Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19465
Título: O gauche: poética da travessia entre Renato Russo e Carlos Drummond de Andrade
Título(s) alternativo(s): The gauche (O gauche): the poetry of crossing between Renato Russo and Carlos Drummond de Andrade
Autor(es): Pimentel, Luiz Alberto Celestino Pessoa
Palavras-chave: Gauche;Travessia;Singularidade;Deslocamentos;Cartografias poéticas
Data do documento: 17-Jul-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PIMENTEL, Luiz Alberto Celestino Pessoa. O gauche: poética da travessia entre Renato Russo e Carlos Drummond de Andrade. 2014. 93f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: This dissertation, called “The gauche (O gauche): the poetry of crossing between Renato Russo and Carlos Drummond de Andrade”, discusses on the problematic subjection of the gauche which brings Drummond’s poetry into Renato Russo’s singularizing one, emphasizing such subjection and seeking to find the tension which dwells between both, pointing out at the poet and the songwriter the dislocations, the non-territorial process and the repetition of the difference. Thus, the act, the esthetics and the policy of writing do move from a textual, inter-textual character to a range of references, perceptions, dislocations, establishing within those spaces, elements residing in poetical cartographies which relate both writers on this rizomatic crossing for the writing of both is bound by desire and minorities. To do so, we chose, as research basis, authors such as Gilles Deleuze, Jacques Derrida, Félix Guattari, Jacques Ranciére, Michel Foucault, Maurice Blanchot, Julia Kristeva, Linda Hutcheon, among others who can wander through the established relations of this work.Thus, it constitutes the theoretical and discussion corpus responding to the qualitative implicit requirements of this dissertation. The literary body of this research has a selection of lyrics by Renato Russo and poems by Carlos Drummond presented as subjectivity corpus embracing ideas, affects, perceptions and images
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação, intitulada “O gauche: poética da travessia entre Renato Russo e Carlos Drummond de Andrade”, discute a individuação problemática do gauche que traz a poesia drummondiana para o meio da singularização de Renato Russo, acentuando tal individuação e buscando nela encontrar a tensão que se inscreve entre ambos, localizando no poeta e no compositor musical os deslocamentos, as desterritorializações e a repetição da diferença. Assim, mobilizar-se-á o ato, a estética e a política da escrita, transpondo do caráter textual, intertextual, para um feixe de referências, percepções, deslocamentos, estabelecendo nestes espaços, elementos presentes em cartografias poéticas que relacionam os dois autores nesta travessia rizomática, pois a escrita destes é movida pelo desejo e pelas minorias. Para tanto, coloca-se como escopo uma pesquisa norteada por autores como Gilles Deleuze, Jacques Derrida, Félix Guattari, Jacques Ranciére, Michel Foucault, Maurice Blanchot, Julia Kristeva, Linda Hutcheon, dentre outros que possam transitar pelas relações, neste estudo, estabelecidas, constituindo o corpus teórico e de discussão, atendendo ao caráter qualitativo implícito no desenvolvimento desta dissertação. Quanto ao corpus literário, este é composto pela seleção de letras de Renato Russo e poemas de Carlos Drummond, de maneira a constituírem corpos-subjetividade, envolvendo ideias, afectos, perceptos e imagens.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19465
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LuizAlbertoCelestinoPessoaPimentel_DISSERT.pdf762,1 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.