Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20167
Título: Gestão de resíduos sólidos domiciliares na cidade de Chibuto, província de Gaza Moçambique
Autor(es): Cossa, Umbelina da Conceição Victorino
Palavras-chave: Gestão de resíduos;Impactos socioambientais;Resíduos sólidos domiciliares;Chibuto;Moçambique
Data do documento: 1-Abr-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSSA, Umbelina da Conceição Victorino. Gestão de resíduos sólidos domiciliares na cidade de Chibuto, província de Gaza Moçambique. 2015. 101f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: This study analyzes the process of generation and management of solid waste in the Municipality of the City of Chibuto-Mozambique, drawing on the different approaches towards allocation and the socio-environmental implications resulting from this process and waste spatial distribution. To answer these objectives a questionnaire was administered to 367 households distributed in 14 neighborhoods of the city to elicit information on how solid waste is treated and what could be its impact on public health of the residents. From this perspective, the questionnaire gasp information from immigrant residents regarding both their origin, and socio economic condition. Apart from the questionnaire, semi-structured interviews were conducted to staff working on the Sanitation Sector, Urbanization Sector of the Chibuto Municipality, including the Health Service, and Women and Social Affairs. In addition to these data collection methods, for further discussion on the subject, the researcher draw a theoretical framework grounded through literature review, as well as systematic observation of the phenomenon. Research findings revealed that the solid waste collection services provided by the Chibuto Municipality do not follow the procedures laid down in the Regulation on Solid Waste Management, which advocates environmentally safe, sustainable, and complete management of waste. First, the services use open dumps for waste management. Secondly, waste collection does not cover all citizens living in the neighborhoods governed by the municipality, due to financial, technical, and organizational reasons. More importantly, the study found that due to this failure, more than 90% of households surveyed continue to use the traditional methods on waste management which include burning, or the burial techniques. On the other hand, some citizens throw waste on the streets, a method that threatens public health because it increases cases of diseases related to sanitation problems such as (diarrhea and malaria), especially in suburban and peripheral urban areas. Concerning with the above mentioned problems which constitute a real threat to the public health, some ways are proposed for more sustainable and spatially appropriate solid waste management through recycling, waste sorting, composting, reuse, and reduction of solid waste generation.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo analisa o processo de geração e gestão de resíduos sólidos domiciliares na Cidade de Chibuto-Moçambique, tendo em conta as diferentes formas de destinação existentes e as implicações socioambientais decorrentes delas e espacialmente distribuídas. Para responder a esses objetivos, foi aplicado um questionário aos 367 agregados familiares distribuídos em 14 bairros da cidade sobre a forma como os resíduos sólidos domiciliares são tratados e o seu impacto na saúde pública dos residentes. Aliado a isso, o questionário buscava responder sobre a proveniência dos residentes (migração) e sua condição socioeconômica. Para além do questionário, recorreu-se à entrevista semiestruturada, a qual foi aplicada ao setor de saneamento e de urbanização do conselho municipal da cidade e ao Serviço distrital da saúde, mulher e ação social. Acerca dessas técnicas de coleta de dados, desenvolveu-se também uma revisão da literatura para a fundamentação teórica e discussão mais profunda do assunto, assim como para observação sistemática do fenômeno. Da pesquisa averiguou-se que o serviço de coleta de resíduos sólidos efetuado pelo Conselho Municipal não obedece aos procedimentos consagrados no Regulamento sobre a Gestão de Resíduos Sólidos, que preconiza gestão ambientalmente segura, sustentável e racional dos resíduos, devido ao lançamento a céu aberto em lixão. Ademais, essa coleta não abrange a todos os munícipes, por razões de ordem financeira, técnica e organizacional. Em suma, o estudo constatou que mais de 90% dos agregados familiares pesquisados se auxiliam do enterro, da queima e da deposição nas ruas como forma de tratamento dos seus resíduos sólidos; e destes, na sua maioria, registram maior frequência de problemas de saúde pública (doenças de diarreia e da malária), principalmente os residentes nas áreas suburbana e periurbana. A partir disso, são propostas formas de gestão de resíduos sólidos domiciliares mais sustentável e espacialmente adequadas por meio da reciclagem, da coleta seletiva, da compostagem, da reutilização e da redução da produção dos resíduos.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20167
Aparece nas coleções:PPGe - Mestrado em Geografia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
UmbelinaDaConceicaoVictorinoCossa_DISSERT.pdf3,3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.