Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20069
Título: Capparaceae: flora do Rio Grande do Norte e biogeografia no semiárido brasileiro
Autor(es): Soares Neto, Raimundo Luciano
Palavras-chave: Caatinga;Brassicales;Distribuição geográfica;Florística;Sistemática
Data do documento: 25-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOARES NETO, Raimundo Luciano. Capparaceae: flora do Rio Grande do Norte e biogeografia no semiárido brasileiro. 2015. 88f. Dissertação (Mestrado em Sistemática e Evolução) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Capparaceae comprises 25 genera and 480 species, of which 110 are included in 18 genera in Neotropics. Its distribution is pantropical with high frequency in seasonally dry environments. Its representatives are woody, shrubs and rarely wines, with simple leave or compound 3-foliolate, shorts and deciduous floral bracts, tetramerous and nocturnal flowers with exserts and numerous stamens, ovary supero on a gynophore and fleshy fruits, dehiscents or indehiscentes. For Brazil, 12 genera and 28 species are recorded and 12 of that are endemic to the country, occurring preferentially in vegetation of savanna estépica s.str., seasonal semideciduos forest and restinga. This work shows two chapters. In the first chapter, the distributions patterns of the species occurring in the brazilian semi-arid region and their distribution intra Caatinga are discussed. The distribution patterns were determined from a review of the distribution of species in herbaria collections and supplemented with data obtained from specific bibliography about the family. A map containing 1 × 1 grid cells was used to evaluate the richness, collection efforts and floristic similarity of the species intra Caatinga. Six genera and eight species were registered in Caatinga. Four species are endemic to Brazil, with only one endemic to Caatinga, and the other four are widespread in Neotropics. Four distribution patterns were observed: restricted to the NE, broad and continuous in Brazil, disjunct and neotropical. All the species were recorded in Bahia, state with the highest species richness per grid cell and also remarkable sampling efforts species of the family. The state of Piauí presents priority areas for further collection of Capparaceae, due to low family representation in the state. The floristic similarity analysis intra Caatinga was low, 22 %, probably due to a few species of the family in the region and the wide distribution of the same. The second chapter presents the Capparaceae of flora to Rio Grande do Norte (RN), since the state has a little-known flora, with specific studies. Through collections in the state and herbaria review, five genera and six species of Capparaceae were recorded in RN: Capparidastrum (1 spp.); Crateva (1 spp.); Cynophalla (2 spp.); Mesocapparis (1 spp.) and Neocalyptrocalyx (1 spp.). Capparidastrum frondosum and Mesocapparis lineata are new records for the state. An identification key, descriptions and images, comments on the biology of the species and protected areas where they occur are showed.
metadata.dc.description.resumo: Capparaceae abrange 25 gêneros e 480 espécies, das quais aproximadamente 110 são compreendidas em 18 gêneros na região Neotropical. Sua distribuição é pantropical com grande frequência em ambientes sazonalmente secos. Seus representantes apresentam hábito arbóreo, arbustivo e raramente lianescente, folhas simples ou compostas 3-folioladas, brácteas florais reduzidas e decíduas, flores tetrâmeras e noturnas com estames exsertos numerosos, ovário súpero sobre um ginóforo, frutos carnosos deiscentes ou indeiscentes. Para o Brasil são registrados 12 gêneros e 28 espécies das quais 12 são endêmicas do país, ocorrendo preferencialmente em savana estépica (strictu senso), floresta estacional semidecidual e restinga. O presente trabalho está dividido em dois capítulos. O primeiro capítulo aborda o padrão de distribuição das espécies que ocorrem no semiárido brasileiro e sua distribuição intra Caatinga. Os padrões de distribuição foram determinados a partir da revisão da distribuição das espécies em coleções de herbários e complementados com dados obtidos de bibliografia específica da família. Foram avaliadas a riqueza, esforço de coleta e similaridade florística das espécies intra Caatinga pelo método de quadrículas de 1 × 1 grau. Seis gêneros e oito espécies foram registradas na Caatinga, sendo quatro endêmicas do Brasil, dessas, apenas uma é endêmica da Caatinga, e quatro apresentaram distribuição neotropical. Quatro padrões foram observados: restrito ao NE, amplo e contínuo no Brasil, disjunto e neotropical. Todas as espécies foram registradas na Bahia, estado que apresentou a maior riqueza de espécies por quadrícula e também notável esforço amostral das espécies da família. O estado do Piauí apresenta áreas prioritárias para futuras coletas de Capparaceae, devido a pouca representatividade da família no estado. A análise de similaridade florística intra Caatinga mostrou-se baixa, 22%, provavelmente devido a poucas espécies da família na região e a ampla distribuição das mesmas. No segundo capítulo é apresentada a flora de Capparaceae para o Rio Grande do Norte (RN), visto que o estado possui uma flora pouco conhecida, com estudos pontuais. Através de coletas no estado e revisão de herbário foram registrados cinco gêneros e seis espécies de Capparaceae no RN: Capparidastrum (1); Crateva (1); Cynophalla (2); Mesocapparis (1) e Neocalyptrocalyx (1). Capparidastrum frondosum e Mesocapparis lineata são novas ocorrências para o estado. São apresentadas uma chave de identificação, descrições e imagens, comentários sobre a biologia das espécies e Unidades de Conservação onde ocorrem.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20069
Aparece nas coleções:PPGSE - Mestrado em Sistemática e Evolução

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RaimundoLucianoSoaresNeto_DISSERT.pdf2,41 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.