Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20027
Título: Avaliação da biodegradação do dibenzotiofeno utilizando lodos ativados
Título(s) alternativo(s): Dibenzothiophene biodegradation evaluation using activated sludge
Autor(es): Sousa, Paula Luciana Rodrigues de
Palavras-chave: Dibenzotiofeno;2-Hidroxibifenil;Lodos ativados
Data do documento: 2-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOUSA, Paula Luciana Rodrigues de. Avaliação da biodegradação do dibenzotiofeno utilizando lodos ativados. 2015. 64f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: During the oil refining process a huge discard volume of water occurs, which carries the contaminants from the process. A class of contaminant compounds resulting from the petrochemical industry are the Polyaromatic Hydrocarbons (PAH's). To evaluate the biodegradation of Dibenzothiophene in refinery water a synthetic wastewater was prepared to be treated using activated sludge. For this, a 2 3 Composite Design (plus 3 central points and six axial points) was carried out. The planning had as independent variables (factors) the initial concentration of DBT, pH and time of biodegradation. Biodegradation of DBT was assayed following the parameters COD, pH, temperature, SS, VSS, FVS, SVI. Concerned to the chromatographic conditions, a methodology was validated in order to verify the presence of DBT and its metabolite, 2-HBF, in the final wastewater treated by activated sludge system using a liquid - liquid extraction coupled to HPLC / UV analysis. The parameters used for validation were DL, QL, linearity, recovery and repeatability. As for optimization, the results indicated that the studied methodology can be used in monitoring the DBT degradation and 2- HBF by activated sludge, as they showed excellent linearity values, coefficients of variation, so as satisfactory recovery percentage. COD reduction efficiency tests showed an average percentage of 64.4%. The increasing trend for the results for the TSS and VSS tests showed that the activated sludge was well tailored. The best operating conditions for the reduction of COD were observed when operated with median concentrations of DBT, a higher time to biodegradation, and pH in both the acidic range as the basic one. The biodegradability of the DBT was confirmed by determining the presence of HBF-2. The highest concentrations of HBF-2 were obtained in extreme concentrations of DBT and pH, and higher biodegradation times.
metadata.dc.description.resumo: Durante o processo de refino do petróleo tem-se como descarte um grande volume de água, a qual carrega os contaminantes provenientes do processo. Uma classe de compostos contaminantes, decorrente da indústria petroquímica, são os hidrocarbonetos poliaromáticos (HPA’s). Visando avaliar a biodegradação do Dibenzotiofeno presente na água de refinaria preparou-se um efluente sintético para ser tratado utilizando lodos ativados. Para isso, realizou-se um planejamento composto central 2³ com triplicata no ponto central e 6 pontos axiais tendo como variáveis independentes (fatores) a concentração inicial de DBT, o pH e o tempo de biodegradação. A presença do DBT, e de seu derivado 2-HBF, no efluente final tratado pelo sistema de lodos ativados foi monitorada efetuando-se uma extração líquido - líquido com posterior análise em CLAE/UV utilizando-se uma metodologia otimizada no presente estudo. A biodegradação do DBT foi verificada monitorando-se os parâmetros DQO, pH, temperatura, SST, SSV, VFL, IVL. Quanto à adequação das análises cromatográficas, os resultados indicaram que a metodologia avaliada pode ser utilizada no acompanhamento da degradação de DBT e 2-HBF por lodos ativados, visto que foram obtidos ótimos valores de linearidade, coeficientes de variação, assim também como percentuais de recuperação bastante satisfatórios. Para os testes de eficiência de redução da DQO foi obtido um percentual médio de 64,4 %. Os comportamentos crescentes dos resultados para os testes de SST e SSV mostraram que os lodos ativados foram bem adaptados. As melhores condições operacionais para redução de DQO foram verificadas quando operados com concentrações medianas de DBT, maiores tempo para biodegradação, e pH tanto na faixa ácida quanto na básica. A biodegradação do DBT foi confirmada avaliando-se a presença do 2-HBF. As maiores concentrações de 2-HBF foram obtidas nos extremos das concentrações de DBT e de pH, e em maiores tempos de biodegradação.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20027
Aparece nas coleções:PPGEQ - Mestrado em Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PaulaLucianaRodriguesDeSousa_DISSERT.pdf2,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.