Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19404
Título: Perfil desenvolvimental das funções executivas em crianças de 05 a 08 anos da cidade de Natal - RN
Autor(es): Barros, Priscila Magalhães
Palavras-chave: Avaliação neuropsicológica;Desenvolvimento típico;Funções executivas;NEPSY-II
Data do documento: 25-Abr-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BARROS, Priscila Magalhães. Perfil desenvolvimental das funções executivas em crianças de 05 a 08 anos da cidade de Natal - RN. 2014. 103f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: This study aimed to establish the developmental profile of executives components in typical child development. This is a correlational cross-sectional study of predominantly quantitative. The instruments for data collection are the subtests included in the NEPSY-II Attention and Executive Functioning domain. Eighty children between 5 and 8 years of age, of both genders, students from public and private schools in the city of Natal were evaluated. The sample was divided into six-month intervals for subsequent analysis of strategies and types of errors. Analysis of variance (univariate and multivariate) and Tukey and Games-Howell post hoc tests were conducted to verify the effect of age on test performance. Subsequent correlations indicate the strength and direction of the relationship between variables. Were identified two peaks of development in the six-month interval adopted for the skills of selective attention and inhibitory control. The results indicate that there’s no significant influence of sex and type of school on the performance of the sample. The performance of preschool children (5 and 6 years) was lower than the other subgroups in most tests. Highlights the role of autoregulation discourse among preschool children during activities of greater executive demand and the abstraction resource as a resolution strategy between the older. Were identified similar development trajectories among selective attention abilities and inhibitory control. In general, there is a decrease in the number of mistakes and increase of success with the age progression. Future longitudinal research can extend the age range encompassed in this study, investigating the developmental course of executive abilities.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo objetivou estabelecer o perfil desenvolvimental de componentes executivos no desenvolvimento típico infantil. Trata-se de estudo correlacional, transversal, de natureza predominantemente quantitativa. Os instrumentos de coleta de dados são os subtestes do domínio “Atenção/ Funções Executivas” do NEPSY-II. Foram avaliadas 80 crianças entre 5 e 8 anos de idade, de ambos os sexo, estudantes de escolas públicas e particulares da cidade de Natal - RN. A amostra foi segmentada em intervalos de seis meses para posterior análise das estratégias e tipos de erros. Foram realizadas análises de variância (multivariada e univariada), testes post hoc de Tukey e Games-Howell para verificar o efeito da idade sobre o desempenho nos testes. Correlações posteriores indicaram a força e a direção do relacionamento entre as variáveis. Identificaram-se dois picos de desenvolvimento no intervalo de seis meses adotado para as habilidades de atenção seletiva e controle inibitório. Os resultados indicam que não há influencia significativa do sexo e tipo de escola sobre o desempenho da amostra. O desempenho dos pré-escolares (5 e 6 anos) foi inferior aos demais subgrupos na maioria dos testes. Destaca-se o papel do discurso de autoregulação entre os pré-escolares durante as atividades de maior demanda executiva e o recurso da abstração como estratégia de resolução entre os mais velhos. Identificaram-se trajetórias de desenvolvimento semelhantes entre as habilidades de atenção seletiva e controle inibitório. De maneira geral, há decréscimo no número de erros e aumento de acertos com a progressão da idade. Pesquisas longitudinais futuras podem ampliar a faixa etária abarcada neste estudo, investigando o curso desenvolvimental das habilidades executivas.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19404
Aparece nas coleções:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PriscilaMagalhaesBarros_DISSERT.pdf2,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.