Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19960
Título: Estudo do domínio segurança/proteção da NANDA internacional em pacientes de unidade de terapia intensiva
Autor(es): Dantas, Anna Lívia de Medeiros
Palavras-chave: Assistência à saúde;Terapia intensiva;Diagnósticos de enfermagem
Data do documento: 17-Dez-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: DANTAS, Anna Lívia de Medeiros. Estudo do domínio segurança/proteção da NANDA internacional em pacientes de unidade de terapia intensiva. 2014. 100f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The study aimed to analyze the field of nursing diagnoses safety / protection of NANDA International present in patients in the Intensive Care Unit. This is a crosssectional study in intensive care complex of a university hospital in northeastern Brazil. The research took place in two stages. The first step was to collect data through an interview form and physical examination, with 86 patients admitted to the unit, during the months of December 2013 to May 2014. Spreadsheets were built in Microsoft Office Excel 2010 Software in which were marked by the researcher of this study, the presence or absence of defining characteristics, related factors and risk factors of the 31 studied diagnoses. In the second stage, held between July and August 2014, the sheets were sent to three diagnosticians, previously trained to perform the diagnostic inference. Data were analyzed using descriptive and inferential statistics for the diagnoses that showed higher frequencies than 50%, using IBM SPSS version 20.0 for Statistic Windows.O project was approved by the 440/414 and Presentation Certificate for Ethics Assessment number 22955113 .2.0000.5292. The results indicated the presence of 29 field of nursing diagnoses safety / protection in hospital clientele in the Intensive Care Unit, of which five were present in 100% of patients, namely: Risk of contamination, injury risk, falls risk,risk of allergic response and risk of trauma. Diagnoses that presented more frequently than 50% were: Risk of infection, dry eye risk, poisoning risk, vascular trauma risk, impaired skin integrity, impaired dentition, bleeding risk, risk imbalance in body temperature, Risk perioperative positioning injury, impaired tissue integrity, peripheral neurovascular dysfunction Risk, Risk adverse response to contrast media with iodine, shock Hazard and Risk of aspiration. For these analyzes, we identified 35 risk factors, 11 defining characteristics and three related factors showed statistically significant association with the studied diagnoses. For diagnostics: Risk of contamination, injury risk, falls risk, allergic response risk, trauma Risk, Risk of infection, dry eye risk and risk poisoning there was no association with any of their risk factors. We conclude that most of the area of nursing diagnoses safety / protection feature is prevalent in critically ill patients, with special attention to the risk diagnoses. There was a significant association between these diagnoses and its components. It is noteworthy, therefore, that the lifting of this profile contributes relevant clues to the inference of the priority nursing diagnoses domain safety / protection in the study population, supporting the practice of nursing and stimulating knowledge on the subject.
metadata.dc.description.resumo: O estudo objetivou analisar os diagnósticos de enfermagem do domínio segurança/proteção da Nanda Internacional presentes nos pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva. Trata-se de um estudo transversal, realizado no complexo de terapia intensiva de um hospital universitário no Nordeste do Brasil. A pesquisa ocorreu em duas etapas. A primeira etapa consistiu na coleta de dados, por meio de um formulário de entrevista e de exame físico, com 86 pacientes internados na referida unidade, durante os meses de dezembro de 2013 a maio de 2014. As planilhas foram construídas no Software Microsoft Office Excel 2010, nas quais foram assinaladas, pela pesquisadora deste estudo, a presença ou ausência das características definidoras, fatores relacionados e fatores de risco dos 31 diagnósticos estudados. Na segunda etapa, realizada entre julho e agosto de 2014, as planilhas foram enviadas a três diagnosticadores, previamente treinados, para a realização da inferência diagnóstica. Os dados foram analisados por meio de estatística descritiva e inferencial para os diagnósticos que apresentaram frequências maiores que 50%, com auxílio do IBM SPSS Statistic versão 20.0 for Windows.O projeto recebeu parecer favorável no 440/414 e Certificado de Apresentação para Apreciação Ética no 22955113.2.0000.5292. Os resultados apontaram a presença de 29 diagnósticos de enfermagem do domínio segurança/proteção na clientela internada em Unidade de Terapia Intensiva, dentre os quais cinco estiveram presentes em 100% dos pacientes, a saber: Risco de contaminação, Risco de lesão, Risco de quedas, Risco de resposta alérgica e Risco de trauma. Os diagnósticos que apresentaram frequência superior a 50% foram: Risco de infecção, Risco de olho seco, Risco de envenenamento, Risco de trauma vascular, Integridade da pele prejudicada, Dentição prejudicada, Risco de sangramento, Risco de desequilíbrio na temperatura corporal, Risco de lesão por posicionamento perioperatório, Integridade tissular prejudicada, Risco de disfunção neurovascular periférica, Risco de resposta adversa ao meio de contraste com iodo, Risco de choque e Risco de aspiração. Para esses diagnósticos, foram identificados 35 fatores de risco, 11 características definidoras e três fatores relacionados que apresentaram associação estatística significativa com os diagnósticos estudados. Para os diagnósticos: Risco de contaminação, Risco de lesão, Risco de quedas, Risco de resposta alérgica, Risco de 7 trauma, Risco de infecção, Risco de olho seco e Risco de envenenamento não houve associação com nenhuma de seus fatores de risco. Conclui-se que a maioria dos diagnósticos de enfermagem do domínio segurança/proteção apresentam-se prevalentes nos pacientes críticos, com atenção especial para os diagnósticos de risco. Ocorreu associação significativa entre esses diagnósticos e seus componentes. Destaca-se, assim, que o levantamento desse perfil contribui com pistas relevantes para a inferência dos diagnósticos de enfermagem prioritários do domínio segurança/proteção na população estudada, auxiliando a práxis da enfermagem e estimulando o conhecimento a respeito do assunto.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19960
Aparece nas coleções:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnnaLiviaDeMedeirosDantas_DISSERT.pdf2,43 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.