Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19923
Título: O canto dos vestibulandos em 140 caracteres: linguagem e construção de identidades no Twitter
Autor(es): Freire, Alan Eugênio Dantas
Palavras-chave: Cibercultura;Identidade;Linguagem;Twitter;Vestibulando
Data do documento: 16-Abr-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FREIRE, Alan Eugênio Dantas. O canto dos vestibulandos em 140 caracteres: linguagem e construção de identidades no Twitter. 2014. 100f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The revolution caused by the internet and its various social networks eventually bring forth fruitful reflections on cyberculture and the power of identity construction. What seemed purely fashion has become way of being, representation of self, reality creation (Lévy, 1996). Considering language as a social phenomenon, which occurs through interaction, as explicit in Bakhtin (1929), the speech aired on social networks shapes the profile of their users, constructing identities which, according to Hall (2006), are multiple and non-permanent . This research seeks to examine the use of Twitter by school students, developing a reflection on the construction of their own identities in cyberspace. The subjects are students of Educandário Nossa Senhora das Vitórias, private school in Assú/RN, all graduates from high school. Understanding the Vestibular year as a decisive and a reflection engine ever present about their condition of students, subjects eventually express their anxieties, fears and perspectives in the virtual environment, providing us with enough material to analyze how they are high school students, expectations for appropriate selection processes, plus several representations belonging to the school environment. From the discourse conveyed on Twitter expressed in Featured posts, this study reveals the identities of high school students that emerge from it, which led the cast of some evidence. From them, despite the multiplicity of identities observed, presented some common aspects that corroborate the requirements provided for specific objectives, such as: feeling of belonging to a group - class and school; change of routine and behavior towards education; desecration of traditional teaching practices; changing the identity of students'writings. The analysis of postings enables us to know the perceptions of students regarding the school, the disciplines , the pace of studies, interest in school practices, and from such evidence, the perception of how vestibular modify your daily life and a fondness their identities as school students.
metadata.dc.description.resumo: A revolução causada pela internet e suas diversas redes sociais acabaram por trazer à tona fecundas reflexões sobre a Cibercultura e o seu poder de construção identitária. O que parecia puramente moda tornou-se modo de ser, representação do eu, criação de realidade (LÉVY, 1996). Considerando a linguagem enquanto um fenômeno social, que se processa por meio da interação, conforme nos explicita Bakhtin (1929), o discurso veiculado nas redes sociais molda o perfil dos seus usuários, construindo identidades que, no dizer de Hall (2006), são múltiplas e não-permanentes. A presente pesquisa busca analisar o uso do Twitter, por vestibulandos, elaborando uma reflexão acerca da construção das suas próprias identidades no ciberespaço. Os sujeitos da pesquisa são alunos do Educandário Nossa Senhora das Vitórias, escola da rede privada do município de Assú/RN, todos eles concluintes do Ensino Médio. Entendendo o ano de vestibular como decisivo e motivador de uma reflexão sempre presente acerca de sua condição de estudantes, os sujeitos acabam por externar suas angústias, medos e perspectivas no ambiente virtual, proporcionando-nos material suficiente para análise de como eles se constituem vestibulandos, suas expectativas para os devidos processos seletivos, além de diversas representações pertencentes ao âmbito escolar. A partir do discurso veiculado no Twitter, expresso nas postagens selecionadas, o presente estudo revela as identidades de vestibulandos que dele emergem, o que propiciou o elenco de algumas evidências. A partir delas, não obstante a multiplicidade das identidades observadas, foram evidenciados alguns aspectos comuns, que corroboram com as necessidades previstas pelos objetivos específicos, dentre eles: sensação de pertencimento a um grupo – turma e escola; mudança da rotina e do comportamento em relação aos estudos; dessacralização de práticas escolares tradicionais; mudança da identidade do vestibulando. A análise das postagens nos possibilitou conhecer as impressões dos estudantes quanto à escola, às disciplinas, o ritmo de estudos, o interesse com as práticas escolares e, a partir de tais indícios, a percepção de como o vestibular modifica o seu cotidiano e afeiçoa suas identidades enquanto vestibulandos.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19923
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AlanEugenioDantasFreire_DISSERT.pdf3,62 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.