Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18810
Título: Análise estrutural da deformação cenozóica na Bacia de Cumuruxatiba (BA)
Autor(es): Ferreira, Talles Souza
Palavras-chave: Bacia de Cumuruxatiba;Dobras relacionadas a falhas;Inversão cinemática e magmatismo de abrolhos;Cumuruxatiba basin;Fault-related folds;Kinematic inversion;Abrolhos magmatism
Data do documento: 3-Set-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FERREIRA, Talles Souza. Análise estrutural da deformação cenozóica na Bacia de Cumuruxatiba (BA). 2010. 148 f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica; Geofísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: The Cumuruxatiba basin is located at the southern coast State of Bahia in northeastern of Brazil. This basin was formed in distensional context, with rifting and subsequent thermal phase during Neocomian to late Cretaceous. At Cenozoic ages, the Abrolhos magmatism occurs in the basin with peaks during the Paleocene and Eocene. In this period, there was a kinematic inversion in the basin represented by folds related to reverse faults. Structural restoration of regional 2D seismic sections revealed that most of the deformation was concentrated at the beginning of the Cenozoic time with the peak at the Lower Eocene. The post-Eocene is marked by a decrease of strain rate to the present. The 3D structural modeling revealed a fold belt (trending EW to NE-SW) accommodating the deformation between the Royal Charlotte and Sulphur Minerva volcanic highs. The volcanic eruptions have caused a differential overburden on the borders of the basin. This acted as the trigger for halokinesis, as demonstrated by physical modeling in literature. Consequently, the deformation tends to be higher in the edges of the basin. The volcanic rocks occur mainly as concordant structures (sills) in the syn-tectonic sediment deposition showing a concomitant deformation. The isopach maps and diagrams of axis orientation of deformation revealed that most of the folds were activated and reactivated at different times during the Cenozoic. The folds exhibit diverse kinematic patterns over time as response to behavior of adjacent volcanic highs. These interpretations allied with information on the petroleum system of the basin are important in mapping the prospects for hydrocarbons
metadata.dc.description.resumo: A Bacia de Cumuruxatiba está localizada no extremo sul da costa do Estado da Bahia, no Nordeste do Brasil. Esta bacia foi formada em ambiente distensional, com rifteamento e posterior fase termal durante o Neocomiano até final do Cretáceo. Durante o Cenozóico ocorre o magmatismo de Abrolhos na bacia com picos durante o Paleoceno e Eoceno. Neste período ocorre uma inversão cinemática na bacia representada por dobras relacionadas a falhas reversas. Restaurações estruturais regionais de seções sísmicas 2D, revelaram que a maior parte da deformação está concentrada no inicio do Cenozóico com o pico no Eoceno Inferior. O período pós-Eoceno é marcado pela diminuição da taxa de deformação até o presente. A modelagem estrutural 3D revelou uma frente de dobras (de orientação E-W variando para NE-SW) acomodando a deformação entre os altos vulcânicos de Royal Charlotte e Sulphur Minerva. Os derrames vulcânicos causaram uma sobrecarga diferencial nas bordas da bacia que serviu de gatilho para atuação da halocinese, como já demonstrado em modelagens físicas na literatura. Consequentemente, a deformação tende a ser maior na bordas da bacia. As rochas vulcânicas ocorrem principalmente como estruturas concordantes (sills) nos sedimentos sin-tectônicos revelando uma deposição concomitante à deformação. O estudo dos mapas de isópacas e diagramas com orientação do eixo de deformação revelaram que maior parte das dobras foram ativadas e reativadas em diferentes períodos durante o Cenozóico. As dobras apresentam padrões cinemáticos variados ao longo do tempo que refletem a atuação diferencial dos altos vulcânicos adjacentes. Estas interpretações aliadas a informações sobre os sistemas petrolíferos da bacia são importantes no mapeamento dos prospectos para hidrocarbonetos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18810
Aparece nas coleções:PPGG - Mestrado em Geodinâmica e Geofísica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TallesSF_DISSERT.pdf8,43 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.