Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20266
Título: A compreensão de crianças em situação de acolhimento institucional acerca dos seus direitos
Autor(es): Medeiros, Blenda Carine Dantas de
Palavras-chave: Infância;Direitos das crianças;Participação infantil
Data do documento: 27-Mar-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MEDEIROS, Blenda Carine Dantas de. A compreensão de crianças em situação de acolhimento institucional acerca dos seus direitos. 2015. 277f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Esta investigación tiene como objetivo investigar cómo niños de cinco años de edad, acogidos en una organización no gubernamental en forma de casa-hogar, en la ciudad de Caicó-RN, entienden sus derechos, teniendo en cuenta sus experiencias y vivencias cotidianas. Fueron realizadas entrevistas semi-estructuradas con el equipo de acogimiento de la institución, con el gestor, y con las cuidadoras residentes responsables de las casas-hogares. Con los niños, fueron utilizados métodos participativos con el fin de potenciar la expresión de los niños, tales como juegos, videos y fotos. Se pudo observar que algunos niños no tienen comprensión de su situación como sujetos de derechos. Sin embargo, apuntan a una serie de derechos específicos como se fueran derechos de los niños, con énfasis en lo derecho a tener una familia y una casa, el juego y la educación. La figura materna aparece como uno de los principales responsables de proteger estos derechos, y la escuela se presenta como un espacio que permite, además de la educación, la convivencia comunitaria, el juego y la alimentación.
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa tem por objetivo investigar como crianças com cinco anos de idade, acolhidas em uma organização não governamental na modalidade casa-lar, situada na cidade de Caicó-RN, compreendem seus direitos, levando-se em conta suas experiências e vivências cotidianas. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com a equipe de acolhimento da instituição, com o gestor, e com as cuidadoras residentes responsáveis pelas casas-lares. Com as crianças, foram utilizados métodos participativos, a fim de potencializar a expressão infantil, como jogos, vídeos e fotografias. Foi possível perceber que algumas crianças não tem compreensão da sua condição de sujeito de direitos. No entanto, representam vários direitos específicos enquanto direitos das crianças, com ênfase aos direitos à família e à moradia, ao brincar e à educação. A figura materna aparece como uma das principais responsáveis pela garantia desses direitos, e a escola é retratada enquanto um espaço que possibilita, além da educação, a convivência comunitária, o brincar e a alimentação.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20266
Aparece nas coleções:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BlendaCarineDantasDeMedeiros_DISSERT.pdf10,47 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.