Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19489
Title: Inércia e Natureza da Ciência no Ensino de Física: uma sequência didática centrada no desenvolvimento histórico do conceito de inércia
Other Titles: Inertia and Nature of Science in Physics Teaching: a didactic sequence centered on the historical development of the concept of inertia
Authors: Monteiro, Midiã Medeiros
Keywords: Ensino de Ciências;História da Inércia;Natureza da Ciência
Issue Date: 28-Jul-2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MONTEIRO, Midiã Medeiros. Inércia e Natureza da Ciência no Ensino de Física: uma sequência didática centrada no desenvolvimento histórico do conceito de inércia. 2014. 235f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: Durante as últimas décadas a área de ensino de ciências tem discutido questões relativas à inserção da história e da filosofia da ciência (HFC) no ensino. Dentre os argumentos apresentados em defesa dessa abordagem aponta-se a possível contribuição à aprendizagem de conteúdos científicos e à compreensão de aspectos relativos à natureza da ciência (NdC). Apesar de tais considerações, ainda temos um número muito reduzido de trabalhos de pesquisa relatando resultados de intervenções práticas que se utilizam da abordagem histórica, além disso, há carência de materiais didáticos nessa perspectiva. Nosso trabalho procurou contribuir com a área no que se refere a esses dois aspectos: de um lado, com a produção de material didático, ao elaborarmos textos sobre a história da inércia para alunos da graduação. De outro lado, procuramos investigar se os argumentos mencionados acima em relação ao uso didático da HFC se sustentam, em um contexto particular. Elaboramos e aplicamos uma sequência didática, utilizando os textos que construímos, para ensinar o conceito de inércia e discutir conteúdos selecionados de NdC. A sequência didática foi aplicada em duas turmas da graduação, uma do curso de geofísica bacharelado e outra do curso de física licenciatura, ambas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Um questionário inicial mostrou que os estudantes, mesmo havendo abordado o conceito de inércia na educação básica, apresentavam concepções de senso comum no tocante à relação entre força e movimento. O questionário também nos permitiu identificar a existência de elementos de concepções consideradas inadequadas quanto à NdC. Ao final, nossos dados evidenciaram um número maior de acertos nas questões relativas ao conceito de inércia. No que se refere aos aspectos de NdC, pudemos identificar, em alguns poucos casos, um movimento no sentido de aproximação a uma visão mais adequada, no entanto, determinadas distorções persistiram, evidenciando limitações da abordagem utilizada.
Abstract: During the last decades the area of science education has discussed issues related to the inclusion of the History and Philosophy of Science (HFS) in the practice of science teaching. Among the arguments put forward in favour of this approach, it is pointed out the possible enhancement of scientific content learning and the understanding of the nature of Science (NoS). In spite of such considerations, we still have a very small number of research papers reporting results of practical interventions that utilize the historical approach, moreover, there is a lack of teaching materials in this perspective. Our work has sought to contribute to this area with regard to two aspects: on the one hand, with the production of didactic material, by drawing up texts on the history of inertia for graduate students. On the other hand, we investigate whether the arguments mentioned above in relation to the didactic use of HFS sustain themselves, in a particular context. We developed and applied a didactic sequence, using the texts that we built, to teach the concept of inertia and discuss selected contents of NoS. The didactic sequence was applied in two graduate classes, one from a course of Geophysics (BSc.) and another from the Physics (teaching formation), both from the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN). An initial survey exposed that students, even having approached the concept of inertia in basic education, presented conceptions of common sense regarding the relationship between force and motion. The questionnaire also allowed us to identify the existence of elements of concepts considered inadequate as regards to NoS. At the end of our research, our data indicated a greater number of positive hits on the issues concerning the concept of inertia. Regarding the aspects of NoS, we were able to identify, in a few cases, a move towards a more appropriate understanding, however, certain distortions persisted, highlighting the limitations of the approach used
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19489
Appears in Collections:PPGECNM - Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MidiaMedeirosMonteiro_DISSERT.pdf5,76 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.