Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20154
Título: Cloud query manager: uso de web semântica para evitar o problema de aprisionamento em IaaS
Título(s) alternativo(s): Cloud query manager: using semantic web to avoid IaaS cloud lock-in
Autor(es): Souza, Arthur Emanoel Cássio da Silva e
Palavras-chave: Computação em nuvem;Modelo híbrido;SPARQL
Data do documento: 28-Jan-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOUZA, Arthur Emanoel Cássio da Silva e. Cloud query manager: uso de web semântica para evitar o problema de aprisionamento em IaaS. 2015. 120f. Dissertação (Mestrado em Sistemas e Computação) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Cloud computing can be defined as a distributed computational model by through resources (hardware, storage, development platforms and communication) are shared, as paid services accessible with minimal management effort and interaction. A great benefit of this model is to enable the use of various providers (e.g a multi-cloud architecture) to compose a set of services in order to obtain an optimal configuration for performance and cost. However, the multi-cloud use is precluded by the problem of cloud lock-in. The cloud lock-in is the dependency between an application and a cloud platform. It is commonly addressed by three strategies: (i) use of intermediate layer that stands to consumers of cloud services and the provider, (ii) use of standardized interfaces to access the cloud, or (iii) use of models with open specifications. This paper outlines an approach to evaluate these strategies. This approach was performed and it was found that despite the advances made by these strategies, none of them actually solves the problem of lock-in cloud. In this sense, this work proposes the use of Semantic Web to avoid cloud lock-in, where RDF models are used to specify the features of a cloud, which are managed by SPARQL queries. In this direction, this work: (i) presents an evaluation model that quantifies the problem of cloud lock-in, (ii) evaluates the cloud lock-in from three multi-cloud solutions and three cloud platforms, (iii) proposes using RDF and SPARQL on management of cloud resources, (iv) presents the cloud Query Manager (CQM), an SPARQL server that implements the proposal, and (v) comparing three multi-cloud solutions in relation to CQM on the response time and the effectiveness in the resolution of cloud lock-in.
metadata.dc.description.resumo: A computação em nuvem pode ser definida como um modelo computacional distribuído através do qual são compartilhados recursos (hardware, armazenamento, plataformas de desenvolvimento e comunicação) na forma de serviços pagos e acessíveis com um esforço mínimo de gestão e interação. Um grande benefício desse modelo é possibilitar a utilização de variados provedores (i.e. uma arquitetura multiplataforma) para compor um conjunto de serviços no intuito de obter uma configuração ótima em desempenho e custo. Entretanto, a utilização multiplataforma é impossibilitada pelo problema de cloud lock-in. O cloud lock-in é a dependência entre uma aplicação e uma plataforma de nuvem. Ele é comumente endereçado por três estratégias: (i) uso de camada intermediária que se interpõe aos consumidores de serviços de nuvem e o provedor, (ii) uso de interfaces padronizadas para acesso a nuvem, ou ainda (iii) uso de modelos com especificações abertas. Este trabalho define uma abordagem para avaliar estas estratégias. Tal abordagem foi executada e observou-se que apesar dos avanços conseguidos por estas estratégias, nenhuma delas resolve efetivamente o problema do cloud lock-in. Neste sentido, esse trabalho propõe o uso de Web Semântica para evitar o cloud lock-in, onde modelos em RDF são usados para especificar os recursos de uma nuvem, que são gerenciados via consultas SPARQL. Nessa direção, esse trabalho: (i) apresenta um modelo avaliativo que quantifica o problema do cloud lock-in, (ii) avalia o cloud lock-in entre três soluções multi-cloud e três plataformas de nuvem, (iii) propõe utilizar RDF e SPARQL na gerência de recursos de nuvem, (iv) apresenta o Cloud Query Manager (CQM), um servidor SPARQL que implementa a proposta, e (v) compara três soluções multi-cloud em relação ao CQM quanto ao tempo de resposta e a efetividade na resolução do cloud lock-in.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20154
Aparece nas coleções:PPGSC - Mestrado em Sistemas e Computação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ArthurEmanoelCassioDaSilvaESouza_DISSERT.pdf1,45 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.