Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19034
Title: Correção monetária: comparativo das normas brasileira, argentina e internacional
Authors: Matos, Eduardo Bona Safe de
Marques, Matheus de Mendonça
Ferreira, Lucas Oliveira Gomes
Tavares, Adilson de Lima
Keywords: Normatização;Correção Monetária de Balanços;Inflação;Brasil;Argentina
Issue Date: 2013
Citation: MATOS, Eduardo Bona Safe de; MARQUES, Matheus de Mendonça; FERREIRA, Lucas Oliveira Gomes; TAVARES, Adilson de Lima. Correção monetária: comparativo das normas brasileira, argentina e internacional. REAVI - Revista Eletrônica do Alto Vale do Itajaí, v. 2, n. 2, p. 11-23, dezembro, 2013. ISSN 2316-4190. Disponível em: <http://www.revistas.udesc.br/index.php/reavi/article/view/3641/2900>. Acesso em: 7 maio 2015.
Abstract: Considerando a função da contabilidade de evidenciar a situação patrimonial das empresas, o atual estágio da convergência e a existência de inflação nas economias capitalistas, este trabalho tem por objetivo analisar as similaridades e diferenças das normas brasileiras, argentinas e internacionais que tratam ou trataram de hiperinflação e correção monetária de balanços, por meio da comparação entre elas. Trata-se de uma pesquisa de comparação entre normas, em que são analisadas as normas emitidas no Brasil e na Argentina em períodos hiperinflacionários. É analisada ainda a norma Internacional de contabilidade de acordo com os critérios de reconhecimento, mensuração e evidenciação, demonstrando que as soluções adotadas pelos dois países já estavam, em muitos aspectos, de acordo com as práticas internacionais. A norma internacional apresenta maior capacidade de julgamento profissional, a partir do momento que não estipula regras específicas, sendo ela norteada por princípios gerais. As normas brasileiras e argentinas são mais detalhadas, trazendo maior nível de regras, como estipulação de indexadores específicos e formas e critérios específicos para cada demonstração contábil. Apesar de não existir mais um ambiente considerado como de hiperinflação no Brasil, o estudo dos tratamentos normativos dados à inflação é importante ao passo de que ainda há a presença de inflação anual, cujos efeitos não são reconhecidos nas Demonstrações Contábeis das empresas. Além disso, o conhecimento e a troca de experiências internacionais quanto à regulação da questão trazem benefício e desenvolvimento para a ciência
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19034
ISSN: 2316-4190
Appears in Collections:CCSA - DCC - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CorreçãoMonetariaComparativo_2013.pdf247.26 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.