Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19912
Título: Avaliação imuno-histoquímica das proteínas BMP-4, FGF-8 e Sindecan-1 em tumores odontogênicos
Autor(es): Pimentel, Emília Beatriz das Neves Silva Maia
Palavras-chave: Tumores odontogênicos;Proteína óssea morfogenética 4;Fator de crescimento fibroblástico 8;Sindecan 1;Imuno-histoquímica
Data do documento: 27-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PIMENTEL, Emília Beatriz das Neves Silva Maia. Avaliação imuno-histoquímica das proteínas BMP-4, FGF-8 e Sindecan-1 em tumores odontogênicos. 2015. 108f. Tese (Doutorado em Patologia Oral) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The development and progression of odontogenic tumors have been associated with an imbalance in the activity of growth factors, adhesion molecules, extracellular matrix proteins and their degradation enzymes, angiogenic factors and osteolytic. Some studies have shown that interaction relationships inductive epithelial / mesenchymal determinants of Odontogenesis are mimicked by these tumors. The objective of this research was to investigate the immunolocalization of growth factors (BMP-4 and FGF-8) and Sindecan-1 structural protein in a series of odontogenic tumors presenting different biological behaviors, to contribute to a better understanding of the role of these proteins in tumor development. The sample consisted of 21 of the solid ameloblastoma, odontogenic keratocysts 19 and 14 odontogenic adenomatoid tumors. Increased Sindecan-1 immunostaining was seen in the epithelium of the lesions when compared with mesenchyme. In ameloblastoma and odontogenic keratocysts, this expression was higher than in AOT. Epithelial expression of BMP4 showed quantitatively similar in the three studied lesions; however, when anlisada mesenchymal immunoreactivity, was detected significant higher expression when compared to the ameloblastoma keratocysts. In ameloblastoma, mesenchymal expression was predominantly (p = 0.008), while in keratocyst higher expression in the epithelium was observed (p = 0.046). In all injuries, strong or moderate correlation was observed in the BMP-4 immunoreactivity in the epithelium and mesenchyme. FGF-8, no injury was observed difference between the immunoreactivity in the epithelium or mesenchyme, however in ameloblastoma positive correlation was found (Spearman correlation, rho = 0.857, p <0.001). The results of this study suggest that the three evaluated biomarkers actively involved in the pathogenesis of lesions, especially the expression of ameloblastomas indicating a strong interaction between parenchymal and stromal cells which may contribute to its marked aggressiveness.
metadata.dc.description.resumo: Tumores odontogênicos provêm de tecidos dentários por proliferação de tecido epitelial e/ou mesenquimal. Biologicamente, estas lesões poder ter naturezas distintas, sendo caracterizadas como alterações no desenvolvimento tecidual (hamartomas), tumores benignos não agressivos ou agressivo e tumores malignos. No desenvolvimento e na progressão desses tumores odontogênicos, diferentes relações de interações epitélio/mesenquimais ocorrem originando os diferentes tipos dessas lesões. Numerosas moléculas sinalizadoras participam dessas relações, dentre estas o fator de crescimento fibroblástico (FGF), e a proteína (Óssea Morfogênica (BMP) e proteoglicanos de sulfato de heparan (sindecan), as moléculas envolvidas nos processos de transcrição e os produtos transcritos. Diante, objetivo dessa pesquisa foi investigar a imunolocalização de fatores de crescimento (BMP-4 e FGF-8) e de proteína mesenquimal (Sindecan-1) em uma série de tumores odontogênicos apresentando comportamento biológicos distintos, visando contribuir para um melhor entendimento da participação dessas proteinas no desenvolvimento tumoral. A amostra foi constituída por 21 ameloblastomas do tipo sólido, 19 cerataocistos odontogênicos e 14 tumores odontogênicos adenomatóides. As células imunomarcadas por BMP-4 e FGF-8 foram quantificadas, enquanto a contagem de sindecan-1 foi semi-quantitativa, e cada caso tumoral catergorizado em escores: 0 - ausente; 1 - 1 a 10% de células positivas, 2 - 11 a 50% de células positivas; e 3 - > < 50% de células positivas. Maior imunoexpressão da sindecan-e foi observada no epitélio das lesões quando comparada com o mesenquima. No ameloblastoma e o ceratocisto odontogênico essa expressão foi maior que no TOA, o que pode caracterizar um comportamento biológico mais agressivo dessas duas primeiras lesões. A maior expressão de BMP-4 no mesenquima de ameloblastoma comparado ao ceratocisto ( p=0,009), pode indicar uma interação e participação ativa nas células parenquimais na patogenese desses tumores, enquanto que no tecido epitelial, nenhuma diferença signigicativa foi observada quando comparadas as três lesões. Sendo que no ameloblastoma sua expressão foi predominantemente mesenquimal (p=0,008), enquanto no ceratocisto maior expressão foi observada no epitélio (p = 0,0046). Em todas as lesões, correlação forte ou moderada foi observada na imunoexpressão de BMP-4 no epitélio e mesenquima. Para FGF-8, em nenhuma lesão foi observaa diferença entre a imunoexprssão no epitélio ou mesenquima, contudo no ameloblastoma correlação positiva foi encontrada (Correlação Spearman, rho=0,857,p<0,001), indicando que a imunoexpressão de FGF-8 concomitante foi indicar um pior prognóstico para ameloblastomas e também, estar a uma associado a uma maior atividade osteolítica obsrervada nesses tumores. Concluiu-se então que os três biomarcadores avaliados nesse estudo (BMP-4, FGF-8 e Sindecan) participam ativamente da patogenese das lesões, sendo que maior imunoexpressão de FGF-8 e sindecan pode estar associada a um comportamento biológico mais agressivo, enquanto BMP-4 apresentou padrão de imunoexpressão semelhante nas três lesões, podendo estar associado à diferenciação celular e manutenção do padrão de crescimento da lesões.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19912
Aparece nas coleções:PPGPO- Doutorado em Patologia Oral

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EmiliaBeatrizDasNevesSilvaMaiaPimentel_TESE.pdf2,88 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.