Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20206
Título: Avaliação comparativa da eficácia dos meios de diagnóstico das vulvovaginites: implantação de tecnologia no ensino prático da ginecologia
Autor(es): Souza, Celeste Maria de Menezes
Palavras-chave: Diagnóstico;Candidíase;Vaginose bacteriana e tricomoníase
Data do documento: 24-Abr-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SOUZA, Celeste Maria de Menezes. Avaliação comparativa da eficácia dos meios de diagnóstico das vulvovaginites: implantação de tecnologia no ensino prático da ginecologia. 2015. 35f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Inaccurate diagnosis of vulvovaginitis generates inadequate treatments that cause damages women's health. Objective: evaluate the effectiveness of methods when diagnosing vulvovaginitis. Method: a cross-sectional study was performed with 200 women who complained about vaginal discharge. Vaginal smear was collected for microbiological tests, considering the gram stain method as gold standard. The efficacy of the available methods for diagnosis of vaginal discharge was assessed (sensitivity, specificity, positive predictive value and negative predictive value). Data were inserted to Graphpad Prism 6, for statistical analysis. Results: the following results were obtained: wet mount for vaginal candidiasis: sensitivity = 31%; specificity = 97%; positive predictive value (PPV) = 54%; negative predictive value (NPV) =93%; accuracy = 91%. Wet mount for bacterial vaginosis: sensitivity = 80%; specificity =95%; positive predictive value (PPV) = 80%; negative predictive value (NPV) = 95%; accuracy = 92%. Syndromic approach for bacterial vaginosis: sensitivity = 95%; specificity=43%; positive predictive value (PPV) =30%; negative predictive value (NPV) = 97%; accuracy = 54%. Syndromic approach for vaginal candidiasis: sensitivity = 75%; specificity =91%; positive predictive value (PPV) = 26%; negative predictive value (NPV) = 98%; accuracy = 90%. Pap smear for vaginal candidiasis: sensitivity = 68%, specificity = 98%; positive predictive value (PPV) = 86%; negative predictive value (NPV) =96%; accuracy = 96%. Pap smear for bacterial vaginosis: sensitivity = 75%; specificity = 100%; positive predictive value (PPV) = 100%; negative predictive value (NPV) =94%; accuracy = 95%. There was only one case of vaginal trichomoniasis reported – diagnosed by oncological cytology and wet mount – confirmed by Gram. The syndromic approach diagnosed it as bacterial vaginosis. From the data generated and with support on world literature, the Maternidade Escola Januário Cicco’s vulvovaginitis protocol was constructed. Conclusion: Pap smear and wet mount showed respectively low and very low sensitivity for vaginal candidiasis. Syndromic approach presented very low specificity and accuracy for bacterial vaginosis, which implies a large number of patients who are diagnosed or treated incorrectly.
metadata.dc.description.resumo: Diagnósticos imprecisos das vulvovaginites geram tratamentos inadequados que causam prejuízos à saúde das mulheres. Sendo assim, a pesquisa tem como objetivo: avaliar sistematicamente a eficácia dos métodos diagnósticos das vulvovaginites infecciosas. Para tanto, adota como método: realização de um estudo de corte transversal com 200 mulheres no menacme com queixa de corrimento vaginal. Foi coletado material vaginal dessas mulheres para realização dos seguintes exames: microbiológico a fresco e corado pelo Gram, citologia oncológica, teste das aminas e mensuração do pH vaginal. Foi avaliada a eficácia dos métodos disponíveis para diagnóstico do corrimento vaginal (sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e valor preditivo negativo). Os dados foram inseridos em planilha do software Excel/Office 2010 com todas as variáveis e, após, exportados para o Graphpad Prism 6, para análise estatística. Resultados: na avaliação da eficácia dos métodos, foram estudadas 200 pacientes, tendo como padrão ouro o exame microbiológico corado pelo Gram, através do qual foram obtidos os seguintes resultados: exame a fresco para a candidíase vaginal: sensibilidade = 31%, especificidade = 97%, valor preditivo positivo (VPP) = 54%, valor preditivo negativo (VPN) = 93%, acurácia = 91%; exame a fresco para vaginose bacteriana: sensibilidade = 80%, especificidade = 95%, valor preditivo positivo (VPP) = 80%, valor preditivo negativo (VPN) = 95%, acurácia = 92%; abordagem sindrômica para vaginose bacteriana: sensibilidade = 95%, especificidade = 43%, valor preditivo positivo (VPP) = 30%, valor preditivo negativo (VPN) = 97%, Acurácia = 54%; abordagem sindrômica para a candidíase vaginal: sensibilidade = 75%, especificidade = 91%, valor preditivo positivo (VPP) = 26%, valor preditivo negativo (VPN) = 98%, acurácia = 90%; Papanicolau para a candidíase vaginal: sensibilidade = 68%, especificidade = 98%, valor preditivo positivo (VPP) = 86%, valor preditivo negativo (VPN) = 96%, acurácia = 96%; Papanicolau para vaginose bacteriana: sensibilidade = 75%, especificidade = 100%, valor preditivo positivo (VPP) = 100%, valor preditivo negativo (VPN) = 94%, acurácia = 95%. Houve apenas um único caso de tricomoníase vaginal, diagnosticado pela citologia oncológica e exame a fresco, confirmado pelo Gram. A abordagem sindrômica o deu como vaginose bacteriana. A partir desses dados e tendo ainda o suporte da literatura mundial, foi elaborado o Protocolo de diagnóstico e tratamento das Vulvovaginites da Maternidade Escola Januário Cicco /UFRN. Desse estudo, restou como conclusão: o Papanicolau e o exame a fresco demonstraram, respectivamente, baixa e muito baixa sensibilidade para a candidíase vaginal; a abordagem sindrômica apresentou muito baixa especificidade e acurácia para a vaginose bacteriana, o que implica, na prática clínica, um grande número de pacientes não diagnosticadas ou tratadas de forma incorreta.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20206
Aparece nas coleções:MPEENSA - Mestrado Profissional em Ensino na Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CelesteMariaDeMenezesSouza_DISSERT.pdf813,23 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.