Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19886
Título: Dar a ver Sertão e Sevilha: matizes hispânicas na poética de João Cabral de Melo Neto
Autor(es): Santiago, Lenise dos Santos
Palavras-chave: João Cabral;Poesia;Lírica;Musicalidade
Data do documento: 31-Mar-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SANTIAGO, Lenise dos Santos. Dar a ver Sertão e Sevilha: matizes hispânicas na poética de João Cabral de Melo Neto. 2015. 160f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Dar a ver Sertão e Sevilha: matizes hispânicas na poética cabralina is a study on the lyric reading possibilities of Cabralian poetry, from the work of the poet from Pernambuco, that shows the intercultural dialogue and the Spanish poetical approach absorbed by João Cabral de Melo Neto during his Andalusian experience. Hispanic interfaces incorporated by the Cabralian poetry through literature or through the direct contact with the culture are registered on the 133 poems that have Spain as theme, in which we can see the matrix of Hispanic tradition, rich in its diversity, was the preponderant element for the poet João Cabral to discover the core of his lyric backwards. From Hispanic corpus, it will be explored the aesthetical assimilation of Spanish poetry in the work of João Cabral de Melo Neto, with the objective of demystifying the issues of lyrical dullness and anti musicality on Cabralian poetics in which, from the appropriation of Hispanic elements investigated as a signal of lyrics and musicality, originates a reading unattached from the constructivist signal, tessitura evidenced by the critic Antonio Candido since the origin of JCMN poetry with the poem Pedra do sono (1942). The mentioned aesthetics was adopted later on by the literary critics that named it as “brain poetry” for its hermetical configuration, tessitura of rigor, concreteness of language and stiff metrics. The results obtained from this study aim to induce a reading that favors the lyrical acoustic of the Cabralian poetry in the effort to ease the aspects of the arid construction.
metadata.dc.description.resumo: Dar a ver Sertão e Sevilha: matizes hispânicas na poética de João Cabral de Melo Neto é um estudo sobre as possibilidades de leitura lírica da poesia cabralina, a partir das obras do poeta pernambucano, que evidenciam o diálogo intercultural e a vertente poética espanhola absorvida por João Cabral de Melo Neto, em sua convivência andaluza. As interfaces hispânicas assimiladas pela poesia cabralina, por meio da literatura ou pelo contato direto com a cultura, estão registradas nos 133 poemas que têm a Espanha como tema, nos quais podemos observar que a matriz da tradição hispânica, rica na sua diversidade, foi elemento preponderante para o poeta João Cabral descobrir o cerne da sua lírica às avessas. A partir do corpus hispânico, será explorada a assimilação estética da poesia espanhola na obra de João Cabral de Melo Neto, com o objetivo de desmistificar as questões da aridez lírica e da antimusicalidade na poética cabralina em que, a partir da apropriação dos elementos hispânicos investigados como signo de lírica e musicalidade, concebe-se uma leitura desvinculada do signo construtivista, tessitura evidenciada pelo crítico Antonio Candido desde o surgimento da poesia de João Cabral com o poema Pedra do sono (1942). A referida estética foi adotada posteriormente pela crítica literária que a denominou “poesia cerebral” por sua configuração hermética, tessitura do rigor, concretude da linguagem e métrica retesada. Os resultados obtidos a partir deste estudo visam provocar uma leitura que favoreça a acústica lírica da poesia cabralina no sentido de amenizar os aspectos da construção árida.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19886
Aparece nas coleções:PPGEL - Doutorado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LeniseDosSantosSantiago_TESE.pdf1,23 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.