Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19456
Título: Qualidade do solo da camada de cobertura final em área de disposição de resíduos no semiárido tropical
Título(s) alternativo(s): Quality soil layer in final coverage area provision of waste in tropical semiarid
Autor(es): Araújo, Cristiane Souza de
Palavras-chave: Lixão;Metais pesados;Recuperação;Revegetação
Data do documento: 15-Ago-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ARAÚJO, Cristiane Souza de. Qualidade do solo da camada de cobertura final em área de disposição de resíduos no semiárido tropical. 2014. 25f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Sanitária) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The final disposal of municipal solid waste in unsuitable areas without an infrastructure that meets the health measures and environmental protection, coupled with the lack of technical criteria in phase and decommissioning of the dump can promote environmental degradation. Alternatively to minimize the impacts of this activity for the stabilization of the area by isolating the massive waste with implementation of an adequate and finished by a layer of soil for plant growth final cover system. In this context, the present study aimed to evaluate the quality of the final cover in the area of a disabled dump the tropical semi-arid region in order to assist the process of recovery of these areas. The study area is located in the tropical semi-arid region in São João do Sabugi /RN. Soil samples were collected in the dump area and bushland as a benchmark of quality. To which they were subjected to analysis of physical attributes (particle density, bulk density, grain size and porosity), chemical properties (pH, K + , Na+ , Ca2 + , Mg2 + and Al3 + exchangeable, potential acidity, available phosphorus, sum of bases, CEC, base saturation, aluminum saturation, saturation Na + and adsorption ratio sodium, total organic carbon and total nitrogen) and total and soluble concentrations of heavy metals (Mn, Pb, Zn, Cd, Cu, Mo, Co, Cr, Ba and Ni). The differences between physical and chemical soil under native forest and final cover showing reduction of soil quality in the area off to the dump, which hinders the development of native vegetation and the recovery of the area. The absence of superior waterproofing to allow vertical transfer between the solid waste and the final cover promoted enrichment by chemical elements and heavy metals in excess can impair revegetation. Deficiencies found in the construction process of the final cover point to the need for intervention to accelerate the process of stabilization and recovery of the area of the local ecosystem
metadata.dc.description.resumo: A disposição final de resíduos sólidos urbanos em áreas inadequadas, sem uma infraestrutura que atenda as medidas de proteção sanitária e ambiental, pode resultar na contaminação ambiental. Para tanto uma das alternativas para minimizar os impactos decorrentes da disposição inadequada de resíduos sólidos em lixões é a estabilização da área mediante o isolamento do maciço de resíduos com implantação de um sistema de cobertura de solo adequado e finalizada por uma camada para crescimento vegetal. Neste contexto, o presente estudo objetivou avaliar a qualidade do solo construído na área de um lixão desativado da região semiárida tropical a fim de auxiliar o processo de recuperação dessas áreas. A área de estudo está localizada no semiárido tropical no município de São João do Sabugi/RN. Foram coletadas amostras de solo na área de lixão e em mata nativa como padrão de referência de qualidade. Aos quais foram submetidas às analises dos atributos físicos (densidade de partículas, densidade do solo, granulometria e porosidade total), atributos químicos (pH, K+ e Na+ , Ca2+ , Mg2+ e Al3+ trocáveis, acidez potencial, fósforo disponível, soma de bases, CTC, saturação por bases, saturação por Al, saturação por Na+ e relação de adsorção de sódio, carbono orgânico total e nitrogênio total) e os teores total e solúvel de metais pesados (Mn, Pb, Zn, Cd, Cu, Mo, Co, Cr, Ba e Ni). As diferenças entre os atributos físicos e químicos do solo natural e construído sugerem redução da qualidade do solo na área desativada do lixão devido a ausência de mecanismos de proteção ambiental e sanitária, bem como deficiências no processo de construção do solo após a desativação da área do lixão. Além, de que a ausência da camada de impermeabilização superior do maciço de resíduo permitiu a transferência vertical e consequente acumulação de metais pesados no solo construído para revegetação. Desta forma, as deficiências detectadas no processo construtivo do solo apontam para a necessidade de intervenção no sentido de aproximar à condição de solo construído a condição de solo natural, visando acelerar o processo de recuperação do ecossistema local.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19456
Aparece nas coleções:PPGES - Mestrado em Engenharia Sanitária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CristianeSouzaDeAraujo_DISSERT.pdf1,7 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.