Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18952
Título: Rio Grande do Norte: interações urbanas e os centros de gestão do território
Autor(es): Paz, Diego Tenório da
Palavras-chave: Rede urbana. Rio Grande do Norte. Infraestrutura. Centro de gestão do território;Urban network. Rio Grande do Norte. Infrastructure. Centre of land management
Data do documento: 30-Abr-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PAZ, Diego Tenório da. Rio Grande do Norte: interações urbanas e os centros de gestão do território. 2013. 198 f. Dissertação (Mestrado em Dinâmica e Reestruturação do Território) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: The state of Rio Grande do Norte has been undergoing transformations in their territory, they are promoted by the installation of new infrastructure equipment, which in turn cause changes in the dynamic spatial and social hour set, causing new arrangements and new dynamics between cities. The overall goal of the research is to understand, at present, the urban network of the Rio Grande do Norte, from the centers of territory management. The picture presented in the paper reveals a network of cities that has gained a material basis urban, with the installation of new objects macro state structures (roads, ports, wind farms, banks, pipelines, internet access) that enable a relationship more intense between the urban centers of the state and other cities in the world, that the current structure characteristic of the urban network, its global nature, since the possibility of relations between the centers is greater. Such a relationship is indeed possible because the characteristics of the current historical period, with the high density of the tripod technique, science and information controlled by the market. In Rio Grande do Norte intentionality of the new arrangement that is configured is not other but meet market demands
metadata.dc.description.resumo: O estado do Rio Grande do Norte vem passando por transformações em seu território, estas são promovidas pela instalação de novos equipamentos de infraestrutura, que por sua vez, provocam alterações nas dinâmicas espacial e social por hora estabelecidas, causando novos arranjos e novas dinâmicas entre as cidades. O objetivo geral da pesquisa é compreender, na atualidade, a rede urbana do Rio Grande do Norte, a partir dos centros de gestão do território. O panorama apresentado no trabalho revela uma rede de cidades que vem ganhando uma base material urbana, com a instalação de novos objetos da macro estruturas do estado (rodovias, portos, parques eólicos, agências bancárias, adutoras, acesso a internet) que possibilitam uma relação mais intensa entre os centros urbanos do estado e as demais cidades do mundo, que estruturam a atual característica da rede urbana, o seu caráter global, já que a possibilidade de relações entre os centros é maior. Tal possibilidade de relacionamento é fato devido as características do período histórico atual, com a elevada densidade do tripé técnica, ciência e informação comandadas pelo mercado. No Rio Grande do Norte a intencionalidade do novo arranjo que se configura não é outro, senão atender as demandas do mercado
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18952
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DiegoTP_DISSERT.pdf16,36 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.