Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19496
Título: Efeito dos andrógenos na estabilização da preferência manual em machos adultos de sagui comum (Callithrix jacchus)
Autor(es): Tadewald, Bárbara Pinheiro Maia Cavalcanti
Palavras-chave: Preferência manual;Hormônios sexuais;GnRH;Efeito ativacional;Sagui comum
Data do documento: 20-Dez-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: TADEWALD, Bárbara Pinheiro Maia Cavalcanti. Efeito dos andrógenos na estabilização da preferência manual em machos adultos de sagui comum (Callithrix jacchus). 2013. 100f. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: The role of steroids hormones on the behavior of vertebrates have been described as organizational and activational effects. These actions occur in different periods of the ontogenetic development as fetal, early post natal and during puberty (organizational effect) or modifying the expression of behavioral patterns during time life (activational effects). Studies on brain lateralization in hand use in human and non-human primates have shown that sexual hormones seems to participate in the process of handedness strength that begins in the puberal period and is stabilized at the adult age. The aim of this study was to investigate in adult male Callithrix jacchus if the strength of use of the hand in common marmoset adult male is stable (organizational effect) or androgens variations could affect its stability (activational effect). The preferential use of one hand in 14 common marmoset (Callithrix jacchus was studied in two contexts: (1) spontaneous holding food and directing the food to mouth (feeding episodes), and (2) forced reaching food tests where the animal have to reach the food through a hole within a cover plate with a central hole that allow the use of one hand only to reach the food. The records were made during 5 sessions/20 bouts each during baseline totalizing 100 episodes before two treatments. Firstly it was used GnRH antagonist: a single subcutaneous injection of 100µg de Cetrotide – acetate of cetrorrelix (Baxter Oncology GmbH, Germany) (n=10). Secondly, a single GnRH injection of 0.2mg of GnRH (Sigma – Aldrich) (n= 8) was used. After injections 20 successful attempts of hand use episodes was recorded in the 1st , 2 nd, 7th, 15th and 30 th days, totalizing in the whole period 100 episodes for each context, after both treatments. Fecal sampling to measure extracted fecal androgens was performed in all days of data collection across the length of the basal and during the experimental periods. Statistical analysis by mixed model, Tukey test to compare mean values after the two treatments, and Levene test to compare mean variance were used, all for p-value < 0.05. In basal phase 6 animals used preferentially the right hand, 5 the left and 3 were ambidextrous. Mean handedness index in basal phase were different from that after both treatment starting at 7th day. Mean variance of handedness index for spontaneous and forced activities does not differs before and after both treatments but the mean values for GnRH index were higher than that observed for its antagonist. These findings suggested that androgens have an activational effect on handedness in adult male C. jacchus
metadata.dc.description.resumo: Os esteroides sexuais influenciam o comportamento de vertebrados por meio de efeitos organizacionais e ativacionais. Estas ações podem ocorrer em períodos do desenvolvimento fetal, pós-natal inicial e, ainda, durante a puberdade (efeito organizacional) ou alterando a expressão de padrões comportamentais durante todas as fases da vida (efeito ativacional). Estudos sobre lateralização no uso das mãos em primatas humanos e não humanos mostram que os hormônios sexuais participam no processo de estabilização da preferência manual que parece ocorrer a partir da puberdade e se mantém na idade adulta. O objetivo deste estudo foi investigar emCallithrix jacchus machos adultos se a estabilização da força da preferência manual, independentemente da direção (efeito organizacional), é influenciada pela variação dos andrógenos (efeito ativacional). O uso preferencial de uma ds mãos foi estudado em 14animais em dois contextos: (1) uso espontâneo das mãos em pegar o alimento; (2) durante o uso forçado de uma das mãos para alcançar o alimento com restrição produzida pelo uso de anteparo com um orifício central que permitia o uso de apenas uma das mãos. Os registros foram realizados durante a fase basal em 5 sessões/20 registros cada para as duas atividades na fase basal (n=100) e após dois tratamentos: (a) uso de 100µg do antagonista do hormônio liberador de gonadotrofinas (GnRH), Cetrotide - acetate of cetrorrelix (Baxter Oncology GmbH, Germany) (n=10) em dose única, em 10 animais; (2) uso de 0,2 mg do GnRH (Sigma - Aldrich) (n= 8; 4 deles receberam o antagonista entre 6-8 meses antes), nos dias 1, 2, 7, 15 e 30 dias/20 registros em cada, totalizando 100 episodes para cada contexto após os tratamentos. A partir destes registros foi calculado o índice de lateralização absoluto em relação apenas a força e o índice do desvio de lateralidade para direita ou esquerda. A coleta de fezes para dosagem dos andrógenos fecais foi realizada durante os dias de coleta dos registros de uso da mão na fase basal e após os dois tratamentos. A análise estatística utilizou o modelo de efeitos mistos e o teste de Tukey para comparar as diferenças entre as médias dos dois tratamentos, e o teste de Levene de variância das médias, todos para o p-valor de < 0,05. Na fase basal 6 animais usaram preferencialmente a mão direita, 5 a esquerda e 3 se mostraram ambidestros. As médias dos índices de lateralização da fase basal diferiram daquelas após os tratamentos, a partir do dia 7. A variância das médias dos índices de lateralização antes e após a aplicação dos tratamentos para a atividade espontânea e a forçada não apresentaram diferenças significativas, mas o tratamento com o GnRH aumentou significativamente o índice em relação ao tratamento com o seu antagonista. Estes resultados sugerem que os andrógenos possuem um efeito ativacional sobre a preferência manual em machos adultos de C. jacchus.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19496
Aparece nas coleções:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BarbaraPinheiroMaiaCavalcantiTadewald_DISSERT.pdf799,64 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.