Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18917
Título: Mercado imobiliário informal e dinâmica urbana: o caso do bairro de Mãe Luiza Natal/RN
Autor(es): Amaral, Carmem Cristina Fernandes do
Palavras-chave: Informalidade;Mercado imobiliário;Solo urbano;Mãe Luiza;Informal;Real state market;Urban land;Mãe Luiza
Data do documento: 21-Fev-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: AMARAL, Carmem Cristina Fernandes do. Mercado imobiliário informal e dinâmica urbana: o caso do bairro de Mãe Luiza Natal/RN. 2011. 133 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: This paper aims at analyzing the dynamics of informal housing in Mãe Luiza, in the context of real estate valuation of the city of Natal/RN, which, like any other urban center, has problems related to access to urban land, which increasingly more is appreciated due to their scarcity and, consequently, has led to the segregation of urban spaces. Recently, the informal housing market has received special attention by scholars who wish to discuss the production of space and ways of access to urban land and housing, especially for those disadvantaged by the housing policies of the government where these exist. When talking about the housing market, we are automatically referring to concepts or categories intrinsic to the existing mode of production in our society - the capitalism. Thus, the categories: income, value (use and exchange), commodity, capital, profits and capital gains, along with other important concepts as well as land use (urban) and real estate agents are of great relevance to discussion we intend to do within the context of production space
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem por objetivo principal analisar a dinâmica imobiliária informal em Mãe Luiza, no contexto da valorização imobiliária da cidade de Natal/RN, a qual, assim como qualquer outro centro urbano, apresenta problemas relacionados ao acesso ao solo urbano, que cada vez mais tem se valorizado devido a sua escassez e, por consequência, tem provocado a segregação dos espaços urbanos. Nos últimos tempos, o mercado imobiliário informal tem recebido uma atenção especial por parte de estudiosos que desejam discutir a produção do espaço e as formas de acesso ao solo e à moradia urbanos, em especial por aqueles desassistidos pelas políticas habitacionais do governo, quando estas existem. Ao se falar em mercado imobiliário, automaticamente estamos nos remetendo a alguns conceitos ou categorias intrínsecas ao modo de produção vigente em nossa sociedade o capitalismo. Desse modo, as categorias: renda, valor (de uso e de troca), mercadoria, capital, lucro e mais-valia, juntamente com outros conceitos também importantes, como uso do solo (urbano) e agentes imobiliários são de grande relevância para a discussão que se pretende fazer dentro do contexto da produção do espaço
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18917
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CarmemCFA_DISSERT.pdf2,04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.