Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19462
Título: Reflexões fenomenológicas sobre o sofrimento em relação ao trabalho
Autor(es): Lima, Ivete Braga de
Palavras-chave: Fenomenologia existencial;Sofrimento no trabalho;Pesquisa fenomenológica;Sofrimento e serviço público
Data do documento: 25-Jul-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: LIMA, Ivete Braga de. Reflexões fenomenológicas sobre o sofrimento em relação ao trabalho. 2014. 170f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The literature review reveals that the field of Work Organizational Psychology, as well as the Mental Health of Work has been developing relevant research about the suffering and the world of work. This research intended to approach the unique experience of suffering in relation of the work, from the clinical view, taking the Heidegger’s phenomenological hermeneutics perspective as a reference. Inspired by the thought of the philosopher, sought to understand the suffering in their ontic and existential dimensions, in its limiting aspects; as the one who restricts the possibilities of relationship that man with others, putting in danger significances networks woven for him to deal with things and to live with others. The world of work has been envisioned as a space of possibilities for realization of the existence. Thus, the objective of this study is to understand how the suffering is experienced in relation to work, from the experience of professionals inserted in a judicial organization. The research, with the qualitative approach, used semi-structured individual interviews, whose narratives were analyzed from the heideggerian hermeneutic perspective. Three employees collaborated into this research. The narratives showed that the suffering is related with excess and diversity of tasks carried out by the same employee, associated with lack of acknowledgment of the work executed, and also with working relationship. In general way, the suffering revealed itself as helplessness, loneliness and lack of sense to the existence. We hope that this study enables the opening towards new horizons of understanding about the meanings and sense of work and their relationship networks, as well as contributes to the field of psychology in general
metadata.dc.description.resumo: A revisão de literatura revela que o campo da psicologia organizacional e do trabalho, bem como o da saúde mental no trabalho, têm desenvolvido relevantes pesquisas sobre o sofrimento e o mundo do trabalho. Esta pesquisa teve como propósito abordar o sofrimento vivido em relação ao trabalho a partir do olhar clínico, englobando todas as suas expressões, tendo como referência a perspectiva fenomenológico-hermenêutica heideggeriana. Inspiradas no pensamento do filósofo Martin Heidegger buscou-se compreender o sofrimento nas suas dimensões ônticas e existenciais, no seu aspecto limitador, como aquele que restringe as possibilidades de relação que o homem mantém com o mundo, colocando em perigo as redes de significâncias tecidas por ele para lidar com as coisas e conviver com os outros. O mundo do trabalho foi vislumbrado como o espaço de possibilidades de concretização da existência. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi compreender como é o sofrimento vivido em relação ao trabalho, a partir da experiência de profissionais inseridos em um órgão judiciário. A pesquisa, com enfoque qualitativo, utilizou entrevistas individuais semi-estruturadas, cujas narrativas foram analisadas sob a ótica hermenêutica heideggeriana. Três funcionários colaboraram com a pesquisa. As narrativas mostraram que o sofrimento está relacionado à falta de reconhecimento pelo trabalho executado, e igualmente com os modos como se dá a convivência entre os servidores. No aspecto geral, o sofrimento se revelou como desamparo e falta de sentido para a existência. Esperamos que este estudo possibilite a abertura em direção a novos horizontes de compreensão referente às significações e sentidos do trabalho e suas redes de relacionamentos e que possa contribuir para o campo da psicologia em geral.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19462
Aparece nas coleções:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IveteBragaDeLima_DISSERT.pdf898,39 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.