Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19847
Título: Efeitos da senescência no folheto intergeniculado do tálamo de ratos: análises morfológicas e neuroquímicas
Autor(es): Fiuza, Felipe Porto
Palavras-chave: Sistema de temporização circadiana;Envelhecimento;Citoarquitetura;Imunoistoquímica;Projeção retiniana
Data do documento: 27-Mar-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FIUZA, Felipe Porto. Efeitos da senescência no folheto intergeniculado do tálamo de ratos: análises morfológicas e neuroquímicas. 2015. 101f. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The circadian timing system (CTS), in rodents, consists of interconnected neural structures such as the suprachiasmatic nucleus (SCN) of the hypothalamus, Intergeniculate Leaflet (IGL) of the thalamus, synchronous pathways and behavioral effectors. The SCN has been described as the major circadian pacemaker in several species of mammals, while the IGL appears to be involved in integration of photic and non-photic clues relaying them to SCN. The CTS allows an ordered internal temporal organization to the organism, providing the proper execution of physiological and behavioral mechanisms, which brings homeostasis. However, this stability is disrupted with aging process causing numerous pathological disorders, ranging from simple loss of physiological functions to decreases in cognitive performance. Therefore, is fundamental understanding the effects of senescence in this system. In this context, is proposed in this study to check if there are changes in IGL cytoarchitecture, neurochemical and retinal afferent markers with aging and their possible morpho-functional implications. To achieve this goal wistar rats were divided into 3 groups: young (3 months); Middle Age (13 months); Old (23 months). They were submitted to paraformaldhyde (4%) transcardiac perfusion to tissue fixation. Then, they had their brain removed and sectioned in 30 µm slices, which every sixth section were collected. This sections were processed by nissl method and immunostaining for GFAP, GAD, ENK, NPY and CTb in order to analyze the IGL features. It was observed a cell loss in middle age and old animals at Nissl, NPY and CTb stains. In addition, it was shown a increase in GFAP in middle aged animals compared to young and old ones. No differences were found in other neurochemichal stains. These data suggests IGL loss retinal afferents and neurons, in special the NPY-IR ones, likely having a compensatory gliogenesis. This supports the correlations between the CTS functional deficits and an anatomical deterioration of its components with the aging process.
metadata.dc.description.resumo: O Sistema de Temporização Circadiana (STC), em roedores, é composto por estruturas neurais interligadas como o núcleo supraquiasmático (NSQ) do hipotálamo, o folheto intergeniculado (FIG) do tálamo, vias sincronizadoras e efetores comportamentais. O NSQ tem sido descrito como o principal marca-passo circadiano em diversas espécies de mamíferos enquanto que o FIG parece estar envolvido na integração de informações fóticas e não-fóticas retransmitindo-as ao NSQ. O STC, como um todo, permite que o organismo tenha uma organização temporal interna ordenada, o que propicia a execução adequada dos mecanismos fisiológicos e comportamentais trazendo homeostasia para o organismo. No entanto, essa estabilidade é alterada com o avanço da idade ocorrendo desde perda de funções fisiológicas simples à diminuição no desempenho cognitivo. Tendo isso em vista, é proposto nesse estudo verificar se há mudanças neuroquímicas, citoarquitetônicas e de aferências retinianas no FIG com o envelhecimento e suas possíveis implicações morfofuncionais. Para isso, ratos Wistar foram divididos em 3 grupos: Jovem (3 meses); Meia Idade (13 meses); Idoso (23 meses). Esses animais foram submetidos a perfusão transcardíaca de paraformaldeído (4%) para fixar seus tecidos. Posteriormente seu encéfalo foi removido e submetido à microtomia (30 µm) onde as secções foram coletadas em intervalos de 6. Essas secções foram processadas por coloração de Nissl e imunoistoquímicas para GFAP, GAD, ENK, NPY e CTb a fim de verificar as características do FIG. Observamos uma perda celular em animais de meia-idade e idosos na marcação de Nissl, NPY e nas projeções de CTb. Além disso, vimos um aumento de GFAP em animais de meia-idade quando comparados a jovens e idosos. Não houve diferenças na análise dos outros marcadores. Esses achados indicam que essa estrutura perde aferências retinianas e neurônios, em especial os produtores de NPY, existindo uma provável gliogênese compensatória. Isso aponta para uma correlação entre os déficits de funcionamento do STC e deterioração anatômica de seus componentes com o envelhecimento.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19847
Aparece nas coleções:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FelipePortoFiuza_DISSERT.pdf2,7 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.