo Vitarelli de. Caracterização dos sedimentos superficiais de fundo do complexo recifal de Maracajaú. 2008. 178 f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica; Geofísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: The study carried out in the environment of Maracajaú reef an São Roque channel, had as main objective to analyze the characteristics of sediments active locally expressed in the grains, through collections of sediments in the field, technical processing and data analyzes of sediments. Data processing were made on three main aspects: biotic composition, concentration of calcium carbonate and particle size of the sediment. Differences between the sediments of the reefs and channel were observed. It was emphasized the contribution of algae limestone in the production of carbonate, with some influence of foraminifera near the coast. The particle size distribution presented significant results for the understanding of locally sedimentary deposits. The results showed an environment of carbonate, with predominance of algae limestone, associated to unconsolidated sediments with gross granularity, besides the presence of rhodoliths in all samples.The fragmentation of biotic components and the prevalence of elliptical rhodoliths with little or no branch, indicate an environment of high energy hydrodynamics. This work is a further contribution to the understanding of sedimentology active locally in reef environments, in particular the of Maracajaú reef, by virtue of their complex ecosystem composed of a diversity of wild fauna and flora that still little studied in Brazil comparing to accelerated growth of teeth extractions and usufructs of natural resources causing often irreversible impacts to the environment
metadata.dc.description.resumo: O estudo realizado teve como principal objetivo analisar as características dos sedimentos superficiais de fundo, atuantes localmente, no complexo recifal de Maracajaú e no canal de São Róque, sob diferentes aspectos: composição biogênica, concentração de carbonato de cálcio e granulometria do sedimento. Os resultados apresentaram as variações no sedimento superfícial do fundo marinho quanto à Biofácies, Análise Granulométrica, Classificação Faciológica e Classificação de Rodólitos. Observou-se claramente diferentes padrões sedimentológicos existentes nos recifes e no canal localizado entre os recifes e a costa, refletido em todos os parâmetros levantados, revelando um ambiente carbonático, com predomínio de algas calcárias, associadas a um substrato inconsolidado com granulação grossa. Enfatiza-se a contribuição das algas calcárias na produção de sedimentos carbonáticos, com alguma influência de foraminíferos próximos à costa. A distribuição granulométrica apresentou resultados importantes na classificação dos sedimentos. Os sedimentos de tamanho médio se restringiram no canal numa área protegida pelos recifes, enquanto que o sedimento com granulação grossa se distribuiu no restante da área, cobrindo parte da crista e toda região frontal do recife, além de uma região mais ao sul do canal. Rodólitos elípticos se distribuiram em quase toda área, excluindo apenas uma região ao sul do canal e protegido pelos recifes com predomínio de rodólitos discoidais. O predomínio de rodólitos elípticos com pouca ou nenhuma ramificação permite inferir um ambiente de alta energia hidrodinâmica, e a presença de rodólitos discoidais exclusivamente nos pontos ao norte do canal de São Roque e protegidos pelos Recifes possivelmente delimita uma área de menor hidrodinâmica. O presente trabalho constitui mais uma contribuição para o entendimento das características sedimentológicas atuantes localmente nos ambientes recifais, em especial os Parrachos de Maracajaú, em virtude de seu complexo ecossistema composto por uma diversidade de fauna e flora, ainda pouco estudadas no Brasil, contrapondo ao crescimento acelerado de extrações e usufrutos dos recursos naturais causando impactos muitas vezes irreversíveis ao meio ambiente
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18757
Aparece nas coleções:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EduardoVQ.pdf3,42 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.