Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19842
Título: Aprender e ensinar na escola inclusiva: desafios na construção da identidade de pedagogos
Autor(es): Fonseca, Géssica Fabiely
Palavras-chave: Ensino;Aprendizagem;Pedagogia;Inclusão
Data do documento: 29-Jan-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FONSECA, Géssica Fabiely. Aprender e ensinar na escola inclusiva: desafios na construção da identidade de pedagogos. 2015. 148f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The democratization of Brazilian education and discussion about the educational rights of persons with disabilities in refer to reflection on the conceptions of teaching and learning and the folding of these concepts in practice and in the formation of professional identity of the teacher educator. Thus, the proposed research in this dissertation aimed to describe educational processes developed by educators in classrooms in which they are enrolled students with disabilities a view to considering how these processes affect the construction of their professional identity of the pedagogue. As the methodology used to research is classified as Case Study. This methodological approach enables the analysis of singularities of educational contexts. In this work, the case investigated consisted of the analytical study of the pedagogical practices developed in classrooms where there are students with disabilities and their relation to the establishment of the professional identity of the teacher in a school linked to a non-governmental organization supporting people with disabilities in the city of Natal / RN. The Data were collected through the use of the following instruments: exploratory questionnaires, observation and respective registration in the field diary of research and interviews with educators in different professional cycles proposed by Huberman. The data reveal didactic and pedagogical aspects common in educational processes in the observed classes and differences concerning the specifics of pedagogues in the teaching profession in different moments of their professional careers. The analysis of the conceptions tell us the nuances of meanings constructed on teaching and learning and its interface with the reflection on teaching practice. As to the meaning assigned to be pedagogue research highlights the professional identification related to the meanings of teaching and learning in school. The experiences in the teaching profession according to the survey data point to changes in teachers conceptions about teaching and learning disabled people in the perspective of inclusion. Therefore, the study concludes that the pedagogical practices with students with disabilities the different experiences add up and can transform conceptions of teachers about teaching and learning interfering with constant reflection on practices and the construction of professional identities of pedagogues.
metadata.dc.description.resumo: A democratização da escolarização brasileira e a discussão acerca dos direitos educacionais das pessoas com deficiência nos remetem a reflexão acerca das concepções de ensino e aprendizagem e o rebatimento dessas concepções nas práticas e na constituição da identidade profissional do pedagogo docente. Assim, a investigação proposta nessa dissertação teve como objetivo descrever processos de ensino desenvolvidos por pedagogos em salas de aula nas quais estão matriculados alunos com deficiência na perspectiva de analisar como tais processos afetam a construção de sua identidade docente do pedagogo. Quanto a metodologia utilizada a pesquisa é classificada como Estudo de Caso. Tal procedimento metodológico possibilita a análise das singularidades dos contextos educacionais. Neste trabalho, o caso investigado consistiu no estudo analítico das práticas pedagógicas desenvolvidas em salas de aula nas quais existem alunos com deficiência e sua relação com a constituição da identidade profissional do pedagogo em uma escola vinculada a uma organização nãogovernamental de apoio a pessoas com deficiência na cidade de Natal/RN. A construção dos dados ocorreu por meio do uso dos seguintes instrumentos: questionários exploratórios, observação e seu respectivo registro no diário de campo da pesquisa e entrevistas com pedagogos nos diferentes ciclos profissionais propostos por Huberman. Os dados revelam aspectos didático-pedagógicos comuns nos processos de ensino nas turmas observadas e diferenças que dizem respeito as especificidades das pedagogas no exercício da docência nos diferentes momentos de suas trajetórias profissionais. A análise das concepções nos revelam as nuances dos sentidos construídos sobre ensinar e aprender e sua interface com a reflexão sobre a prática pedagógica. Quanto ao sentido atribuído ao ser pedagogo a pesquisa evidencia a identificação profissional relacionada aos significados do ensinar e aprender na escola. As experiências no exercício da docência segundo os dados da pesquisa apontam para as mudanças nas concepções de pedagogos sobre ensino e aprendizagem de pessoas com deficiência na perspectiva da inclusão. Portanto, o estudo conclui que as práticas pedagógicas com alunos com deficiência somam-se as diversas experiências e podem transformar concepções dos pedagogos sobre ensino e aprendizagem interferindo na reflexão constante sobre as práticas e na construção das identidades profissionais das pedagogas.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19842
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GessicaFabielyFonseca_DISSERT.pdf1,26 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.