Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19708
Título: Involução criadora: o maior e o menor na obra de Gilles Deleuze
Autor(es): Barbosa, Jéssica Cássia
Palavras-chave: Gilles Deleuze;Filosofia política;Maior/menor;Devir-menor;Rostidade
Data do documento: 7-Nov-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BARBOSA, Jéssica Cássia. Involução criadora: o maior e o menor na obra de Gilles Deleuze. 2014. 177f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: This work is on the political thought of the French philosopher Gilles Deleuze (1925 – 1995) taking the concepts of major/minor as starting point, since by them the deleuzian philosophy produces significant approaches to think politics and its forms. Not only the concepts of major/minor, but also the concept of becoming, in the mode of becoming-minor, marks the proposition, as we could tell, a properly deleuzian political philosophy. Thus, this work attempts to expose the possible form of this politics and of a fight ethic associated to it. To study the Deleuze political thought today is not to abdicate of a political thought that recognizes the singularities and embraces the political fight not as a totalizing revolution, but as resistance. The analyses of the concepts of major/minor, and the becoming shows itself as necessary in the political proposal in the present context
metadata.dc.description.resumo: Discute-se no presente trabalho o pensamento político do filósofo francês Gilles Deleuze (1925 – 1995), a partir dos conceitos de menor/maior, pois, através deles, a filosofia de Deleuze produz problemáticas pertinentes para pensar a política e suas formas. Não só os conceitos de maior/menor, mas o conceito de devir, no modo de devir-menor marca a proposição do que poderíamos chamar de uma proposta propriamente deleuziana para a política. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho é expor a maneira de uma possível política do devir, e de uma ética da luta a ela associada. Estudar o pensamento político de Deleuze hoje é não abdicar de um pensamento político que reconhece as singularidades e abraça a luta política não como revolução totalizante, mas como resistência. A análise dos conceitos de maior/menor, e do devir na forma de devir-menor mostra-se como proposição política necessária no contexto atual.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19708
Aparece nas coleções:PPGFIL - Mestrado em Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JessicaCassiaBarbosa_DISSERT.pdf1,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.